Bloqueador de Selecao

segunda-feira, 27 de abril de 2015

PERFECCIONISMO.

                                                                            (Arunas Rutkus)


Se você deseja sinceramente cumprir com suas responsabilidades da melhor forma possível, previna-se contra o perfeccionismo.

A mania de perfeição é algo mais presente nas atitudes humanas do que se possa imaginar.

Quando você não consegue executar a conduta ideal, o perfeccionismo te chama de falso.

Quando não atinge as expectativas em relação ao seu ganho material, o perfeccionismo te nomeia de acomodado.

Se você se descuida do dever e esquece uma obrigação, o perfeccionismo te aprisiona na culpa.

Quando você fere alguém ou deprecia algo pela palavra, o perfeccionismo te acusa de caluniador.

Se algo acontece de ruim em relação aos seus laços familiares, o perfeccionismo te recrimina com o rótulo de irresponsável.

O perfeccionismo é uma doença da alma, que quer ser quem não foi preparada para ser, ou que quer ser quem os outros querem que ela seja.

Faça o melhor sempre e aceite sua condição, seu limite, sua imperfeição.

Perante os erros, assuma sua parcela real de responsabilidade, perdoe-se por ter feito da forma como fez e considere o futuro como um convite esperançoso de que amanhã fará mais e melhor tudo aquilo que hoje não conseguiu.



(Wanderley Oliveira, pelo espírito Ermance Dufaux).



67 comentários:

  1. Adorei! Agora, exatamente agora, eu estava preparando o material para o trabalho que vou apresentar daqui algumas horas. Acho que nunca está legal. Tenho que fazer sempre o melhor... e aí sofro achando que nunca está bom.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  2. Olá,Bom dia, Kilida,
    ... somos seres únicos e imperfeitos, mas temos a oportunidade de melhorar sempre!...penso que vivemos em um Mundo onde a excelência e a produtividade são extremamente valorizadas e por isso temos que compreender que o perfeccionismo até possa ser visto como qualidade, desde que não tenha a convicção errônea de que a perfeição é o único caminho para a aceitação e que sempre possamos reconhecer que não fomos preparados para ser o que não somos e muito menos ser o que os outros querem.
    Por isso , acredito que essa tendência de acreditar que existe uma forma perfeita de ser e fazer normalmente , quando não patológica, é algo muito bom. Isso se torna um grande problema quando somos motivados a ser perfeccionistas em tudo o que fazemos ou quando achamos que não executamos algo pelos padrões que nosso perfeccionismo exige ou quando começamos a cobrar demais de si mesmo , porque isso nos impede de adaptar-se a diferentes situações , nos impedindo de assumir nossa parcela de responsabilidade perante os erros . Muitas vezes, ao não conseguir realizar algo de forma perfeita ficamos com tanta angústia que ofuscamos um momento que poderia ser aproveitado e que poderia ser até melhor Amanhã...
    Feliz semana, Belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kilida....bom dia,agradeço pelo carinho de sempre, feliz feriadão, belos dias,beijos!

      Excluir
  3. Importante mensagem e recado. Não podemos querer acertar sempre, ser perfeitas. Isso vem com o tempo...Passamos a perceber que não damos conta de fazer tudo na maior perfeição.Temos que aceitar essa nossa condição e nem por isso, deixar de fazer! Linda semana, beijos, tuuuuuuuuuuuudo de bom!chica

    ResponderExcluir
  4. Olá, Vera Lúcia. O perfeccionismo, como o medo, é um ´muro. Diante dele, os sonhos param. As expectativas estancam. O passo morre. A vida é curta demais para tentarmos ser perfeitos. Não vale a pena, pois enquanto decepamos nossas partes, a vida acontece, o mundo gira, e no fim...
    Bom dia Pra você!

    ResponderExcluir
  5. Muitas vezes fundado no orgulho, que nos faz desejar ser sempre os melhores, ou até no contrário, na baixa auto estima que não perdoa a nós mesmos de falha alguma...o perfeccionismo costuma podar grandes ideias e gestos por acharmos que são imperfeitos. Na busca pela perfeita forma física, pelos bens materiais das classes altas, pelo emprego dos sonhos, podemos estar deixando passar oportunidades únicas para evoluirmos como pessoas, espiritualmente, que no final das contas, deveria ser o objetivo principal da vida...
    Um grande abraço e parabéns pela escolha especial do texto!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  6. Ser muito perfeccionista só stressa. Tem que haver equilíbrio.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Vera Lucia

    Belo texto o seu..
    Sou por vezes... Amei ler!

