Bloqueador de Selecao

domingo, 29 de novembro de 2015

PICUINHAS.

     



Conheço muita gente que, por bagatela, orgulho ferido, ciúme, coisas assim, 
se complica.

Gente que, por ressentimento tolo, rancor, arranja grandes inimizades...
Ora, quem não for capaz de passar por cima de uma ofensa não está preparado para viver na Terra.
Somos tão imperfeitos que, até sem querermos, magoamos as pessoas!
Uma palavra ríspida, uma indelicadeza...

Quantas vezes não interpretamos por maldade o que foi mera falta de atenção da pessoa!

O nosso pensamento cria situações irreais, situações que não existem.
No fundo é amor-próprio ferido, o chamado melindre...

Nós nos sentimos humilhados por quem não nos humilhou.
Alguém que deixa de nos responder a um cumprimento, de retornar a um telefonema...

São picuinhas!
Milhares e milhares de desentendimentos têm origem em coisas banais, em mágoas que supervalorizamos. Queremos que todo o mundo concorde conosco, com a nossa maneira de ser, de pensar...

Isto é impossível!
Somos iguais, mas somos diferentes.
O homem precisa andar de espírito mais desarmado...


Chico Xavier





Que possamos ser paz no coração das pessoas e que as picuinhas sejam ignoradas pelo tamanho da insignificância que possuem.


53 comentários:

  1. Que tenhamos humildade para aceitar que muito maior que nossas picuinhas é o privilégio de estarmos aqui.

    Linda reflexão!

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Estou rindo: sou tudo isso.

    Coisa que se faz por implicância, como provocação, para aborrecer alguém.

    Picuinha é sinônimo de: alusão, deboche, indireta, piada, pirraça e sátira

    beijogrande

    Contínuo rindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora quem está rindo sou eu, Paulo, porque eu havia acrescido ao final da postagem os sinônimos de pecuinha para que os amigos de outros países pudessem entender melhor o sentido da palavra. Depois, achei melhor retirar, pois imaginei que em caso de dúvida recorreriam ao google.
      Obrigada, portanto, pelo acréscimo-rsrs.
      Muitos se deixam melindrar por tais pecuinhas, que em nada acrescentam.

      Abraço.

      Excluir
  3. Humildade é uma coisa que todos precisam, não obstante de se brincar de forma a não prejudicar ninguém.
    Adorei o texto!

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. E é mesmo esse o espírito... sempre ignoro essas picuices e picardias... também não as alimento... e corto-as logo pelas raiz... mas mesmo ignorando... elas vêm atrás de nós, por vezes... talvez porque quem magoa... não suporta a ideia de ser prontamente ignorado...
    Um texto bem pertinente, e muito lúcido! Mais uma tremenda partilha por aqui, Vera!
    Bejinhos! Boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  5. Quantos afastamentos são motivados por coisas pequenas e insignificantes, tão fáceis de se resolver! Levar tudo para o lado pessoal complica as relações. Costuma-se ler o que não foi escrito, ou que o tenha sido feito com outra pontuação, capaz de mudar seu sentido. Picuinhas não cabem na vida adulta (rss).
    A imagem é muito bela. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Querida Vera,
    "Somos iguais, mas somos diferentes.
    O homem precisa andar de espírito mais desarmado..."
    Perfeito e sabemos como as pessoas no modo geral estão
    tão armadas, um sorriso é difícil, palavras e ações de
    gentileza mais difícil ainda e olhar compreensivo para
    o outro é quase impossível encontrar...
    A pressa é o ritmo do mundo e distancia a vivência da
    unidade divina na compreensão...
    A imagem é impressionante de bela e tão
    apropriada para a profundidade da mensagem do texto.
    Sempre adoro este seu espaço!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Hello Vera,
    Good words with a nice image.
    We must create the best of with our happiness.

