Bloqueador de Selecao

quinta-feira, 2 de maio de 2013

SE SOUBÉSSEMOS.


                                                                        (Caras Ionut-FineArt-Portugal)



Se soubéssemos
Quantos adeuses se escondem,
Adormecidos,
Por trás de cada 'olá',
Talvez nós não deixássemos
A vida passar, 
As pessoas irem embora
Sem nosso mais atencioso olhar...

Se soubéssemos
Que a estrada sob os pés
Pode, a qualquer momento, 
Desabar,
Talvez prestássemos mais atenção
À linda paisagem que nos cerca,
E que foi com amor, criada
Para que a possamos desfrutar!

Se soubéssemos
Que cada palavra proferida
Pode ter um imenso, enorme peso
Por sobre uma vida,
Talvez as medíssemos com cuidado
Antes de deixá-las caírem
Em ouvidos errados!

Se soubéssemos
Que tudo o que hoje vivemos
Em breve, tornar-se-há lembranças
Que, no futuro, teremos 
Para reviver em noites longas e vazias,
Talvez fôssemos mais felizes,
Quem.sabe, escolhêssemos cores mais bonitas
Para pintarmos cada dia!..

(Ana Bailune)

Quem ainda não conhece o lindo espaço desta poetisa de talento e sensibilidade não perca a oportunidade  
de fazer-lhe uma visita.  RECOMENDO :  www.ana-bailune.blogspot.com.br/


56 comentários:

  1. Olá, Vera. Quanta sabedoria! Verdades que deixamos passar, pois o tempo não para. Obrigada amiga por mais uma bela reflexção! Que seu dia seja sempre de alegria e paz no seu coração. Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa poesia da Ana que sempre nos encanta! beijos às dua,chica

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente lindo!
    E as palavras nos tocam fundo.

    Bom dia sorriso lindo!

    ResponderExcluir
  4. oi Verinha,

    muito lindo,
    e uma lição de viver o hoje intensamente...
    adorei...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Muto bom! Poesia e idéias perfeitas! Parabens á poetiza!

    ResponderExcluir
  6. Poesia molto bella bella!! Un abbraccio ... ciao

    ResponderExcluir
  7. Comecei a ler, e percebi que eu tinha escrito... a emoção em crescente... obrigada, muito obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Deberíamos darnos cuenta de las cosas hermosas que hay en la Vida para vivir intensamente el Presente.
    Precioso Post.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  9. Lindo o poema, lindo e verdadeiro, somos exatamente assim.
    Então vamos colorir nossa vida com cores sempre do amor...bjs no coração
    querida Vera e muito agradecida por seu carinho em nosso Blog e comentários que incentivam muito.

    ResponderExcluir
  10. Olá Vera,
    bela poesia, bem redigida e cheia de conteúdo!
    A recomendação é válida e parabenizo a poetiza. Sabemos que dentre os gêneros literários a poesia é o mais difìcil.
    Um grande abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  11. Olá Vera,
    permita-me uma correção: onde eu escrevi poetiza é poetisa. A Ana Bailune é uma poetisa que poetiza muito bem!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Oi Vera,
    Linda poesia.
    Me lembrei na hora da música 'Epitáfio/Titãs'
    Não conheço, vou lá.
    bjs, ótimo dia!

    ResponderExcluir
  13. Oi Vera
    Que poesia linda. Parabéns para Ana e achei muito legal de sua parte dessa vez trazer algo para seu blog de alguém da blogosfera!
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olá Luciana,

      Já trouxe outras vezes, embora raramente. Algumas vezes até cheguei a solicitar permissão para publicar escritos, em prosa ou verso, que tinham o perfil do meu blog, mas meu pedido não teve eco. Se fossem criações minhas, eu adoraria que fossem reconhecidas e divulgadas, mas cada um é cada um. Resta respeitar.

      Beijo.

