Bloqueador de Selecao

segunda-feira, 4 de maio de 2015

POR QUE AS PESSOAS GRITAM?

                                                                             (Anna Zinkovsky)


Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos:

- Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?

- Gritamos porque perdemos a calma, disse um deles.
- Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado? - Questionou novamente o pensador.

- Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça, retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar:
- Então não é possível falar-lhe em voz baixa?
Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador. Então ele esclareceu:

- Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido? O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito.

Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente.
Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância.
Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas?
Elas não gritam. Falam suavemente.
E por quê?
Porque seus corações estão muito perto.
A distância entre elas é pequena.
Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram.

E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta.
Seus corações se entendem.
É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo:
"Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta" 

Mahatma Gandhi .



63 comentários:

  1. Verdade. Costumava gritar na tentativa de ser ouvido. Era inútil! Hoje, eu prefiro sussurrar, falar baixinho na ponta da orelha.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  2. Oi Vera!
    Sempre achei essa mensagem linda e verdadeira.
    Não vejo de maneira alguma necessidade de gritos. Gritos levam à brigas, afastam...
    Quando estamos tomados de sentimentos não precisamos gritar para o outro ouvir.

    Mais uma linda escolha! Parabéns!

    Beijos e linda semana pra você!


    ResponderExcluir
  3. Indubitavelmente verdadeiro. Amei de verdade, Vera. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Quando perco a cabeça por completo costumo gritar, simplesmente é espontâneo e um meio de defesa para o ser humano.
    Beijos.
    http://coisinhasdamiia.blogspot.pt/?m=1

    ResponderExcluir
  5. Um texto muito sábio.
    A palavra tem muito poder.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Palavras sábias a do pensador indiano.
    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia

    Que texto maravilhoso! Tantas verdades! ...Logo que perco a calma com muita facilidade!
    Amei ler o texto. Vou pensar melhor-Obrigada

    Beijo e uma óptima semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. E, por vezes, os corações estão tão próximos que não são sequer necessárias palavras. Bastam os silêncios que dizem mais do que mil palavras. O seu texto foi sussurrado baixinho e o meu coração sentiu-se próximo do seu :)
    Um beijinho, Vera

    ResponderExcluir
  9. Adorei a mensagem.,Linda demais e em geral as pessoas gritam quando razão não tem! Linda semana! bjs, tuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  10. Nossa que mensagem linda. As vezes gritam não por gritar, apenas para chamar a atenção do outro.
    Bjs, boa semana

    ResponderExcluir
  11. Palavras bonitas, Vera Lúcia! O mundo precisa de mais AMOR e PAZ...
    Beijos e UMA LINDA SEMANA...

    ResponderExcluir
  12. Bom dia querida Vera.. vinda deste ser só podia ser bela coisa..
    aqui em casa tirando eu e meu pai rsrs tem dois que gritam pra caramba rsrs
    não é fácil.. vc não os ouve nem eles se ouvem ... mas amizades tb.. tem uns que sempre estão de bronca.. é uma energia pesada.. temos de saber a quem dar atenção para não sofrer com isso depois.. bjs e feliz sempre

    ResponderExcluir
  13. Bom, Gandhi era mesmo Mahatma! Sem dúvida que para além desse afastamento de corações que faz com que as pessoas gritem umas com as outras, há também na base uma falta de educação que permite que seja razoável e se acabe por falar num tom de voz tão elevado. Até porque muitas vezes, apenas um grita, e o outro tenta que a conversa seja cordial (ou seja, dirigida ao coração), mas isso é geralmente impossível, dado que muitas das pessoas que gritam, querem ao gritar, superiorizar-se ao outro. Trata-se de uma questão de poder. Um poder ilusório, mas uma tentativa de poder.
    A mim quanto mais me gritam, menos eu ouço.
    Belíssima escolha, Vera!
    Boa semana.
    xx

    ResponderExcluir
  14. Um texto maravilhoso. Talvez a maioria de nós não procure essa resposta e grite para se impor, na ilusão de que isso ocorrerá. Na verdade, quanto mais gritam mais afastam o outro e se distanciam. Gostei muito. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Perfeito.... me levou à uma boa reflexão!