    Sweet greetings,
    Marco

    ResponderExcluir
  8. O mundo que vivemos é assim, cheio de fofocas e picuinhas.
    Parem para analisar quantas pessoas te ligam para falar algo bom, e quantas para fofocar e trazerem as más noticias.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Vera :)
    Precisamos relevar muitas coisas,
    afinal as pessoas nos ofendem, mas
    nós também deixamos a desejar em várias
    ocasiões, e magoamos as pessoas.
    Conviver é uma arte, que exige flexibilidade...
    Ótima semana. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Um excelente texto, a merecer a nossa reflexão.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  11. Olá Vera!
    Existem de facto atitudes que, por vezes, nada mais são do que simples incapacidade para lidar com os outros, atitudes nas quais não existe qualquer tipo de má intenção, mas apenas uma deficiente habilidade no relacionamento do dia adia. Ou mera indiferença, ou uma indelicadeza que nem chega a ser falta de educação; mais uma questão de "tacto". E há quem acabe por melindrar-se por algo que não vale a pena, sobrevalorizando o que não deve ser nem valorizado.
    Um belo texto de Chico Xavier, sobre o qual convém reflectir, e uma imagem bem interessante.
    Boa semana, Vera Lúcia.
    xx

    ResponderExcluir
  12. Realmente há quem seja implicante com tudo. Não vale a pena ser tão picuinha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Quando pensamos mal dos outros, estamos, em primeiro lugar, a pensar mal de nós próprios. A benevolência e a tolerância são fundamentais nas relações humanas.
    Não sabia que também usavam a palavra "picuinhas" no Brasil :)

    Um beijo, Vera

    ResponderExcluir
  14. Precisamos mesmo Vera, ser paz para os outros...E nada de picuinhas!
    Beijão e uma abençoada semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Hoje decidi deixar uma pequena homenagem
    a nossos idosos .
    Aquele que são a razão do nosso
    existir e viver.
    Sem duvidas me coloco entre eles
    no lugar deles confesso é triste o abandono.
    A você na flor da vida com um longo
    comigo quem sabe gostará de ler e ver um futuro
    que vivendo passaremos por ele uma dia.
    Benção de Deus para sua semana.
    Beijos saudades.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  16. "Picuinhas", faz tempo que não ligo mais para isso, não implico e não deixo me implicarem,rsrs, gostei de ler o comentário do Paulo, ele é sincero e eu amo pessoas assim, autenticidade é tudo de bom, mas também digo que picuinhas são bobagens, viver numa boa, levemente é tudo de bom! Não "picuinho" ninguém e nem deixo que me "picuinhem",rsrs!
    Abraços linda amigaVera!

    ResponderExcluir
  17. Amém Verinha!!
    Tem coisa mais chata que picuinha? Nossa, tá até desanimo só em lembrar quantas passamos ao longo dessa vida. Chego a ficar irritada com algumas situações que foram criadas apenas por simples mal entendido.
    Mais uma belíssima mensagem para começar essa semana que se inicia!

    Como foi de final de semana Verinha? O meu foi bem tranquilo, até tinha passado a dor de cabeça, mas hoje a danada voltou :(

    Semana iluminada para vc!

    Beijãoooo

    ResponderExcluir
  18. Hello Vera,
    Your words are very well written.
    Photo very well chosen.
    Thank you so much for all the nice comments.
    I wish you a nice week.
    Greetings and a big hugs.

    ResponderExcluir
  19. Um texto fundamental, Amiga Vera. Quando o Espírito não mora em nós, quem somos para poder discernir?
    Bela escolha para Meditação de todos.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  20. Olá Vera! Cada um de nós tem sua própria maneira de ver e sentir a vida e os acontecimentos do dia a dia. Há os que se chateiam por coisas tão pequenas, e ficam de picuinha por muito tempo. Há outros que se chateiam também, mas esquecem rápido ,porque sabem que não vale a pena ser infeliz por tão pouco.
    Um abraço, Sônia.

