Bloqueador de Selecao

domingo, 21 de fevereiro de 2016

A LIÇÃO DA CORRUPÇÃO.

                                   
                                                                   (Felix Mas art)

                        "Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre"
                                                                (Charles Chaplin)


Já nos habituamos a aliar a figura do político à corrupção.
Em nossa mente, corruptos são aqueles que apanham para si o que a outros pertence. Os que se vendem em troca de favores. Os que abrem mão de seus valores pessoais para obter vantagens, igualmente pessoais. Aqueles que abandonam os seus ideais para gozar dos prazeres que o dinheiro, o poder e a fama podem proporcionar.
O dicionário informa que corrupção é o ato de corromper, de adulterar, de alterar, subornar, estragar-se.
Se analisarmos os nossos atos, sinceramente, logo descobriremos que quase todos somos mais ou menos corruptos. Isto porque a grande corrupção que apontamos nos poderosos é a somatória das pequenas corrupções que nos permitimos todos os dias. E, quase sempre, sem nos darmos conta.
Quando na nossa profissão, atendemos primeiramente a quem nos dá uma polpuda gorjeta, em detrimento de quem estava na vez, isto se chama corrupção.
Quando vamos ao banco com a sobrinha ainda bebê ao colo, somente para gozar do privilégio de não precisar ficar na fila, como todos os demais, isto se chama corrupção.
Quando fingimos não estar vendo que o deficiente, o idoso ou a gestante estão de pé, no ônibus lotado, estamos sendo corruptos. Agindo assim, estamos burlando uma lei estabelecida, que é a de respeitar o direito de quem está adentrado em anos, padece deficiência ou carrega os quilos a mais de um bebê no ventre. Estamos indo contra todos os princípios da delicadeza e da mínima educação.

E qual é o momento exato em que abandonamos o respeito, o dever e abraçamos a corrupção?
Quase sempre o processo inicia no lar. 
Quando pedimos a nosso filho que realize uma pequena tarefa, que é seu dever, como participante da comunidade chamada família, e ele não a realiza, por preguiça ou comodismo. Então, lhe prometemos que se ele der conta do trabalho que lhe solicitamos, ganhará uma gorjeta, um passeio, a bicicleta que tanto aguarda.
Inicia quando prometemos ao nosso filho que, se ele conseguir passar para outra série, ganhará uma viagem espetacular. A viagem dos seus sonhos. Nada contra alegrar a vida do filho com a viagem, que também é cultura e lazer. Mas, nunca vincular o prêmio ao que se constitui dever. E dever que somente a ele mesmo e a mais ninguém edifica. Porque quem estuda, abandona as trevas da ignorância. Quem estuda, vai além do simples viver. Quem estuda, se aprimora e o crescimento dá felicidade a quem o conquista. Conquista que deve ser por seus próprios méritos, porque colar também é corrupção. Está enganando, ou pensa estar, a professores e ao próprio sistema escolar.

Olhemos para nós mesmos e para as nossas atitudes. Pensemos em como estamos educando os nossos filhos e nos perguntemos: 
Hoje, só hoje, eu tomei atitude de corrupto?
Hoje, só hoje, passei a meu filho a mensagem positiva da honestidade, do dever ou a facilidade da corrupção?

Hoje, só hoje, busquemos ser cidadãos dignos, corretos e exemplares.

*   *   *

O cidadão do futuro se forma no presente. Um país de justiça e liberdade se constrói com lealdade, honradez, energia e trabalho.

(Redação do Momento Espírita)


Obrigada a todos que estiverem em minha postagem anterior, celebrando comigo os cinco anos do Recanto do Sol.
Obrigada, ainda, pelas palavras de carinho e incentivo, que muito alegraram o meu coração.


67 comentários:

  1. Essa texto fala claramente onde tudo inicia! Infelizmente, ao lado das coisas boas que iniciam na família, as feias e más como a corrupção também .

    Pequenas coisinhas: pedir ao filho que diga que não estamos, pra não atender telefone, etc...é um exemplo de tantos que podemos refletir e encontrar!