    :)

    Obrigada,viu?
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Já conhecia este texto maravilhoso. Sempre é bom reler pérolas desta natureza.
    Tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Verinha!
    Que mensagem mais linda e verdadeira!
    Odeio berros e gritaria, principalmente no relacionamento. Pessoas que brigam para todos ouvirem me assustam!

    Que bom saber que na hora das discussões nossos corações se afastam, por isso precisamos evitar esses momentos <3

    Grande beijo. linda semana pra vc!

    ResponderExcluir
  18. Amiga Vera Lúcia, lindo esse texto, sabe, me fez lembrar do quanto meus pais eram pessoas que nunca gritavam, fui criada em um ambiente de paz completa, sem gritos e nunca grito também, pois é tudo questão de como somos criados, nem novelas assisto mais, pois de tanto baixar o volume achei que não mais me divertia as assistindo, a mim tira a paz e adoro paz!
    Contesto quando é preciso, mas sem alterar a minha voz, acho tremendamente cansativo os gritos!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
  19. Ah, Marilene!

    Passei para reler este texto profundo de Gandhi...e lhe deixar o meu abraço amigo, com afecto. Excelente a sua postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luis,

      Marilene é a minha irmã, mas estou grata por sua presença aqui. Você não é o primeiro a trocar os nossos nomes ou confundir nossos espaços. O importante é sua presença e comentário.
      Obrigada!

      Excluir
  20. Hello Vera,
    true words.
    Appropriately selected image.
    Wishing you a wonderful week.
    Greetings and hugs.

    ResponderExcluir
  21. Lição de vida em nossos relacionamentos! Tão fácil sermos educados, gentis... o retorno dessa condição é sempre sublime. Para mim, o grito evidencia a falta de "verniz", de educação e de se colocar no lugar do outro...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  22. A falta de amor e respeito ao próximo é a origem da maioria dos males do ser humano. Impor aos outros o volume de nossa música, o estridente som de nossos gritos, desfazer de seus direitos em prol apenas dos nossos, tudo é fruto do egoísmo psicótico em que a humanidade submergiu...surdos aos apelos do espírito, quem vai ouvir a voz do outro?

    Um excelente texto, Vera, atual como nunca.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  23. A distância está mais perto que se imagina, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  24. oi, Vera, um texto bem interessante e nos leva à reflexão ....de fato quanto mais sintonia mais fácil a comunicação e o importante é o diálogo sempre, respeitoso e atento. O resto é briga (rs)
    adorei a imagem de ilustração, aliás sempre são lindas!
    um abraço

    ResponderExcluir
  25. Puramente bonito. Já no início leva-se o melhor dos adjetivos: - Mas por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado? Obrigado, Vera.

    ResponderExcluir
  26. Olá, bom dia!
    Esse pensador sabia das coisas. Nunca tinha pensado nisso por esse ângulo. Acho que a frustração descarrega-se no grito. Se grito, é porque estou frustrada por não ter sido ouvida por aquele que distanciou seu coração do meu.
    Uma vez eu tive um sonho assim: eu estava em um lugar, procurando uma bolsa minha que tinha sumido. Eu perguntava aos outros onde ela estava, se a tinham visto, e eles me olhavam e passavam por mim, me ignorando. No fim, gritei (e acordei com o eco do meu grito): "Ninguém me escuta!"
    Foi aí que eu percebi o quanto essa frase fazia parte da minha realidade. Ninguém estava me ouvindo, ninguém estava interessado em me ouvir, mas tiravam conclusões a meu respeito baseado no que não me deixavam explicar. Eu estava frustrada, me sentia enganada e sozinha. O grito do sonho foi uma tentativa de ser escutada. Mas depois compreendi que não adianta, quando as pessoas não querem escutar, nem o maior grito do mundo, dos mais altos decibéis de altura, será escutado.

    ResponderExcluir
  27. Ai meu Deus que coisa maravilhosa! Só poderia ter vindo dele "Ghandi" esse gigante pensador. Hoje cada um só escuta a própria voz. Por isso há tantos gritos, para que possam se fazer ouvir. Que reflexão sobre o distanciamento dos corações. Obrigada Vera, por mais um maravilhoso texto. AMEI. BJS.