    ResponderExcluir
  21. Olá, querida Vera
    Que post maravilhoso! oxalá seja assim!
    É tempo de renovação da mente e do coração!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  22. Gostei de ler, há sempre alguém que é picuinhas com tudo e mais alguma coisa, não vale a pena é arranjar stress desnecessariamente.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  23. E na verdade, Vera, se bem olharmos a transitoriedade de nossas passagens pelo mundo... quase tudo se resume a picuinhas. :) O Chico é fantástico, não? Boa semana, amiga!

    ResponderExcluir
  24. Realmente!
    Sabe, eu tenho uma sensibilidade boa para essas coisas. Sinto quando o que alguém disse foi sem querer, mas quando é acompanhado de um olhar de brilho de faca, é certo que foi dito para ferir. Acho que as palavras podem ser as mesmas; mas algumas são nascidas do coração, e outras, do aço da língua.
    Infelizmente, é assim...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  25. Oi, Vera Lúcia, interesse texto para reflexão...existem formas de deboche que se transmutam em falsos elogios, existem colocações que não agradam mas são sinceras e amigas. As palavras nem sempre são apanhadas no seu sentido real, outras são formuladas por acaso ou descuido e outras ainda saem do fundo do coração com emoção e sentimento. A palavra como forma de comunicação pode ser também um viés de mal entendido. Portanto, entre a palavra e o ato, prefiro o ato. Achei perfeito o comentário de Ana Bailune. Precisamos saber separar o joio do trigo.
    um abraço

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde Verinha!!
    Se fossemos vizinha levaria um pedacinho de bolo pra vc sempre... mas estamos tão, tão longe...
    Essas dores de cabeça são complicadinhas, mas acho que é a correria. Hoje está ainda mais forte! E vc está bem?

    Um beijo e um feliz dezembro

    ResponderExcluir
  27. O mês de dezembro chegou e com ele vem
    as festas que tanto esperamos, que seja de
    realizações para todos, desejo que 2016 venha
    com alegria e muita paz, estarei de volta em janeiro
    Obrigado por partilhar comigo minhas postagens e agradeço
    sua amizade e carinho, Adoro estar sempre aqui bjuss de
    sempre*

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  28. Oi Vera,
    Pra que sofrer e bater de frente com pessoas sem escrúpulos? Nem perco meu tempo.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  29. Chico era um sábio, Vera. Esse texto só comprova isso, assim como outros inúmeros dele. Tenha uma boa semana. Bjs

    ResponderExcluir
  30. Belo texto, bela reflexão.
    Linda escolha querida Vera Lucia.
    Grande beijo no coração e dias felizes para vocês.

    ResponderExcluir
  31. Vera Lúcia, conheço muitas pessoas assim. E não é nada fácil conviver com elas, que quase sempre estão desconfiadas. Além de desconfiadas, são também invejosas, o que torna um relacionamento quase impossível. E, como nada podemos fazer, resta-nos o afastamento.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  32. Belas palavras.
    Mas descobri que temos de remar com a maré. Um pouco, pelo menos. O que muito me embrulha o estômago dizer, mas foi o que acabei por constatar após anos a levar com exageros e coisas 'piquinhas'. A sociedade só pode ser cíclica. Passa por períodos de maior ou menor intensidade de certas emoções humanas. Conforme somos influenciados pelo que nos envolve, surgem novas formas de encarar a vida, novos comportamentos e posturas.
    Só espero que após uma travessia menos bonita em algumas partes, a humanidade e esta sociedade encontre formas mais nobres de estar.

    ResponderExcluir
  33. Quem sabe, talvez poucas palavras ajudem a mudar o modo de agir dessas pessoas. Belo post Vera! Ótima escolha!

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  34. Agradecendo teu carinho por lá, li um texto lindo por aqui! Pena há quem deixe seus dias "pequenos" por tantas picuinhas que inventa,m... Linda mensagem! bjs, tudo de bom,INTÉ! chica

    ResponderExcluir
  35. Ser humano .... Nunca se sabe do que é caiam!!!
    Bjbj Lisettw.