    Adorei o texto! beijos ,lindo dia e nova semana! Obrigadão pelos carinhos todos por lá! chica

    ResponderExcluir
  2. Um excelente texto. Sempre pensei assim. Recorda-me que um dia, por volta do 4º ano, o meu filho me pediu uma prenda por ter passado de ano. E eu simplesmente lhe disse que não. Ele me disse. Todos os meus colegas recebem prenda por passar de anos só eu não. E eu lhe respondi que eu e o pai, contribuíamos com o nosso trabalho para que não lhe faltasse nada enquanto criança. Os estudos eram a sua contribuição para que não lhe faltasse nada quando homem. Era a sua obrigação estudar, não tinha porque ser premiado. Não sei se ele entendeu, mas nunca mais pediu prémio por passar de ano.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderExcluir
  3. Hello Vera,
    Nice story with a wonderful paint.
    Respect for your fellow human beings in society begins with the parents with the education of their own children. It will not be easy today to do that.

    Many sweet greetings,
    Marco

    ResponderExcluir
  4. Subscrevo completamente! A corrupção não é um problema exclusivo de políticos, todos somos mais ou menos corruptos.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Vera

    Um texto que serve também para reflectir.. Os corruptos safam-se sempre. Mas todo o mundo é um pouco corrupto.


    Um Domingo feliz
    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Amiga Vera, seu texto serve de alerta, pois há tantos apontando aos que corruptos são e nem sequer percebem que também faz parte dessa laia, sim, bem dissestes, tudo começa mesmo em família!
    Acredito que, se a base da educação é boa dificilmente se desvia nos caminhos da vida!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  7. A família é o berço onde se gera e se perpetua os bons valores. Cuidemos, pois, amanhã sairão do berço para agir na sociedade como um todo. Reflexos de uma educação com bons ou maus valores.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Reflexão perfeita, amiga Vera. Neste país, quando a mídia fala sobre a corrupção político-administrativa, fica-se com a impressão de que as criaturas transgressoras (corruptores e corrompidos) vieram de outro planeta, entretanto, na verdade a sociedade está corrompida. Como você diz, com propriedade, uma série de eventos produzidos desde a infância da criatura, seja por ignorância ou comodismo, alteram o nível de consciência individual a tal ponto que por mais que estejamos atolados na imoralidade, ficamos com a falsa impressão de que estamos agindo de forma correta. Necessário educar a consciência.
    Um abraço. Tenhas um ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  9. Uma excelente reflexão, Vera. Na verdade, a honestidade começa em nós e nas nossas ações. Antes de querer mudar o mundo, devemos começar por nós próprios. É aí que tudo começa. É esse o princípio das coisas. Se cada um fizer a sua parte, a sociedade ficará bem melhor.

    Um beijo e uma boa semana :)

    ResponderExcluir
  10. Vera Lúcia, amei ler, sabendo que a corrupção em português é muito diligente. Dizem que tão corrupto é o que corrompe, como o que deixa corromper. Penso ser verdade, mas posso contar uma das minhas histórias?
    Ai vai, a determinado ponto fazia jornalismo especializado em filatelia, mensalmente, fazia uma entrevista. Dado que era eu a escolher o entrevistado, fazia como achava direito. Acontece que em determinada altura alguém importante reclamou. Como era de esperar de mim, disse lhe de caras que não merecia ser entrevistado por mim, mesmo sabendo que disso retiraria benesses. Resultado: ganhei o único inimigo, declarado, que hoje tenho. Porém a minha honestidade não tem preço, mais a testaram.
    Sei que a corrupção, é maior economia Lusófona, na verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, Kilida
    bom dia, ...
    o texto está muito claro e creio que qualquer coisa que comentar seria mera repetição, mas, o engraçado é que estava pensando justamente nisso, quando ouvi uma vizinha dizer para outra," quero que vc me respeite" , e eu pensei " como quer respeito,se não respeita ninguém" e isso vale para a corrupção, apontar o dedo e dizer que fulano ou sicrano não deveria ser corrupto, é fácil, o difícil é se conscientizar que "quase todos somos ou fomos mais ou menos corruptos.", independente do cargo/profissão,do mais alto para o mais baixo...claro que pode ser ativa ou passiva e claro que o mecanismo de punição são diferentes , claro que não há dinheiro público envolvido , nem lobistas, mas , claro, também, que estamos"falando" da vantagem indevida em troca de algo , claro que publicamos romantismo e reflexão e convencemos pessoas de forma indevida, claro que vendemos o diálogo e discutimos quando poderíamos conversar, claro que irritamos quando só precisamos dialogar,claro que vendemos a gentileza e nem pensamos duas vezes para xingar e praticar atos obscenos no trânsito, claro que julgamos, rotulamos e taxamos quem não merecia.
    O mundo está cheio de hipócrita, isso não é justo. Sou incorruptível...(...silêncio...isso,foi uma ironia,mas,claro que "hoje,só hoje,busco ser um cidadão, exemplar,digno e correto")
    ( claro que não me importo, vc é parecida comigo,quando comentamos algo e, depois, "sentimos" que não está muito "claro", que está "over" etc e tal, sempre "voltamos" para as devidas correções. A bem da verdade, vc,melhor do que ninguém, sabe como faço questão de utilizar os comentários como autênticos feedbacks, para a busca de meu aprimoramento-claro que fico muito desencantado com alguns, poucos,ainda bem...o seu, pelo contrário, faz parte daqueles que acato e respeito tudo, leio , releio, porque sempre há a captação da essência do meu escrito, há sempre algo que tento utilizar para o meu próximo post...)
    Obrigado pelo carinho,bom final de semana,bela continuação de domingo,belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,Kilida, boa tarde, vim só agradecer pelo carinho de sempre, excelente noite de quarta feira e continuação da semana,beijos!

