Bloqueador de Selecao

segunda-feira, 27 de março de 2017

CARÊNCIA AFETIVA.



A carência afetiva é um mal que atinge todas as faixas etárias, culturas e classes sociais.  É pior que a gripe, que vem e vai embora, ou uma doença que mata de vez. É um mal que consome as pessoas devagarinho.
A indiferença da sociedade atual face aos problemas do mundo, faz com que as pessoas sintam-se sozinhas e carentes.  Preferimos fechar os olhos ao que se passa ao nosso redor (e mesmo fora dele) do que enfrentar a realidade da vida dos outros, dos seus problemas. Há cada vez mais pessoas solitárias enquanto a população cresce.
As pessoas têm sede de amor. O problema é que raramente querem ser fonte. E nessa engrenagem há muita gente infeliz. Então corre-se de um lado para o outro, alguns tentam achar compensação a nível profissional, outros em religiões, crenças e seitas. 
A internet também faz parte desse mundo. Fecha-se aqui, procura-se amores, amizades e certezas de que alguma coisa ainda existe capaz de compensar a falta de afeto. E enganam-se. Engana-se os outros e a si mesmo. 
Quando Jesus andou na terra, tenho certeza que não precisava de nada. Ele era auto-suficiente. Apesar disso, viveu tudo: Ele andou, trabalhou, se entristeceu, chorou, sentiu fome, angústia, dor, morreu e ressurgiu. E vivendo tudo isso, amou. Amou até o fim, até pedir perdão para os que o crucificaram. E tudo o que Ele viveu, foi para nos mostrar o exemplo. De nada serviria se Ele tivesse pregado e não vivido as próprias palavras. Como nós. Mais que falar, precisamos viver.
O dia que as pessoas compreenderem que a solução está dentro delas mesmas, então o mundo terá uma chance de sair desse caos. Se você quer ser amado, ame! Quer receber um sorriso? Sorria! Quer receber e-mails? Mande! Quer carinho? Dê ternura até não agüentar mais. Quer atenção? Seja atencioso!
Talvez não funcione imediatamente. É um remédio que precisa de um tempo para começar a fazer efeito. Mas, quando você estiver curado interiormente, vai ser outra pessoa, de maneira tal que será impossível não receber de volta a felicidade que espalhou.  Temos a mania de querer comprar tudo. Mas muitas coisas da vida precisamos plantar, cuidar e colher com nossas próprias mãos. Nem tudo se vende e se compra e afeto faz parte dessas raras coisas.
Não amamos a Deus por que Ele nos amou primeiro? Então, vivamos de maneira que possamos ser os primeiros a dar afeto, amor, atenção. Sejamos os antídotos do ódio e da indiferença. Tudo o que virá após, será compensação. Estaremos contribuindo assim para uma sociedade mais humana, mais justa e mais equilibrada.


(Letícia Thompson)

segunda-feira, 20 de março de 2017

EM TUDO SE VÊ OPORTUNIDADES.



Veja quantas oportunidades no dia que começa!
O terreno baldio que tanto te incomoda,
é um convite para o esforço do seu suor.
Oportunidade bendita de criar um jardim,
uma horta, algo muito melhor.

O vizinho que toca música alta pode ser um solitário,
esperando uma visita para um papo,
que pode se estender para um abraço sem nada dizer.
Tudo o que é preciso para uma amizade nascer.

A fofoqueira da rua, é alma carente,
que precisa além de afeto,
uma palavra paciente.

O desemprego desesperador,
pode ser outro bom fator,
para revelar em você, um grande empreendedor.

O martírio dessa doença, uma força para a ciência,
que ao investigar o seu problema abre portas,
desvenda mistérios e na procura,
a tão esperada cura.

O relacionamento que se despedaçou,
pode até significar dor, medo, ausência.
Mas, o coração que hoje se fecha,
é o mesmo que amanhã se alegra,
com a atenção de alguém que desperta,
na sua alma carente,
o eterno desejo de amar,
que em todos é latente.

Por isso, em tudo, não se desespere!
Antes, enxergue possibilidades:
- nas portas que se fecham,
- nos amigos que desaparecem,
- nos contratos que não foram fechados,
- na ligação que não veio,
- no beijo que não virá,
em tudo, uma mão gigantesca vem apoiar,
aqueles que mesmo com chagas, insistem em lutar,
um amor que ultrapassa a nossa compreensão,
vem nos abrigar, e se caímos, vem nos levantar.
Amor além do tempo, sem medidas,
além da compreensão,
amor de Deus, benção para todos,
sem distinção.

Paulo Roberto Gaefke


segunda-feira, 13 de março de 2017

POR QUE TANTAS PESSOAS ANDAM MENDIGANDO AMOR?


                          "Não implore e nem mendigue a atenção de ninguém; primeiramente tenha amor próprio. Pessoa nenhuma que não queira te dar atenção merece que você faça questão de tê-la. Seja sempre mais você". (Clara Furtado).

Quando foi que nos perdemos e esquecemos que o principal dos amores é o amor próprio?
Amor, carinho e atenção devem vir naturalmente, devem fluir sem pressão, e se não fluem, por favor não insista, não force, saia desse conto de fadas falido  que só existe na sua cabeça, você merece tudo de melhor sempre, lembre-se  disso!
Você pode ser a pessoa mais linda e mais sarada do mundo, pode ser inteligente, divertida, bem-sucedida, mas se a atração não for recíproca, se não existe a tal química quando os corpos se tocam, nada do que você fizer vai adiantar, porque o amor é mágica, nós nunca entenderemos como, quando e porque, na hora certa, ele simplesmente vai acontecer.
Reconhecer e saber dar a si mesmo o devido valor é algo inquestionável e imprescindível.
Não arrume desculpas esfarrapadas pra quem não sabe te amar. Quem quer de verdade encontra um jeito, quem não quer arruma uma desculpa, porque obstáculos são vencidos, mas a falta de amor, a falta de vontade e a falta de interesse não têm solução, não têm remédio.
Eu sei que às vezes é difícil de aceitar, mas não perca sua dignidade tentando entender porque alguém não te ama da maneira que você acha que merece ser amado.
Não cabe a você decidir, deixe o Universo trabalhar. Ele sabe do que você precisa, o que você merece e o que o fará feliz, então confie, tenha paciência e espere para usufruir de um banquete ao invés de aceitar migalhas.
Amar é saber desistir também, então ame-se o suficiente para sair de qualquer situação que traga mais angústia do que felicidade.

(Wandy Luz-https://amenteemaravilhosa.com.br).

(Agradeço aos amigos que entram e deixam seus comentários, apesar de estarem cientes de que minha atuação na blogosfera, no momento atual, está se restringindo à retribuição de visitas.)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...