    Beijinhos e uma excelente semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. oi Verinha,

    com o tempo aprendi que quando não dá pra ser como eu gostaria eu simplesmente não faço...
    pra que me stressar,
    amanhã faço e do meu jeito...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oi Vera
    A mensagem é bem interessante. Não sei se viu o filme, Whiplash, em busca da perfeição. Este mostra os absurdos de superação de limites, chegando a crueldades.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Vera, bom dia!
    Lindo post, sim, se ficarmos a nos cobrarmos e ao outro o tempo todo não vivemos, pois viver é perfeição dentro da imperfeição que vemos, a Vida em si é perfeita, tudo corre de acordo com o que tem de ser, até lemos no livro mais do lido do mundo que, o que importa é a "boa vontade", sem isso nada feito.
    Amei ler linda amiga!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia querida Vera.. já fui assim.. queria tudo perfeitinho.. em certas coisas ainda sou rsrrs sonetos é assim, sempre perfeitos.. mas na vida temos que ceder, nos faz mais bem deixarmos fluir.. bjs e lindo dia

    ResponderExcluir
  12. Concordo em parte. A busca pelo perfeccionismo tem o seu lado positivo, porque no seu dia a dia, você começa a dar o melhor de si, fazendo isso com alegria, e as pessoas passam a reconhecer o seu talento em, determinadas áreas, e grandes trabalhos podem ser produzidos. O importante é ter o equilíbrio. Sou perfeccionista sim, e passei olhar para ele como uma virtude adquirida. Sou agora mais auto-confiante e determinada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosane,

      Grata por sua visita e comentário. Tentei retribuir a sua visita, mas não encontrei um link/blog.
      Caso retorne por aqui, deixe seu link, se tiver. Será sempre bem-vinda.


      Excluir
  13. Vera, estou plenamente de acordo. O perfecionismo é inimigo dos afetos e mina as relações. Acho que devemos sempre dar o nosso melhor, com muito amor e dedicação, mas sem termos a pretensão de sermos perfeitos, porque, na verdade, a nossa condição humana está muito longe disso.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  14. Olá, Vera.
    Importante esse tema: o que começa por ser uma virtude, transforma-se em defeito, quando exacerbado.
    Tudo na medida certa =)
    bjn amg

    ResponderExcluir
  15. Quem é perfeccionista acaba perdendo muita coisa.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  16. Olá, Vera...
    Devemos buscar a perfeição e não ser perfeccionista! É um aprendizado e errar, ser espontâneo e respeitar os seus limites é algo precioso... Aperfeiçoar-se envolve erros e recomeços, né?!
    Uma boa semana... Abraços

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Verinha!!
    Preciso tanto trabalhar meu lado "perfeccionista"... sofro muito com isso! Nunca as coisas estão boas, pq elas nunca estão perfeitas o bastante para mim... Isso machuca tanto! Mas estou tentando evoluir, uma hora consigo!

    Um grande beijo minha amiga, semana linda pra vc!!

    ResponderExcluir
  18. Muito bom o post, Vera! Embora, confesse, eu seja um pouco perfeccionista; mas, para mim, este perfeccionismo consiste em fazer o melhor que posso... assim, não me torturo pelo resultado, mesmo quando não é bem o que eu queria. :) Boa semana, amiga.

    ResponderExcluir
  19. Hi Vera,
    so beautiful you wrote it.
    The image is well-fitting.
    (thanks for all the nice comments)
    Have a nice week.
    Greetings.

    ResponderExcluir
  20. O perfeccionismo pode tirar-nos a liberdade no prazer de agir, porque com receio de falhar, até nas tarefas mais básicas e e elementares do dia a dia, acabamos por não pensar em mais nada, o que geralmente deriva da própria insegurança motivada pela ânsia de tanto agradar, ou de desejo de não ser desvalorizada (o), pelos outros.
    A perfeição é desígnio dos deuses, não de seres limitados e imperfeitos, apesar das boas intenções. O nosso dever é fazer o melhor, porque desse melhor, mesmo que não seja grande coisa, algo se aproveitará...;-)
    Belo post, Vera Lúcia. Sempre boa escolha de textos e de ilustrações.
    Boa semana!
    xx

    ResponderExcluir
  21. adoro a Ermance, adoro!!! é tipo a Joana de Ângelis com linguagem moderna ;) mto lindo o texto bjs

    http://espiritismofacilitado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Belo cantinho este seu!
    Belas palavras de reflexão e da mesma forma que são colocadas eu sempre complemento que nada como um dia após o outro, tentamos da melhor forma, se erramos, os erros nos trazem aprendizado, basta termos olhar para enxerga-los e seguir em frente da melhor forma sem nos estressar e pensarmos que fizemos o melhor que pudemos e se não deu, valeu a tentativa e assim vai melhorando e ganhando experiências de vida.
    Big abraço.