    ResponderExcluir
  28. Olá, querida Vera
    Já conhecia o texto e já até o postei de tanto que gostei e achei-o verdadeiro demais...
    Saudade de passar por aqui... entre netinhos e bisa... muitos cuidados...
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  29. Olá, querida Vera
    Já conhecia o texto e já até o postei de tanto que gostei e achei-o verdadeiro demais...
    Saudade de passar por aqui... entre netinhos e bisa... muitos cuidados...
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  30. Olá Vera, muito interessante esse texto, de fato gritamos na tentativa de que o outro nos ouça pois nos distanciamos dele quando brigamos, se esperarmos a raiva passar certamente baixamos o tom, gostei do texto! Bjossss

    ResponderExcluir
  31. Verinha, fiquei muito triste em saber que vão cortar aquelas árvores só pq não são mata nativa... São muitas, e eu particularmente as acho lindas!!!
    O Evandro sempre fazendo palhaçada nas fotos kkk

    Beijos, bom dia pra vc!

    ResponderExcluir
  32. Como vai Vera?

    Quando não se pode mais carregar a própria carga, a maioria das pessoas entram em desespero e só resta gritar. É uma forma de esconder suas fragilidades.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Muito belo, Vera; Gandhi foi (e continua a ser) realmente grande! Quanto aos gritos... bem, eu sempre achei que a razão não precisa gritar para se fazer ouvir. :) Boa semana, amiga!

    ResponderExcluir
  34. Verinha linda do meu core que maravilha poxa
    é assim mesmo corações juntos quando as vozes
    apenas sussurram ou olhos se olham ameiiiiii

    Bjussss
    Rita

    ResponderExcluir
  35. Que perfeito isso, Vera. É verdade. E muitas vezes as pessoas gritam quando perdem a razão (e a paciência). E os corações se afastam mesmo. E como. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde Verinha!!
    Evandro não está muito animado com minhas ideias... kkkkk
    Vamos ver ;)
    E os exames deram tudo certinho?

    Beijãooo e uma ótima tarde pra vc!

    ResponderExcluir
  37. Nossa que lindooo lindoo, é verdade é a explicação mais linda que já ouvi, gritamos porque nossos corações estão separado, e outra verdade que disse, se deixamos eles se afastarem muito não vai ter volta, passei por isso. Amei seu blog e estou seguindo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Vera, muito lindo.
    Nunca gritei, meus alunos para aprenderem tinham que ficar quietos para me ouvir. Acredito que um olhar vale mais que um estridente grito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Bom dia, Vera.
    Quando nossas emoções não estão alinhadas, perdemos o controle sobre nós mesmos e acabamos por abrir crateras e sermos engolidos por ela.
    Se o arrependimento fosse sincero não cometeriamos o mesmo erro da intolerância novamente. Lamentamos o ocorrido, pebsamos que não faremos de novo, mas vemos que não atingimos o grau de maturidade para isso.
    Gritar com o outro é una maneira de dizermos que precisamos de ajuda, só que nem sempre entendemos.
    Já precisei e preciso muito de ajuda, uma vez que não consigo o domínio próprio e coloco qualquer possibilidade de diálogo por terra.
    Muito bom o texto.
    Beijos na alma e lindo dia.
    Que o amor habite em nós.

    ResponderExcluir
  40. Bom dia, Vera.
    Quando nossas emoções não estão alinhadas, perdemos o controle sobre nós mesmos e acabamos por abrir crateras e sermos engolidos por ela.
    Se o arrependimento fosse sincero não cometeriamos o mesmo erro da intolerância novamente. Lamentamos o ocorrido, pebsamos que não faremos de novo, mas vemos que não atingimos o grau de maturidade para isso.
    Gritar com o outro é una maneira de dizermos que precisamos de ajuda, só que nem sempre entendemos.
    Já precisei e preciso muito de ajuda, uma vez que não consigo o domínio próprio e coloco qualquer possibilidade de diálogo por terra.
    Muito bom o texto.
    Beijos na alma e lindo dia.
    Que o amor habite em nós.

    ResponderExcluir
  41. "Bárbaro!", como diria a Hebe Camargo... Se eu disser algo, vou estragar essa mensagem maravilhosa.
    Beijão, querida Vera!!!

    ResponderExcluir
  42. Hola Vera

    Debemos guardar nuestra compostura aunque no siempre es posible amiga

    Gracias por compartir esta maravillosa narracion
    Con cariño Victoria

    ResponderExcluir
  43. Cara Vera ,
    Excelente postagem com uma ótima conclusão , realmente é tudo uma questão de distância que criamos em relação ao outro .... Gandhi sera sempre uma Luz nas nossas vidas .