      Excluir
  14. Temos q viver a vida como se fosse o ultimo e sempre estar acerca dos detalhes que ela nos oferece

    ResponderExcluir
  15. Eita vida boa! A Ana compõe a partitura, você toca o piano e a gente só aplaude,,,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Querida Vera
    Parabéns pela sensibilidade de compartilhar escritos da Ana.Gosto muito dela e de seus escritos.
    se soubessemos...tudo anda cada vez mais fugaz e nem estamos aproveitando bem o colorido que se passa diante de nossa retina. Nosso olhar devia ser mais acurado, menos preto e branco, para nos surpreender no dia a dia, fazendo de nossa vida um roteiro de imagens coloridas que contam histórias para que possamos construir novos espaços do aprender e
    façamos destes momentos um verdadeiro mosaico de nossas aprendizagens...
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Boa tarde e noite de quinta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. O talento da Ana merece aplausos. Sua sensibilidade se mostra em cada verso. Já o havia lido no blog dela e foi com prazer que o reli aqui. Há sabedoria nesse poema, tão bem escrito. No fundo, sabemos o que vamos sentir, quando o tempo passar, só precisamos refletir antes de tomar as atitudes, no hoje. Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Só posso Aplaudir e de pé.
    Maravilha...
    Abraço

    ResponderExcluir
  19. Quanta verdade traduzida nestes lindos versos! Se soubéssemos não faríamos guerra em copo d'água, não esqueceríamos de dar um abraço, não deixaríamos de dizer: eu te amo, hoje, porque amanhã é outro dia. Ah, se soubéssemos...!
    Lindo e emocionante.
    Abração.

    ResponderExcluir
  20. GOSTEI DO QUE LI É RELEVANTE CATIVANTE, CONTINUE E NUNCA PERCA O ENTUSIASMO DE CRIAR COISAS NOVAS A FERTILIZAÇÃO DO SABER ESTÁ NO NOSSO CÉREBRO, QUE ALCANÇAM PARA ALÉM DO IMAGINÁRIO!!!AS MAIS BELAS HISTÓRIAS!!

    ResponderExcluir
  21. Amiga Vera

    A opção por este poema, prova tua real sensibilidade. O poema é magnifico e a sua autora recomenda-se.
    No milagre amanhã poderás ler AMOR DE SOLÁRIO.
    Beijos de amizade

    ResponderExcluir
  22. Ai, Verinha, se soubéssemos...
    Agora mesmo eu daria um dedinho meu pra dar uma espiadinha no futuro e poder tomar a decisão certa.

    Um beijo, querida, vou conferir o espaço da Ana.

    ResponderExcluir
  23. Vera,

    Nunca esquecerei o ultimo Adeus de meu pai, quando disse, estranho, percebi algo que nao sabia o que era e que me deixou muito angustiada até o dia de sua morte.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Que linda poesia.. amei.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  25. Vera seu espaço é lindo e eu só conheci por seu recadinho no Recanto.
    Agradeço seus comentários no meu post sobre redes sociais.
    Beijocas da Cris Chabes e da equipe Recanto das Mamães Blogueiras

    ResponderExcluir
  26. Que lindo tudo isso, Vera!
    A poetisa é mesmo inspirada, e além disso muito sábia. Pois, ah, se soubéssemos!
    Somos imediatistas, eu acho, não pensamos muito, vamos vivendo, ou quem sabe apenas "empurrando a vida com a barriga". Se analisássemos cada situação pelos seus diversos ângulos de possibilidades, mudaríamos muitas de nossas decisões... especialmente aquelas que dizem respeito a dar mais valor aos que amamos!

    Belas palavras, como sempre encontro aqui. Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  27. Oi Vera, bela indicação essa sua, a poesia é belíssima e de grande reflexão.
    Vou até lá.

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  28. Obrigada pela visita, seja sempre bem vinda. Beijocas

    ResponderExcluir
  29. Lindo versos. Fui lá rapidinho, mas voltarei com mais calma, pra dar a devida atenção.

    Beijo, Vera.
    Abraços, poetisa.

    ResponderExcluir
  30. Bom dia,Vera!!

    Belíssima poesia e imagem!!!!
    Bela sensibilidade.
    Beijos, minha amiga querida!!

    ResponderExcluir
  31. Olá Vera!

    "Se soubéssemos..." Expressao de peso, não?
    Quantas coisas faríamos ou deixaríamos de fazer "se soubéssemos".

    Linda poesia!
    Parabéns a Ana e a você por sempre tao belas escolhas!

    Beijos no coração!


    ResponderExcluir
  32. Oi Vera,

    É um belíssimo poema!
    Porém, muita coisa o ser humano já sabe, o que está faltando é um pouco mais de sensibilidade.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  33. O pior é que sabemos e não levamos a sério...Parabéns, Ana! Abração, Vera Lúcia, uma boa tarde!!!