      Excluir
    2. Olá,Kilida, boa noite, ...fiquei "devendo" uma resposta:só "parece" que estou + inspirado nesse momento,mas, na verdade verdadeira e verdadeiramente,esses posts - atuais- foram escritos, quando daquele meu momento nada bom.Existem pessoas que só conseguem escrever sempre no mesmo espaço e eu sou uma delas, mas,não teve jeito e como tu sabes,a burocracia impera nesse país, e como perdia muito tempo esperando o advogado, o delegado, na fila do banco, no trânsito etc e tal, resolvi escrever nesse tempo. Antigamente,escrevia em um guardanapo, agora com essa tecnologia móvel,ficou mais fácil até.Posso dizer que não existe nada mais inspirador que várias pessoas, diferentes, em um mesmo ambiente...cada uma com sua história, sonhando, tristes, alegres, desabafando,rindo, amando ...e os dias que tendiam ao marasmo, perda de tempo e à impaciência, foram muito produtivos... beijos...inté...

      Excluir
    3. Incrível como você conseguiu se inspirar em momentos tão conturbados! É certo que a escrita, além de prazerosa, também serve como válvula de escape, dependendo da situação. Interessante, porém, que você conseguiu escrever coisas leves, em ambientes não tão leves, e ainda com o coração traumatizado. Que bom que, apesar de tudo, você fez do limão uma limonada, construindo belos posts poéticos.
      Ótima noite! Bjs.

      Excluir
  12. A corrupção é o msl maio de pequenas corrupções...mas a sua gravidade é que pode agravar ainda mais o problema...bj

    ResponderExcluir
  13. A corrupção é o msl maio de pequenas corrupções...mas a sua gravidade é que pode agravar ainda mais o problema...bj

    ResponderExcluir
  14. A corrupção é o msl maio de pequenas corrupções...mas a sua gravidade é que pode agravar ainda mais o problema...bj

    ResponderExcluir
  15. Olá, Vera, como vai?
    Um texto muito interessante, sem dúvida. Ainda essa semana estava conversando sobre isso com a professora auxiliar da minha turma, o quanto negociar presentes em troca da participação e colaboração dos alunos pode induzir a um adulto que pensa sempre em seu interesse.
    Quando nova, se alguém ia ou ligava para casa cobrando dívidas e minha mãe não tinha dinheiro, em vez de atender e falar, me mandava dizer que não estava... por muitos anos cresci uma menina mentirosa até que paguei os preços (caros) disso. Isso me fez repensar bastante minha educação para fazer diferente em relação à minha filha.
    Na escola onde trabalho as professoras reclamam das pessoas que ocupam cargos comissionados, mas se elas fossem convidadas para um cargo desses, reclamariam também?
    Exemplos não faltam para ilustrar corrupção em qualquer idade...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Querida Vera,
    Adoro esta frase poderosa do Charles Chaplin.
    O texto brilhante e iluminador no propósito de modelo de
    reflexão sem nenhuma possibilidade de recusa. A educação doméstica
    é fundamental, a estrutura de princípios éticos ensinados com a
    atitude. Hoje, na maioria o discurso é perfeito, mas o exemplo
    inexistente para as crianças e tudo refletindo neste
    mundo de agora!...
    A imagem é bela e que precioso (textos transformadores) é
    o que tu ofereces aqui, Vera!
    Grata pela partilha!!
    Uma semana iluminada para ti (já és iluminada...rss)!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Texto perfeito! É bem por aí mesmo... Temos que nos educar primeiro para depois educarmos nossos filhos e por último criticarmos os corruptos!

