Bloqueador de Selecao

domingo, 10 de novembro de 2019

A PORTA DA VIDA ESTÁ ABERTA E CONVIDA...


Entre!
A porta da vida está aberta e convida
pessoas com coragem para arriscar,
a rir, chorar, trabalhar, se esforçar, amar,
ser ouvido ou incompreendido,
receber atenção ou sofrer uma desilusão,
ser amado ou perder-se numa paixão,
a vida pede atenção…
A vida oferece muitas possibilidades,
até para quem já não acredita mais em nada,
sempre haverá algo novo sob o sol,
um fio de esperança que poderá te levar ao paraíso,
uma nova oportunidade de ser e crescer.
Só não vale ter medo de si mesmo,
só não vale não se conhecer, não se respeitar.
Tem que pegar todas as experiências,
boas e ruins, doces e amargas,
e colocar no grande caldeirão da alma,
para entender o que vale e o que não vale a pena.
Assim, você terá uma bússola precisa,
que vai indicar o seu norte, a sua direção,
que não tem tempo nem idade,
rumo à realização dos seus sonhos,
rumo à felicidade.

(Paulo Roberto Gaefke).


domingo, 3 de novembro de 2019

PARA DAR UMA VIRADA NA SUA VIDA.


                                                                  (Pino Dangelico)

1) Risque do seu caderno a palavra Expectativa. Esta talvez seja a pior arma que sua mente pode ter para desengatilhar a frustração, a raiva, a mágoa, o medo e o desapontamento: sentimentos que ninguém gosta de ter, nem você.


2) Não seja falso/a. Nem com você, nem com ninguém. Pergunte-se o tempo todo: isso é verdade? Nunca fale ou prometa aquilo que não sente profundamente dentro do seu coração. Não queira agradar as pessoas. Elas percebem que você está mentindo.

3) Se você é daquele tipo que gosta de ajudar, antes de fazê-lo, lembre-se de perguntar ao outro se ele quer ajuda e que tipo de ajuda ele precisa.

4) Não busque o amor do outro. Tente encontrar o amor dentro de você mesma(o).

5) Desista de chamar a atenção pontuando sempre como você é uma pessoa boa e todo bem que faz ao Planeta e às pessoas.

6) Não mascare seus nós e seus medos com perfumaria emocional. Só funciona como os perfumes, por pouco tempo.

7) Desista de procurar culpados. Você é a causa de tudo que lhe acontece.

8) Pare definitivamente de se preocupar com que os outros pensam e falam de você. O centro do Universo é o Sol.

9) Nunca espere nada de ninguém. Ninguém veio a este mundo para servir outro ser humano.

10) Seja o único responsável pelos seus projetos. Você é o roteirista, o ator e o diretor do filme da sua vida. Veja bem que cenas vai montar na sua mente.


(Isabel Telles/Terapeuta holística)



domingo, 27 de outubro de 2019

ENFRENTANDO O LUTO.

                                                         
 
                                                          (Anne Marie Patry-Belluteau art)


Como a vida é delicada, frágil!... os segundos que se substituem não se repetem e o instante que vem pode transformar toda uma história em pedaços de lágrimas, onde o chão parece desaparecer sob os pés e o coração fica tão dolorido que parece que nunca vai encontrar remédio para curar-se. Ninguém gosta de falar sobre perdas, alguns evitam até  pensar, mas todos temos que, um dia ou outro, enfrentar.

Quando pensamos na vida, não queremos pensar nas possibilidades das perdas, que nos fazem sofrer antecipada e inutilmente. Mas se a vida é um caminho onde subimos e descemos, é também um campo onde plantamos, colhemos e onde  certas flores são carregadas tão repentinamente que nos pegam desprevenidos.  E quando isso acontece, que fazer mais que abraçar a dor e esperar que os dias seguintes nos façam acordar desse pesadelo?

Viver o luto é aceitar a dor e a partida e aprender a continuar a viver. Talvez seja justamente isso o mais difícil: viver depois, reencontrar a alegria, o gosto, reaprender a olhar o belo e desejá-lo. 

Algumas pessoas desenvolvem um sentimento de culpabilidade em aceitar novamente o presente da vida, o sorriso e o recomeçar. Elas sentem como se estivessem traindo quem se foi, porque devem continuar. Ora, o amor não diminui ou não fica diferente porque aprendemos a viver sem os que se foram. O espaço conquistado no nosso coração pelos que nos amaram e os que amamos ficará definitivamente marcado. Porém, isso não pode e não deve impedir ninguém de viver.

É preciso aprender a viver com e apesar de. É preciso aprender a viver com a dor, com a falta, com a saudade e apesar do adeus. E é preciso se reconstruir.
Completar o luto é aceitar que a última página de uma história tenha sido definitivamente virada, que aquele livro se encerrou, mas que a vida para quem fica continua.

A vida é uma dádiva do céu, que continua azul e infinito e onde as estrelas continuam a brilhar, mesmo na mais negra escuridão.

(Letícia Thompson)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...