    Um Abraço

    ResponderExcluir
  44. EL AMOR ES SIEMPRE UN SENTIMIENTO QUE NOS UNE.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  45. Verinha, passei rapidinho para te deixar um beijo e te desejar um ótimo final de semana!

    Fiquei preocupada com sua saúde, cuide-se!!

    Nanda

    ResponderExcluir
  46. Oi Vera :)
    Que linda essa reflexão...
    Bom seria se os corações estivessem sempre próximos,
    aí não haveria essa coisa insuportável que são os gritos.
    Bom final de semana, bjs \o/

    ResponderExcluir
  47. Oi, Verinha, muito, muito bonito! E a explicação só pode ser essa, não há outra!
    Suas postagens são sensacionais.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  48. Olá Vera ,

    Votos de Um Bom fim de semana , com Paz , Tranquilidade e Amor .

    Beijinho
    Luis Sousa

    ResponderExcluir
  49. Olá meu Ånjo ! Saudades de você! Desejo muitas felicidades,
    nesta data tão especial que é o dia das mães, quero me unir em sua oração,
    para juntos emanarmos o perfume suave de Deus aos corações,
    para assim acalentarmos aqueles que se sentem sozinhos e desesperançados.
    Vamos juntos cada vez mais espalhar este amor do céu!
    Esse amor que a cada dia tem desaparecido de muitos corações ,
    que o sofrimento fez muitas pessoas de coração
    amargos ,e sem esperança.
    Uma abençoado dia das mães a você a mim .
    As mães do mundo inteiro todo meu carinho.
    Um beijão no coração e fica com Deus .
    Um Domingo especial afinal mãe são anjos
    em nossas vidas quer esteja aqui ou morando no céus.
    Evanir**

    ResponderExcluir
  50. Tenha um ótimo fim de semana, Vera. bjssss

    ResponderExcluir
  51. Querida amiga

    Vivemos os tempos
    dos corações distantes...
    Nele o amor se perde...
    A luz enfraquece...
    E a alegria perde a sua plenitude...

    ___________________________________


    Gostaria de convidá-la a visitar o meu outro blog
    www.semvoceeunaoseria.blogspot.com.br

    Nele estou publicando textos inspirados em músicas.
    Projeto de um livro para acordar sentimentos.

    Se puder, escute a música, leia o poema
    e deixe sua valiosa opinião.
    Amigos sabem ler nossas entrelinhas,
    e muitas vezes nos veem melhor do que
    realmente somos.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  52. Boa tarde,lindo blog.
    Parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  53. Amiga Vera.
    Fiquei fascinada com esta definição pois nunca tinha visto este "problema" sob este ângulo.
    Ora aqui está um excelente e sábio conselho .
    De novo, adoro a imagem que escolheu.
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  54. Quanto mais me gritam menos ouço! Bom, as vezes é preciso repetir por andar um pouco surdo.
    Excelente tema.
    Bj

    ResponderExcluir
  55. Olá Vera ,
    Passando para Agradecer as tuas Palavras que muito me Alegraram lá no Reflexos e desejar-te uma Ótima semana :)
    Beijinho

    ResponderExcluir
  56. Olá Vera ,
    Passando para Agradecer as tuas Palavras que muito me Alegraram lá no Reflexos e desejar-te uma Ótima semana :)
    Beijinho

    ResponderExcluir
  57. Eu sempre ouvia que quem grita é porque perdeu os argumentos
    quando se trata de discussão.
    Uma bela postagem como sempre para uma boa reflexão e tomada de posição.

    Falemos baixos e nos façamos ser compreendidos e que assim saibamos compreender.
    Gostei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  58. Penso que as pessoas gritam para esconder o que te na consciência.
    Linda reflexão, grande beijo em seu coração e agradecida por sua doce visita sempre.

    ResponderExcluir
  59. Bela mensagem, Vera.
    Muito brada, quem não tem razão.

    bjn amg

    ResponderExcluir
  60. Sabedoria de Mahatama Ghandi . Muito bom. Realmente quando tudo estÁ EM HARMONIA NÃO VEMOS NECESSIDADE DE GRITAR .
    Abcs

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...