Bloqueador de Selecao

sábado, 13 de agosto de 2011

RECICLAGEM DA VIDA.



           NÃO SEI SE AVIDA SE RECICLA. NÃO. TALVEZ NÃO.
         MESMO SE APÓS UM TEMPO DE REFLEXÃO MUDARMOS NOSSA VIDA,
         SEREMOS SEMPRE NÓS MESMOS NO FIM. MUDADOS, MAS NÓS.  COM
         TODAS AS MARCAS E CICATRIZES PARA QUE NÃO NOS ESQUEÇAMOS
         DO QUE FOMOS.


         SABEMOS  QUE  JAMAIS  PODEREMOS  RECOLAR  OS  PEDAÇOS  DAS 
         COISAS VIVIDAS E CONSTRUIR NOVAS. COLCHAS DE RETALHOS SÃO
         MUITO BONITAS, MAS NÃO PASSAM DE COLCHAS DE RETALHOS.
         REMENDA-SE  PANOS,  RECOLA-SE  PAPEL  OU  VIDRO,  MAS NÃO SE
         REMENDA VIDAS,  NÃO SE RECOLA MOMENTOS PASSADOS,   COISAS
         QUE DEIXAMOS PARA TRÁS.


         RECOMEÇAR? SIM  RECOMEÇAR É POSSÍVEL, MESMO (E FELIZMENTE)
         SE JÁ NÃO SOMOS OS MESMOS.


         APRENDEMOS,   À   CUSTA   DE   DOR,   MAS   APRENDEMOS.    NÃO
         COMETEREMOS DUAS VEZES OS MESMOS ERROS, NÃO BEBEREMOS A
         MESMA ÁGUA.




         DURANTE  ANOS  VIVEMOS  COMO  SE  NÃO    TIVÉSSEMOS OUTRAS
         ALTERNATIVAS.  A  VIDA  É  ASSIM,  É  O  DESTINO.  MAS     NOSSO
         DESTINO, NÓS FAZEMOS.


         NOSSAS PRIORIDADES, ESCOLHEMOS E APRENDEMOS A VIVER  COM
         ELAS. E  SÓ  DEPOIS,  MAIS TARDE,  É  QUE  NOS   QUESTIONAMOS
         SOBRE O FUNDAMENTO DE NOSSAS ESCOLHAS.


         HÁ  PESSOAS  QUE  ACHAM  QUE  É  TARDE  DEMAIS PARA MUDAR E
         CONTINUAM NA MESMA LINHA,  MESMO  SE  CONSCIENTES  DE  QUE
         TALVEZ ESSE NÃO TENHA SIDO O MELHOR CAMINHO.  HOMENS     E
         MULHERES QUE SE MATARAM A VIDA TODA PARA GANHAR DINHEIRO
         TERMINAM MUITAS VEZES A VIDA SOZINHOS, CHEIOS DE DINHEIRO, 
         VAZIOS DE AMOR.


         E FELIZES  HÁ AQUELES QUE DESCOBREM QUE AINDA É TEMPO PARA
         FAZER  ALGUMA  COISA.  E  QUE  PODEM  REDEFINIR  AS  PRÓPRIAS
         PRIORIDADES  E  ASSUMI-LAS.  VAI DOER,  MAS VAI VALER A PENA ,
         PORQUE   NO   FIM   DAS  CONTAS   VAMOS  TER   A   CONSCIÊNCIA
         TRANQUILA DE QUE TENTAMOS.




         UM  DOS  PIORES  SENTIMENTOS  QUE  EXISTEM É O DE NÃO PODER
         RECAPTURAR UM MOMENTO QUE GOSTARÍAMOS QUE  TIVESSE  SIDO
         DIFERENTE.


         O  EU  DE HOJE NÃO TERIA FEITO ISSO OU AQUILO,  MAS O QUE EU
         ERA  ONTEM  NÃO  SABIA O QUE SEI AGORA.  SE  SOUBESSE, TERIA
         COMETIDO MENOS ERROS.  MAS TEMOS UM DEUS TÃO  BOM  E  TÃO
         GRANDE QUE ELE ESTÁ SENDO NOS OFERECENDO A OPORTUNIDADE
         DE NOS REDIMIR E FAZER NOVAS ESCOLHAS.