    ResponderExcluir
  23. Boa noite, Vera.
    Saudades.
    Estou para vir aqui faz tempo, mas não tenho ido aos espaços por várias razões, mas estou visitando e comentando em alguns esses dias.
    Como sempre uma mensagem muito oportuna.
    O perfeccionismo nos atrapalha e muito, embora achemos que seja o melhor modo de proceder.
    Somos imperfeitos e longe estaremos da perfeição.
    Pessoas que assim são se cobram muito delas mesmas e dos outros e isso não é bom.
    Eu mesma tenho um pouco disso em mim, preciso me policiar mais e aceitar que sou falha, assim como os outros.
    Perfeito!
    Tenha uma semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  24. Olá, Verinha, retornando e encontro esse belo texto! Já fui um pouco perfeccionista e que coisa chata! Mas o pior é a culpa que gera ser assim. Hoje já me domino, faço como dá, capricho, mas sem ansiedade.
    Como sempre, encontro aqui sempre belos textos.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  25. Considerações de quem sabe o que diz...Parecemos perfeccionistas porque estamos sempre nos comparando com as outras pessoas, queremos ser melhores e acabamos sendo egoístas e orgulhosos.
    Queridíssima, lindas publicações as suas, sempre.
    Paz profunda!

    ResponderExcluir
  26. A mania de perfeição representa uma fraqueza, uma insegurança, um medo danado de tudo dar errado. Eu particularmente, não gosto de gente muito certinha, normalmente é gente chata. A gente tem sim que tentar fazer as coisas com cuidado, com responsabilidade e carinho, mas nada de exageros.

    ResponderExcluir
  27. Sensacional a postagem. O desejo de perfeição só traz infelicidade, eis que ela nunca será considerada como alcançada. Somos frágeis, erramos, nos desequilibramos... Nada melhor que nos aceitarmos assim, nos desculparmos pelas falhas e procurarmos vencer os desafios dentro e nossas reais possibilidades. A imagem é linda. Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Felizmente ,penso que não tenho esse mal. Sempre vejo as coisas como se tivesse feito o melhor e ponto.
    Nada de lamentaçãoes! se deu certo ok e se não na proxima vou melhorar.
    Assim , não sofro . rs
    Bom texto Verinha_ um tema que combina com os dias de hoje_ muita procura da perfeição!
    meu abraço e carinho

    ResponderExcluir
  29. Esse texto parece escrito pra mim. Sou extremamente perfeccionista e sofro com isso, mas não consigo me livrar. É um tormento. Muito boa essa postagem, Vera. A mensagem é pertinente demais. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  30. Gostei de visitar seu blogue é muito interessante.
    Um belo texto.
    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  31. Ótima terça-feira para vc Verinha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Oi, Vera, texto interessante que nos faz refletir sobre o perfeccionismo e os seus limites...gostar de fazer bem feito é uma virtude, querer a perfeição pode se tornar perigoso ao espírito e acarretar manias e ansiedades.Vamos nos assumir com nossas qualidades e defeitos aparando as arestas e nos amando.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  33. Olá querida:
    Muito obrigada pelo seu carinho e doces palavras em meu cantinho!
    Seja sempre muito bem-vinda!
    Belas palavras as suas em tudo que dedicas.
    Amei seu cantinho!
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. À medida em que vamos somando "anos de vida" percebemos que em nada o sermos perfeccionistas nos acrescenta. Pelo contrário, tornamo-nos uma pessoa metódica e até desagradável. Perdemos tempo precioso de nossas vidas com detalhes que em nada nos acrescenta. Se fazemos o que gostamos, com amor, evidente que faremos o melhor possível, sem nos sobrecarregar e atazanar os outros...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  35. Oi Verinha, estou de volta, minha querida! Que saudade senti desse teu cantinho e de tantos outros que, como o teu, sempre acrescentam algo à nossa experiência de vida. Feliz, amiga, por já ter condições de voltar! Grata pelo lindo e delicado comentário que me deixaste. É sempre uma alegria receber-te, pois a tua luz deixa rastros de amor e carinho por cada cantinho do meu espaço.
    E tu continuas a nos presentear com belas imagens e significativos e profundos textos.
    Confesso que já fui muito perfeccionista, e só dava uma missão por terminada quando já não tinha mais nenhum retoque para fazer. Claro que sofria muito com isto, pois o desgaste é imenso. Mas aos poucos fui encontrando o equilíbrio e hoje procuro fazer o melhor que posso sem ater-me a nenhum aspecto de perfeição. E olha que me sinto bem melhor assim, e por incrível que possa parecer, ao término de alguma incumbência a que me dediquei sem nenhuma "neura", a gratificação interior é idêntica àquela de quando eu só me dava por satisfeita depois de ter percorrido tortuosos caminhos que desgastavam as emoções (risos).
    Bem, meu anjo, por agora é só.
    Quero deixar-te uma estrela grudadinha num beijo no teu coração,
    Helena