    Bjus

    ResponderExcluir
  18. Olá,Vera! Que ótimo texto para refletir sobre a postura que adotamos dentro do lar como educadores dos filhos e os exemplos que damos através das nossas ações.
    Um abraço, Sônia.

    ResponderExcluir
  19. Oi Vera
    Andava saudosa de ler suas escolhas de textos tão bons e elucidativos quanto as questoes diversas que enfrentamos no nosso dia a dia.
    Depois da ausência a volta aos amigos _ nada substitui a uma boa leitura.
    um abraço grande

    ResponderExcluir
  20. Queridíssima, após ler esse maravilhoso texto e parafraseando o Grande Mestre, eu digo: Que atire a primeira pedra quem nunca foi corrupto, um pouquinho que seja!
    Que vergonha...
    Vera Lúcia, um grande abraço cheio de amizade!

    ResponderExcluir
  21. Olá Vera Lúcia!
    É tudo uma questão de pirâmide. A partir da base se devem estabelecer os princípios, mas o problema é que existe uma "pescadinha de rabo na boca" em toda a pirâmide, porque na verdade, assistir a tão maus exemplos no topo da pirâmide, a desonestidade forte e feia de quem tem responsabilidades públicas, acaba por não ajudar a que o Zé Ninguém, esse sim com incríveis dificuldades até de subsistência, não pense em permitir-se fazer o mesmo, em muito menor escala, é claro. Contudo este "status quo" não poderá servir de desculpa para que a nível de educação, os pais e os professores, não tentem moldar os seus filhos e os seus alunos a partir de valores fundamentais, que uma vez adquiridos construirão adultos honestos.
    Há dias ouvi acerca de um pai que se insurgiu levianamente contra a decisão de uma professora não levar o filho dele numa viagem de lazer. E porquê?... Porque a professora tinha imposto como condição o bom comportamento nas aulas, e o mínimo de aproveitamento. O aluno não cumpre, não vai. Responsabilização é preciso, desde tenra idade, tal como como todos os políticos corruptos devem ser responsabilizados e sentados no banco dos réus.
    Muito bom post, querida Vera. Acerca do "fundo" dos problemas.
    Boa semana.
    xx

    ResponderExcluir
  22. Censuramos com a mesma facilidade com a qual perdoamos as nossas falhas, considerando-as normais e pequenas. As mudanças que tanto gostaríamos de ver dependem do exemplo que damos. Compra-se comportamentos infantis, facilidades, lugares melhores para as crianças... e por aí vai. Acostumam-se elas a atribuir poder ao dinheiro, julgando-se merecedoras de condições especiais em tudo. E as que nada possuem encantam-se com a possibilidade de um dia vir a ter muito, sem que todas elas aprendam o significado de dever, de responsabilidade, de mérito, de honestidade.
    Um belo texto, muito oportuno e bem escolhido. Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Vera Lúcia, somos seres imperfeitos é verdade...mas no caminho de nossa evolução,
    nós seres humanos somos mais ou menos corruptíveis, de acordo com nosso desenvolvimento ético e moral. Muitos são os fatores que podem aperfeiçoar nosso caráter social, mas existe em nós um fundo já sedimentado que faz a diferença,Por isso penso que cada pessoa reage á sua própria maneira de pensar e reagir.isso explica porque muitas vezes um rico rouba e tira vantagem e outro sendo pobre tem em sua honra seu maior tesouro...ou vice-versa.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Um post espectacular, Vera!
    Um tremendo abre olhos, como se costuma dizer... para nos fazer reflectir a fundo, no cerne da questão... e onde tudo se inicia... e não poderia estar mais de acordo, com tudo, o que é mencionado nesse magnífico texto...
    De uma forma, ou de outra... conscientemente, ou inconscientemente... voluntariamente ou não... todos somos cúmplices, nesse neste mal, que assola o mundo... em tantas vertentes...
    Todos temos que rever as nossas atitudes... se queremos tornar, este terceiro rochedo a contar do Sol... um pouco mais respirável, e habitável...
    Extraordinária postagem, como sempre... com um mix de escolhas fantásticas!
    Beijos! Desejando-lhe uma óptima semana!...
    Ana