    ResponderExcluir
  34. " Se soubéssemos
    Que tudo o que hoje vivemos
    Em breve, tornar-se-há lembranças" Grande verdade ,verinha...que belo texto.
    Abraços
    Sinval

    ResponderExcluir
  35. Ah,se soubéssemos,que nada é para sempre...


    Bom fim de semana querida !

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde Vera.
    Ah se soubéssemos... daríamos mais valor aos pequenos milagres do nosso dia-a-dia...!

    Post lindo de mais!

    Vera, pelas fotos, não dá para ver direto como esta meus cabelos... juro :(

    Beijão, um final de semana lindo para vc!

    ResponderExcluir
  37. Oi Vera :)
    Que poema maravilhoso;
    só uma alma sensível escreveria versos tão intensos.
    Gostei muito.
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  38. Poema lindo, verdadeiro e claro vou conferir o blog.

    ResponderExcluir
  39. Oi, querida!
    Um encanto poético para cutucar nossa lembrança com a importância do momento presente.
    Valioso!
    Obrigada pela participação no meu site.
    Adorei, viu?
    Beijão, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  40. Lindos versos. Esse é o problema, agente só descobre a grande importância das coisas, pessoas e momentos, quando perdemos, nós seres humanos somos mesmo uma especie lamentável.

    Abraços Vera

    ResponderExcluir
  41. Que lindo poema, Vera. Infelizmente só sabemos das coisas depois de muito tempo perdido e que não volta mais. Com certeza irei conferir esse espaço sugerido por vc. Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  42. Adorei o poema...
    beijos e bom final de semana
    http://pactodacinderella.blogspot.com.br
    Twitter - @Belinda_cind

    ResponderExcluir
  43. ASmiga mia.Nuestro presente és efímero,siempre será un padado,disfrutemos del presente antes que este se tansforme en pasado.

    ResponderExcluir
  44. Boa tarde!!!
    Bom final de semana
    Agradeço sempre sua visita que
    deixa meu Cantinho sempre feliz
    Obrigado pela bela amizade
    Parabéns por ter sempre o melhor para oferecer
    Bjussss

    __Rita___♥

    ResponderExcluir
  45. Tb recomendo sempre a Ana, que é uma escritora fantástica!Linda demais a poesia que escolheu,Vera!bjs,

    ResponderExcluir
  46. Oi Vera,
    Obrigada!!! :)
    bjs,ótimo final de sábado e domingo.

    ResponderExcluir
  47. Ah! se soubéssemos, seja lá o que for, jamais deixaria de vir aqui, mesmo assim.
    Linda postagem ,Vera e bem escolhido o poema da Ana.

    Bom domingo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  48. Olá Kirida,
    Vera
    Bom dia
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Ótimo domingo!Paz e luz
    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Olá Vera,

    Belo texto, conhecerei o blog!

    Obrigada pela visita

    Abçs

    ResponderExcluir
  50. Olá amiga Vera!
    Que belo poema! Este é para ler e meditar!
    Um abraço. Vou conhecer a poetisa!
    M. Emília

    ResponderExcluir
  51. É, se soubéssemos :)
    Tenha uma abençoada semana. Bjs

    ResponderExcluir
  52. Boa noite, Vera Lúcia. Creio que nunca vi você recomendar o trabalho de alguém, mas o fez de uma forma maravilhosa!
    Conheço o trabalho da Ana e vale muito a pena ler com toda a atenção mesmo.
    A Ana é uma poeta que expressa o que gostaríamos de dizer e muitas vezes não sabemos como.
    Lindo poema da Ana, linda escolha a sua, é claro!
    Fique na paz de uma excelente semana de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  53. Linda apresentação e recomendação desta Ana, minha amiga do Recanto das |letras e agora blog.Ela é criativa demais inclusive numa participação lá no Recanto com os cavaleiros do Apocalipse.
    A escolha foi otima.
    Adquiri um livro dela nesta minha ausencia e assim que terminar farei um relato postado.
    Um abração Vera.

    ResponderExcluir
  54. Que lindo! Criativa e verdadeira!
    Bela escolha, amiga!
    Beijos!

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...