         E  AGORA?  AGORA SABEMOS.  NÃO  VAMOS PEGAR ATALHOS.  ELES
         PODEM   SER   ATRAENTES.   MAS   NOS  IMPEDIRÃO   TALVEZ    DE 
         APROVEITAR AS BELEZAS DA JORNADA.


         O CAMINHO DA VIDA É BONITO, APESAR DE SER MAIS DIFÍCIL PARA
         UNS  QUE  PARA   OUTROS. MAS  É  BONITO SE SABEMOS TIRAR   O
         O MÁXIMO DO QUE É BOM.


         NOITES  ESCURAS  PODEM  NOS  FAZER  VER  MAIS CLARAMENTE AS
         ESTRELAS. SÓ VEREMOS O NASCER DO SOL SE ACORDARMOS CEDO.
         COISAS SIMPLES QUE A NATUREZA NOS ENSINA.




         RECICLAGEM DA VIDA?  TALVEZ SIM.  TALVEZ SEJAMOS, NO FIM DAS
         CONTAS,  UMA COLCHA DE RETALHOS DA VIDA.  MAS QUE  SEJAMOS
         ENTÃO  UMA  BELA COLCHA  NOVA  ENFEITANDO  UM  QUARTO,  UM
         CORAÇÃO, TALVEZ MESMO MUITOS CORAÇÕES E MUITAS VIDAS,    A
         COMEÇAR POR NÓS MESMOS.




         (Letícia Thompson). 


         A TODOS OS PAPAIS BLOGUEIROS E AO PAPAIS DOS BLOGUEIROS  E
         DOS DEMAIS  AMIGOS (A) QUE  ME VISITAM,  MEUS CUMPRIMENTOS
         PELO  "DIA OS PAIS".
         QUE  TODOS  TENHAM  UM  DOMINGO LINDO,  FELIZ E ILUMINADO!
               
                                              

40 comentários:

  1. As imagens se adequaram, perfeitamente, ao excelente texto. Somos todos colchas de retalhos, o que não significa que seus pedaços não tenham vida. Podemos não nos reconstruir com o mesmo material, mas, ainda assim, nos reinventaremos, para continuar. Faz parte da essência do ser humano.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Colcha de retalhos, quebra cabeças... a nossa vida é feita desses pequenos fragmentos que unindo, aparece o que verdadeiramente somos... quem nos julga, quem nos condena... são os que enxergam apenas algumas peças...
    Aqueles que veem a beleza da união de todas essas peças são os que fazem a vida valer a pena, e nos despertam o desejo de sempre acrescentar mais vida a nossa vida e nossa re-ciclagem acontece!

    Verinha, estava com problemas no blog essa semana, não me deixava comentar... primeiro em alguns, depois em nenhum... voltou somente ontem...
    Vim matar a saudade do seu canto e de vc!
    Um beijo, minha querida amiga!
    Um domingo cheio de luz pra ti e toda sua família!

    ResponderExcluir
  3. Verinha querida do meu coracione, a verdade é que só sou quem sou hj por tudo o que passei lá atrás, pelos tombos que levei e as rasteiras que deixei levar. Essa colcha de retalhos muda a cada dia, acrescenta-se retalhos a ela, cores ou tiram algumas cores, mas a essência dessa colcha permanece a mesma!! E vamos sair por aí enfeitando o coração de todos :)

    Linda, que seu domingo seja supimpa tbm, cheio de coisas boas, porque não tem coisa melhor nessa vida que curtir a família!!!

    Te amo!! bjokitas com master carinho que tenho por ti.

    ResponderExcluir
  4. Se é reciclar , ou mudar, ou tomar outras atitudes diante do aprendizado, não importa. O que importa é ser feliz.Os caminhos são tantos; o que vale é seguir o coração.Lindo Post, como sempre querida.Bom domingo, cheio de muito sol e muito amor.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  5. Gostei do que você disse sobre não pegar atalhos, cada passo é importante, com ou sem mudança. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito da palavra "reciclar". Acredito que podemos rever posicionamentos, recomeçar a vida de outra forma, reconstruir a partir do que ficou de bom... e assim encontrarmos o caminho certo, o caminho de cada um.

    um bjão, Vera!