    ResponderExcluir
  25. um texto para refletir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  26. um texto para refletir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  27. oi Vera, excelente texto. É bem isso mesmo. Nos desvirtuamos diariamente, em pequenas coisas. Por isso é tão difícil acabar com a corrupção política. É hipocrisia apontarmos as falhas alheias quando de certo modo fazemos também, mesmo não percebendo e não assumindo pra nós mesmos. Os maus exemplos iniciam cedo e o sistema como um todo vai ficando contaminado, infelizmente.

    Beijos ♥ Boa semana!

    ResponderExcluir
  28. Querida Vera, brinda-nos com mais um texto sobre um tema que merece toda a nossa reflexão.
    Penso que na verdade em algum momento da vida todos nós já passámos por essa situação, e claro que plantámos uma semente para gerar mais corrupção.
    A corrupção de quem tem cargos importantes é destruidora e gera o caos em tudo em que toca.
    Só conseguimos acabar com este flagelo se todos fizermos a nossa parte, como diz bem o texto, começa em casa pela família.

    Um beijinho e boa semana

    ResponderExcluir
  29. Olá Vera! Belo, profundo e verdadeiro texto. Tenho muita fé em DEUS que um dia o homem se conscientizará de que somos todos irmãos, e priorizará o amor, a compreensão e a dignidade perante o seu semelhante.

    Lá no nosso espaço temos algo postado com tema semelhante.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  30. Hello Vera,
    Your text is again very interesting ... and most importantly, true.
    Unfortunately, exists corruption ... and even though fight ... result ???
    I wish you a wonderful week.
    Greetings and hugs.

    ResponderExcluir
  31. Pura verdade, Vera... e muito bem dita! Mais uma excelente escolha para postagem, amiga; obrigado, boa semana.

    ResponderExcluir
  32. Um belo texto que dá para reflectir.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  33. Uma vez chegamos, minha mãe e eu, em frente ao banco e nos deparamos com uma fila enorme. Era ainda os anos 90, ela não tinha cartão magnético, nem caixa eletrônico havia por lá. Eu era ainda adolescente e na escola frequentava ainda alguma ´das primeiras séries do que hoje chamam de Fundamental.

    Sem que eu soubesse direito do que se tratava, o segurança do banco pegou os documentos de mamãe e - minutos depois - entregou-nos juntamente com o aposento, pelo que lhe demos algum dinheiro.

    Depois fiquei sabendo que isso tem um nome.

    ResponderExcluir
  34. Muito bom esse texto Vera!
    É na família, desde a primeira infância,
    onde aprendemos sobre valores...
    A corrupção vai se insinuar pra nós em todas as esferas da vida,
    mas quando temos valor moral, não sucumbimos.
    Mesmo sendo seres imperfeitos.
    Ótima tarde :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. ótima reflexão Verinha. É muito fácil falar do que está acontecendo nos nossos dias relacionando aos políticos, mas esquecemos que a educação começa em casa... Como diz meu marido: "somos todos corruptos na primeira oportunidade, só não olhamos para o nosso próprio umbigo..." Podemos limpar Brasília, mas será que os que vão entrar não farão o mesmo?

    Uma excelente semana pra vc Verinha! Grande beijo

    ResponderExcluir
  36. Um Tratado exemplar para meditar a cada momento. As "verdades" estão lá todas. É só ser-se honesto consigo mesmo para que a pequena e grande corrupção sejam separados pela educação de base.
    Obrigado, Vera por esta "lembrança" tomada por brinde.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  37. Gerbiama Vera - Querida Vera !!!!
    Um texto muito interessante ...
    Comprimentos - Lithuania :)
    Abracos !