    ResponderExcluir
  36. Queridíssima, você nos presenteia, com mais uma bela mensagem, que vai ser guardada no melhor lugar de minha alma, para ser usada quando for necessário.
    Ser tolerante é preciso...
    Beijinhos pra você , Vera Lúcia!!!

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde Verinha!!
    Não sei como vamos nos livrar dessas danadas dores de cabeça... ô coisa complicada né?
    E a contagem regressiva para 2016 está correndo a mil por hora...

    Torcendo para que vc esteja melhor hj Verinha, por aqui a dor de cabeça segue firme e forte :(

    Beijos mil

    ResponderExcluir
  38. Muitas vezes temos que esquecer o que nos dizem...para conseguir viver em harmonia.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  39. Muitas vezes temos que esquecer o que nos dizem...para conseguir viver em harmonia.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  40. Verinha, o Chico Xavier sabia das coisas, que alma iluminada tinha esse homem. Esta escrita nos mostra exatamente o q a mágoa faz no coração quando ñ é digerida, e muitas vezes o ser humano se afasta do outro por coisas assim, de natureza mesquinha, e perde a oportunidade de crescimento, pois os relacionamentos são meios de crescer.
    Mais alguns dias e a Leninha estará novamente comandando o blog. Espero ñ ter decepcionado seus amigos. Talvez ainda dê para fazer uma última postagem, vou ver, pois estamos assoberbados com tanto serviço na clínica.
    De minha parte agradeço a sua participação e o afeto demonstrado por nós duas, e deixo uma beijoca grande no seu coração.
    Da Aninha

    ResponderExcluir
  41. Boa tarde Verinha!! É sextaaaa <3
    Que bom que vc está melhor... hj acordei sem dor de cabeça, agora a tarde a danada resolveu dar "oi"... Posso com isso?

    Um final de semana maravilhoso pra vc!!

    Beijãoooooo

    ResponderExcluir
  42. Hello Vera,
    I wish you nice evening.
    And then a wonderful weekend full of rest.
    Greetings and hugs!

    ResponderExcluir
  43. Pois é Vera, escolheste muito bem o texto de Chico...como é fácil melindrar um ego inflado! Geralmente as pessoas confundem autoestima com supervalorização de si mesmo. Quem se acha bom demais, pensa que deve ser servido e tratado como realeza.Alguém não ouvir e não responder um cumprimento, é visto como ofensa capital. Posso perceber que as grandes almas que passaram pela Terra foram as que mais se empenharam por servir ao outro, sem por isso se colocar em situação de humilhação. Jesus lavou os pés de seus seguidores exemplificando uma atitude de quem é humilde sem humilhar-se.
    São essas pequenas inflamações egoicas que com o tempo vão corroendo o tecido da humanidade.
    Deixamos um grande abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  44. Tenha um ótimo fim de semana, Vera. bjssss

    ResponderExcluir
  45. Verinha, adoro Chico Xavier, penso eu que esse foi o melhor texto que li aqui, entre tantos ótimos! Mas esse é um retrato da discórdia, da vaidade, do egoísmo, do orgulho humano. Somos sensíveis demais ao que vem de fora, mas insensíveis ao que mandamos pra fora. E muitas vezes agimos assim, achamos que os outros fazem e nós somos santos. Beleza de postagem!
    Beijosss!

    ResponderExcluir
  46. MUY CERTÍSIMO TU PLANTEAMIENTO.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  47. Um magnífico texto, para ler e refletir.
    Vera Lúcia, tenha um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  48. Oi Vera,que lindo e belo texto cheio e repleto de reflexões super maravilhosas,adorei!! Que tenhas tudo de bom na tua vida!! http://cenasemaiscenas29.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  49. A veces queremos que los demás sean a nuestra imagen y semejanza. Craso error, ya que si todos pensáramos y actuáramos igual, el mundo sería muy aburrido.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  50. OI VERA!
    TUDO O QUE FICOU DA MENTE BRILHANTE E CORAÇÃO AMOROSO DE "CHICO", É PURA PERFEIÇÃO.
    BOM FINAL DE DOMINGO.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...