    ResponderExcluir
  7. QUERIDA AMIGA...É BOM VIR AQUI...GOSTEI DA POSTAGEM...A VIDA É FEITA DE CICLOS E ENQUANTO HOUVER RECICLAGEM Á VIDA....TUDO DE BOM PARA TI..DESTE LADO DO OCEANO TE ENVIO UM BEIJO DE BOM DOMINGO..........

    ResponderExcluir
  8. Somos todos imensas colchas de retalhos, feitos de pequenos pedaços, de pequenos instantes, de pequenas lembranças, algumas boas, outras nem tanto, mas fazem parte do aprendizado das nossas vidas.
    Um excelente dia dos pais para você também!
    Bj.

    ResponderExcluir
  9. Com os pedacinhos de vida, vamos tecendo nossa colcha chamada vida! E que no fim da "confecção" seja linda para que todos queiram tê-la para enfeitar suas vidas também.
    Reciclar é preciso, afinal nossa vida nao é contada em ciclos? Dias de 24 horas, meses de mais ou menos de 30 dias, ano de 12 meses e a gente "pula uma casinha" de mais uma primavera, contando com experiências, sentimentos renovados, vontade de fazer novos amigos e orando pelos velhos...
    Belo texto Vera!
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  10. E o bom de ser colcha de retalho é poder rasgar-se e emendar de novo, sem que ninguém perceba. O que não se pode é deixar os furos pela colcha...
    Que saudade de você, Vera Linda Duarte... Que saudade!!
    Posso te pedir colinho, hoje? Posso? Mais uma vez? Andei distante porque tudo anda de pernas para o ar por aqui, sabe... E eu estava dodói também. Mas enfim, as coisas tristes não devem ser mencionadas num cantinho tão feliz e lindo!
    Quero pedir apenas que me perdoe a ausência e dizer que não te esqueço.

    Beijos,
    Débora.

    ResponderExcluir
  11. Olá, amiga Vera. Aqui é tudo tão belo! Seu post muito nos ensina.È uma comparação da colcha de retalhos, juntando os pedaços e na vida algo que deixamos para trás não tem volta e na verdade dó muito.Más é preciso reciclar, seguindo sempre! Bjos com carinho no seu coração e um feliz dia dos pais!

    ResponderExcluir
  12. Não dá pra voltar atrás nem em segundo, a vida não é cena, não dá pra refazer, refilmar se não ficar boa.

    Beijos Vera

    ResponderExcluir
  13. Oi Vera Lúcia!
    Cada um faz de sua colcha de retalhos um trabalho permanentemente inacabado, mas sem remendos. Que consigamos graças a uma boa reciclagem dar a ela um colorido todo especial.

    Beijão e um feliz domingo!

    ResponderExcluir
  14. Amiga, o que é seu, está guardado. rsrs
    Bem, para falarmos melhor, porque por comentários tudo é muito público, te mando o meu e-mail: deh.araujo@hotmail.com , entra em contato, para conversarmos um pouco. É meu e-mail e msn.

    Beijos, muitos beijos,
    Débbie.

    ResponderExcluir
  15. Parece-me que também nós nos reciclamos e mal de nós se o não fizermos. Todos os dias devemos empreender novos desafios aperfeiçoando o que ontem iniciámos e emendando onde erramos.
    É urgente construir novo dando aos mais novos linhas de conduta para um mundo mais justo e mais humano.
    Não podemos viver para o dinheiro como um meio e um fim de felicidade.
    É necessário reciclarmos as nossas vidas no amor, na partilha e no respeito.

    ResponderExcluir
  16. A gente parece, na verdade, uma costureira nesses blogs, amiga, cada texto retalhando nossa vida de um jeito colorido, mas preenchendo vazios de um jeito necessário.
    Adorei, Letícia Thompson é o que há!