    - GLUOSNIS - Lithuania

    SVEIKINIMAI IŠ lIETUVOS

    ResponderExcluir
  38. Texto forte e infelizmente, verdadeiro.
    É isso mesmo, somos assim.

    ResponderExcluir
  39. Que texto apropriado e pertinente, hein, Vera? É uma postagem atemporal, lamentavelmente. Vc selecionou MUITO bem. Bjs e boa semana. Que venham mais 10 anos de blog, no mínimo.

    ResponderExcluir
  40. UN TEXTO VERTICAL Y MUY REFLEXIVO.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  41. Uma página perfeita e muito apropriada par o momento. Uma página verdadeira.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  42. Texto exemplo , na hora certa, no local exato. Bjs

    ResponderExcluir
  43. Oi Vera,
    É uma questão de honestidade, só que corro atrás dos meus direitos. Já meu filho é tão diferente, é bom demais. Eu não vou viver para saber do seu futuro.
    Ser bom sim, ser bobo já é outra coisa. É da índole dele(adotivo).
    Adorei sua postagem
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  44. Uma postagem perfeita em reflexão para este momento que sofremos por culpa desta corrupção, que existe desde que o mundo foi mundo pelas razões aqui bem colocadas.
    O valor astronômico de certas corrupções é que causa este alvoroço que vivemos atualmente, que não é diferente de anos anteriores se fizéssemos uma correção nas cifras lá atrás corruptoras. A educação que nos impuseram do toma lá dá cá enraizou na sociedade de tal forma, que tornou-se difícil encontrar quem nunca passou por um processo de corrupção,seja para ter um documento, para se livrar de uma multa ou para qualquer outra facilidade. Enfim Vera para alongar muito no comentário, temos que rever todo nosso processo de educar par formar pessoas realmente incorruptíveis. E também rever as leis que tratam destes delitos.
    Na politica infelizmente não creio no fim dela apenas troca-se de mão. Isto é triste.
    Que a semana esteja bela e boa amiga e que assim permaneça.
    Carinhoso abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  45. Vera Lucia,
    É antiga, entre nós brasileiros, a corrupção, que vem lá dos tempos de antanho, quando a Coroa Portuguesa premiava-os com muitas terras por ajuda-los levar para Portugal nossas riquezas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  46. Excelente texto, com base a educaçãoé que poderemos transformar esse nosso mundo.
    bjs

    ResponderExcluir

  47. Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, e verifiquei que eu estava a seguir sem foto, por motivo de uma acção do google, tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
    António Jesus Batalha.

    ResponderExcluir
  48. É uma reflexão para pensarmos, falamos muitos dos políticos, mas temos que também ver o que agente faz, Vera beijos.

    ResponderExcluir
  49. Vera, querida amiga, tanto aqui já foi dito sobre a complexidade e a verdade contida no texto impecável que nos apresentaste... Tanto e com tanta propriedade que apenas quero acrescentar que somente a educação de base, escolar e familiar, conseguirá um dia reverter este deprimente quadro onde praticar a corrupção, quer seja de pequena ou grande monta, passou a ser algo tido como "normal". É doído constatar que fazemos parte dessa sociedade, e mesmo que não sejamos nós a praticar um ato tipo "Lei de Gérson" muitas vezes somos coniventes com aqueles que a praticam quando rimos ou simplesmente nos calamos ao ver alguma pessoa contando as vantagens que tiraram de determinada situação.
    Ainda aposto que a única (e verdadeira) solução é a educação de base, pais, professores, familiares, a corrigir erros pequeninos das nossas crianças, e a orientar nos preceitos de honestidade e limites, para que, ao se tornarem adultos possam combater este tipo de praga que se chama corrupção e que hoje nos envergonha como cidadãos que somos e que tanto amamos este país.
    Minha lindinha, uma preciosidade o texto de agora! Todos os que publicas e a gente sabe que o fazes só depois de verificar se realmente teus leitores e amigos serão beneficiados com as mensagens, tenho a dizer que são valiosos e nos ensejam benéficas reflexões. Mas a de hoje, meu anjo, sinceramente, uma das mais preciosas por ti escolhidas.
    Ao sair estou deixando uma delicada pétala de rosa vermelha que estava a tremular entre as gotas da chuva que a estavam a beijar... Sorrisos, estrelas, e meu carinho para te dizer da minha admiração,
    Leninha