    Lindo domingo dos pais, Veritia, que todos sejam lembrados com muito carinho por seus filhos.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  17. Bom alvorecer!
    Reflexição para o dia de hj...
    Deus é Pai (Poema)
    Composição: Fábio de Melo

    Quando o sol ainda não havia cessado seu brilho,
    Quando a tarde engolia aos poucos
    As cores do dia e despejava sobre a terra
    Os primeiros retalhos de sombra
    Eu vi que Deus veio assentar-se
    Perto do fogão de lenha da minha casa
    Chegou sem alarde, retirou o chapéu da cabeça
    E buscou um copo de água no pote de barro
    Que ficava num lugar de sombra constante.
    Ele tinha feições de homem feliz, realizado
    Parecia imerso na alegria que é própria
    De quem cumpriu a sina do dia e que agora
    Recolhe a alegria cotidiana que lhe cabe.
    Eu o olhava e pensava:
    Como é bom ter Deus dentro de casa!
    Como é bom viver essa hora da vida
    Em que tenho direito de ter um Deus só pra mim.
    Cair nos seus braços, bagunçar-lhe os cabelos,
    Puxar a caneta do seu bolso
    E pedir que ele desenhasse um relógio
    Bem bonito no meu braço
    Mas aquele homem não era Deus,
    Aquele homem era meu pai
    E foi assim que eu descobri
    Que meu pai com o seu jeito finito de ser Deus
    Revela-me Deus com seu
    Jeito infinito de ser homem.
    Bjssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  18. Uauuuuuuuu...que texto verdadeiro menina. Não sei se é possível reciclar ao pé da palavra, mas foi isso que fiz ou pelo menos tentei. Fiz um casamento baseado no que seria bom para todos e não pra mim diante de circunstâncias, fiquei três anos vivendo num martírio de infelicidade e ficando doente. Há poucos meses decidi dar um basta, mudei de cidade, deixei meu filho mais velho com ele (pois é o pai dele e éramos separados há 11 anos e há três nos casamos novamente). Hoje vivo sozinha com minha filha, do meu segundo relacionamento no meio dessa confusão toda. Estou bem, me conhecendo e não desisti de ser feliz.... bjim.

    ResponderExcluir
  19. Bom dia,Vera!!

    Ah!!Que texto maravilhoso!!É para ler e reler e não esquecer!!!Tem épocas que nossa mente teima em esquecer algumas coisinhas...
    Ainda bem que sempre é tempo de mudar, de melhorar!!!
    beijos pra ti querida!!
    A partir de hoje és meu destaque da semana!
    tem selo de destaque( é opcional!)

    ResponderExcluir
  20. Olá, Vera.
    Vim retribuir a sua simpática visita, conferir o carinho existente aqui no seu cantinho e pegar também uma cadeira pra mim... Aqui acontecem reflexões das boas, já percebi.
    Então, já me aquietei, pra ficar.

    Beijo e obrigada.

    ResponderExcluir
  21. olá, bom dia!
    passando para te desejar um lindo dia dos pais!a eles, que nos deram a vida e nos ensinaram a vivê-la com dignidade, não bastaria um obrigado.
    Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.
    Somos em seis agora lá no blog, e este endereço abaixo, é o link de minha postagem, um chero pra vc!

    http://drisph.blogspot.com/2011/08/sua-bencao-meu-velho.html

    ResponderExcluir
  22. Ando meio sumida dos comentários, pois tive uma semana bem "hard" de trabalho, mas passei aqui por alguns motivos:
    1-porque estava com muitas saudades!
    2-porque quero desejar um LINDO DOMINGO DE DIA DOS PAIS!
    3-para dizer que estou muito feliz em estar nos TOP 30 pela segunda semana seguida, no Prêmio TOP BLOG 2011!
    4-para pedir seu voto, caso você não esteja concorrendo e ache que eu mereço seu voto!
    bj Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  23. Com certeza!!

    Em cada retalhinho a gente vai guardando alegrias, tristezas e momentos maravilhosos que a gente viveu!!

    AMEIIIIIIIII

    ResponderExcluir
  24. Letícia sempre maravilhosa...um beijo, linda nova semana,chica

    ResponderExcluir
  25. Minha Querida Verinha
    Como amo Letícia Thompsom. Escreve as coisas do jeito que acontecem tim tim por tim tim nas nossas vidas. E nos deixa vários alertas: temos que mudar, porque mudar, pra reciclar, pra recomeçar, para evitarmos atalhos, e por aí vai...
    As imagem estão incrivelmente em sintonia com esse texto incrível. Bjkas e um domingo feliz ao lado dos pais que compõem sua família. Bkas com carinho!