    ResponderExcluir
  50. É isso mesmo, concordo com o que é dito no texto em absoluto.
    Porque nos países onde o povo não comete pequenas corrupções. os políticos raramente cometem grandes corrupções.
    Bom fim de semana, querida amiga Vera Lúcia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  51. As iniciativas de se querer um mundo melhor deve mesmo partir de cada um, na mais cotidian singularidade, e sem se conformar com os que preferem se corromper. Rousseau, no Contrato Social, escreveu: "O primeiro que tendo cercado um terreno se lembrou de dizer 'isto me pertence', e encontrou pessoas suficientemente simples para acreditar nisso, foi o verdadeiro fundador da sociedade civil. Quantos crimes, guerras, mortes, quantas misérias e horrores não teria poupado ao gênero humano aquele que, arrancando mourões ou fechando os fossos, houvesse gritado a seus semelhantes 'não escuteis esse impostor; vós estareis perdidos se esquecêsseis que os frutos pertencem a todos, e que a terra não é de ninguém'."
    Gostei da temática, Lúcia.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  52. Todos somos mais ou menos corruptos,não por grandes coisas mas por coisas pequenas e simples que desprezamos. Saber viver honestamente, respeitando os outros e cumprindo todas as boas regras de educação.
    Todos os homens podem escrever um livro, plantar uma árvore e fazer um filho, mas este último nem todos sabem fazê-lo porque é o mais difícil - Educar com amor e transmitindo valores de moralidade e de respeito.
    A minha mãe dizia: - Este mundo está perdido. Não se respeitam nem respeitam.

    ResponderExcluir
  53. Verinha, que saudade!!
    Precisei ficar ausente esses dias, meu notebook resolver dar uma pausa, agora tá tudo bem <3 Como vc está? Muito quente por aí?

    Que seu final de semana seja lindo e abençoado!

    Beijãooo

    ResponderExcluir
  54. Saudações sinhá,Vera!!

    Caráter é a única característica em que não herdamos geneticamente
    Ele é a grife do comportamento e não importa o meio em que somos inseridos.
    A melhor forma de Reformar este desvio é chicote no lombo

    Tenho quatro irmãos ,eu e mais 3,somos como nossos pais,extremamente honestos.
    O abaixo de mim leva a honestidade aos extremos,dando voz de prisão quando tentam corrompê-lo com 100,150 a 200 mil reais em seus ofício quando fiscaliza as mineradoras ,os grandes desmatamentos e afins
    Ameaça seus subordinados se receberem algum favorecimento de saírem algemados

    A exceção é o caçula,bonitinho e engraçadinho,o peste deixou de crescer em altura para crescer em 'espertezas',dá nó no vento
    Faltou vara de marmelo,couro trançado na cacunda
    rsrsrsrs

    Lamento unir-me a maioria que suportam esta pesada culpa sobre os ombros que nações nos nominam de povo corrupto,preguiçoso e bárbaro por causa de uma maldita minoria

    O mais sofrível é ler e ouvir algumas pobres criaturas idolatrarem os 'demiurgos' que simulam a síndrome da agnosia e esquizofrenia, chafurdando esta pobre nação na indecência moral e ética


    Abraços fortes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nino,

      Tudo bem com você?
      É um prazer vê-lo por aqui novamente.
      'Chicote no lombo' já deixou de ser medida educativa, mas funcionava-rsrs. Em minha família todos nós levamos nossas 'surras', pois minha mãe era brava demais, ao contrário do meu pai que nunca encostou a mão nos filhos. Os caçulas sempre foram poupados, daí alguns chegarem a dar "nó no vento", como o seu irmão-rsrs. Tenho certeza de que com os bons exemplos que ele tem em casa não correrá nenhum risco de desvio de caráter.
      Também lamento pelo Brasil, que vivencia os maiores escândalos de corrupção, passando a ser um País desacreditado, tanto pelo seu povo quanto por outras nações. "O jeitinho brasileiro" já ficou famoso, o que mancha a seriedade de muitos que agem com ética, honestidade e honradez. Concordo integralmente com a colocação de seu último parágrafo. Sinto o mesmo e fico desolada.
      Ainda aposto na educação como instrumento de transformação do nosso País. A figura dos pais, ambiente familiar, educadores e professores são de vital importância na construção de cidadãos honestos, éticos e incorruptíveis.

      Obrigada, Nino!

      Abraço.

      Excluir
  55. nice blog, like it! :) I follow you :)

    http://itsmetijana.blogspot.rs/

    ResponderExcluir
  56. Excelente postagem, nada tão verdadeiro. A corrupção não aparece de uma hora para outra, vem de longe, moldada, trabalhada e com a intenção certa. Algumas vem quase de berço, exagerando um pouco, mas quero dizer com isso que vem do exemplo dos pais. Do caráter da família. E esparrama-se por todos os lugares, como batatinha quando nasce (rs). Corrupção é furar a fila; é levar presentinhos para ser chamado imediatamente e antes de outros em qualquer coisa pública; é subornar alguém para obter algo. E por fim é roubar do povo o que é de seu direito. É saquear. É isso aí que estamos vendo diariamente partindo de quem levou nosso voto para trabalhar por nós.
    Belo, Verinha, você deu uma paulada aqui hoje com esse post.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  57. Oi Vera estou visitando aos poucos meus amigos, ainda não pude realizar minha cirurgia de cataratas e minha visão esquerda está bastante comprometida. Peço que desculpe e compreenda mina ausência. Conto com a colaboração de minha neta. Acredito que até o final de abril possa ter concluído a cirurgia.
    Esse texto é bem propício para os dias que vivemos em meio a tanta corrupção, e desânimo, pois estamos ficando desacreditados do nosso país. É um texto verdadeiro e tudo começa com nossos primeiros passos, se não olharmos para nossas crianças e ensinarmos apenas a verdade deixando de lado o "jeitinho" e as vantagens jamais seremos um país em igualdade como os demais que promovem o próprio crescimento através do respeito por seus cidadãos.

    ResponderExcluir
  58. Aqui mais em baixo, que andam por aí umas senhoras a criticar-me por não comentar nos blogues delas: obrigado Vera. Obrigado mesmo! Adoro o seu blogue e a sua forma simples de escrever. Brevemente estarei de volta!

    Um beijinho doce lindona e até breve!

    :))

    ResponderExcluir
  59. Querida Vera,
    excelente postagem, tema pertinente e de difícil leme.
    Sabe que eu digo isso não é de agora, claro que as proporções não são comparáveis, mas o suborno (uma das ferramentas da corrupção)existe nas mais variadas formas e, aos atentos, não faltam exemplos. Suborno em forma de uma inocente caixa de chocolates para um documento alterar sua posição na fila de espera ou no arquivo; um amaciar de costas para que os olhos se desviem do caminho; um robalo do mar, acabadinho de pescar, para que uma obra seja adjudicada por A em vez de B... e por aí vai. E quem não alinha, desalinha e vê seu posto de trabalho pelo binóculo e depois como vai provar que cavalo não era o burro que todos viram? Justiça custa dinheiro e quem não tem, acaba por baixar braços e aprende a desviar o olhar nos momentos certos: acaba por ser corrupto por omissão, por medo - também existe, minha querida.

    A vida, de tão simples, passa a complicada, na mão do Homem.
    E a corrupção, essa que descreve e que alguns consideram que "é saber viver", está presente no nosso meio, também fazendo seus estragos, muitas vezes, mas, quanto maiores forem os valores em causa, maior o estrago que fazem. No caso da corrupção política, que é uma verdadeira teia, um labirinto sem fim, o estrago é tremendo e as pessoas afectadas são todas. Isso é incomparável. Inadmissível. A mim, parece impossível que pessoas que se envolvem em esquemas que, literalmente, destroem vidas de famílias inteiras, consigam respirar, comer, dormir e andar na vida como se nada fosse. Não entendo a inconsciência do ser humano. Para mal de mim.

    deixo-lhe um bj amg

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...