    ResponderExcluir
  26. A DOR serve mesmo de reciclagem, para aprendendo com ela deixarmos o velhoe e avançar para o novo!!

    passei para deixar um beijo grande amiga e votos de uma boa semana cheia de coisas boas pa ti.

    ResponderExcluir
  27. Olá! Que belo texto, é a minha primeira visita e gostei muito, já estou seguindo.
    Abraços,
    Sueli

    ResponderExcluir
  28. Lindo! Tanto o texto como as imagens que se harmonizam. Lá no blog tem um selinho para você
    Desejo uma semana com muita paz e realizações.
    Bjs.
    Zelia Cunha

    ResponderExcluir
  29. OI VERA LÚCIA!!!
    APESAR DE TODOS OS TROPEÇOS, RECICLAGENS OU OUTRAS SITUAÇÕES, SOMOS SEMPRE A MESMA PESSOA, MAS MAIS MADURAS, ESCLARECIDAS. TENHA UMA ÓPTIMA SEMANA. EXCELENTE DIA DOS PAIS, BEIJOS DESTE LADO DO ATLÂNTICO...

    ResponderExcluir
  30. Vera Lúcia, tudo bem?
    Belíssimo texto!
    Mesmo não podendo voltar atrás nos momentos da vida que gostaríamos, Deus sempre nos dá a chance de uma reciclada nas atitudes, no comportamento, no nosso querer..., e no poder das coisas. O Divino nos permite uma reciclagem diária, e um aprender necessário para mudar um pouco a vida em cada instante. Basta saber tecer essa colcha! Difícil, pois...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  31. Vera..pensando bem eu não gostaria de voltar atras em nada.
    Pq foram meus erros e meus acertos que me trouxeram até aqui.
    A vida é feita de ciclos.
    Bom isso pq nada é para sempre.... O que não é trem.. é passageiro..rs
    bj e boa semana !

    ResponderExcluir
  32. Estamos montando um quebra cabeça chamado vida, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  33. Lindo demais Vera!!
    Eu recomeçarei quantas vezes precisar, claro...e mudarei de nome, até de sobrenome quando a aurora resurjir de outras novas cores levando minhas dores....
    Obrigada pelo afago!
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  34. Vera. gostei da sua visita e por ter ficado no meu cantinho!!
    Aqui no seu, tem textos dos autores que também admiro muito. Dá para nos sentirmos em casa!!
    Voltarei outras vezes para ler com calma!!
    Abração!!

    ResponderExcluir
  35. Verinha, se não der para reciclar nossas vidas, reformulemos pelos nossas conceitos e pensamentos.
    Tudo na vida muda e nosso corpo e mente têm que acompanhar essas mudanças sob pena de ficarmos obsoletos.

    Parabéns pela escolha!

    Um forte abraço do novo amigo!

    ResponderExcluir
  36. Vera um escorrer de sabedoria nesse texto.
    Deus é mesmo tão grandioso, que nos deu a opção de escolhas.
    Tudo acontece por um propósito.
    E nesses pequenos retalhos, bordamos a nossa história de vida.
    Beijinho a essa moça linda do perfil.

    Fernanda

    ResponderExcluir
  37. Olá Vera
    Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário. Quando puder volte, vou gostar muito.
    Bjux

    ResponderExcluir
  38. Ah Vera que lindo isso!
    Sempre é possível recomeçar, reparar os erros e aprender com eles, mudar (mesmo que a essência perdure), estava com saudades daqui...

    mil bjos do di!

    ResponderExcluir
  39. Deixo uma beijoka de boa semana, lindona! :)

    ResponderExcluir
  40. É preciso uma repaginada na vida em tempos não determinados,quando chega o momento, é preciso não postergar.Perder os medos embrenhando nas possibilidades que a vida sempre oferta.
    Bom texto com otimo poder de reflexão,nesta bela analogia.
    Um abraço Vera, gostei do espaço reflexivo.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...