    ResponderExcluir
  36. O perfeccionismo pode ser bem aproveitado, não para irritar, minimizar ou destruir esforços, mas como um bloco de notas onde anotamos as tarefas que temos de fazer de... forma diferente; talvez se vá conseguindo vias para a inatingível perfeição.
    Bokm tema.



    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  37. Bom dia Vera :)
    Devemos nos empenhar para fazermos tudo da melhor maneira possível,
    mas sem exigir demais de nós mesmos, afinal não somos perfeitos e
    não podemos cobrar isso de ninguém.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  38. Boa tarde queridona!!!
    Acreditas que ele ficou todo cheio de vergonha agora? Logo o Evandro que não é tímido...
    Mas vou continuar publicando os looks dele heheh

    Ahhh muito obrigada por seu carinho, dificilmente sairei na revista, não sou conhecida... Mas o que vale é a intenção né? Uma hora chego lá <3

    Grande beijo Verinha!

    ResponderExcluir
  39. Creio que o importante é procurarmos fazer o melhor, mas tendo a consciência de que nem sempre isto vai acontecer.

    ResponderExcluir
  40. Amiga Vera:
    Já paguei o preço pela busca dessa perfeição, hoje contento-me com os meus defeitos e qualidades e respeito os defeitos e qualidades de quem me rodeia.
    Um texto cheio de ensinamento , obrigada.

    beijinho com carinho

    ResponderExcluir
  41. Que palavras doces as suas em meu cantinho, saiba de adorei demais conhece-la e agradeço por ter me adicionado a seu ciclo de amigos no Google+. Adorei demais! Além de linda pessoa, lindo sorriso, é uma pessoa muito simpática! Muito obrigada querida!

    ResponderExcluir
  42. Muito interessante esta reflexão sobre esta mania, que as vezes nem é percebida.
    Ele o perfeccionismo pode ser um mal, quando ultrapassa os limites cabíveis do ser.
    Bela partilha Vera.

    Sem choro nem muita lamentação o azulão segue sua jornada de belas historias.
    Carinhoso abraço mineiro de flor e um belo prolongado feriados de alegrias e paz.

    ResponderExcluir
  43. Boa tarde Verinha!!

    A Zara nem sabe que existo heheheh, mas seria bom ter um atendimento especial né?

    Beijão Verinha, um feriado todo especial pra vc e pro marido <3

    ResponderExcluir
  44. Eu concordo com o texto, todos nós erramos, e ficar procurando ser perfeito e se preocupar quando algo não saiu como devia, só gera culpa desnecessária! Temos que aceitar os nossos defeitos e as nossas qualidades para viver com a nossa mente tranquila.
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  45. Oi Vera, em primeiro lugar quero te parabenizar pelas imagens que você traz, sempre muito encantadoras.
    Quando era mais jovem, e tinha os filhos ainda pequenos, eu era um pouco assim no que diz respeito a eles, queria ser perfeita. e sabe que isso traz muitas aflições, e dobra o nosso cansaço. porque além de físico ele passa a ser mental a medida que estava sempre cobrando algo a mais de mim mesma.Hoje tenho outra visão e sei que há limites.Ninguém é perfeito e nunca será, essa cobrança por perfeição pode muitas vezes até atrapalhar a convivência. Gostei da frase "Faça o melhor sempre, aceite sua condição, seu limite e sua imperfeição. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  46. Sou uma pessoa muito perfeccionista, e gosto de ir até ao mais pequeno pormenor. Quando falho em algo fico completamente arrasada e é tal e qual como você escreveu, me sinto horrivelmente comigo mesma.
    Beijo.
    http://coisinhasdamiia.blogspot.pt/?m=1

    ResponderExcluir
  47. ✿⊱·.
    Ótimo texto... muito o que pensar!!!

    Ótimo fim de semana!
    Beijinhos..·°هჱ
    ❤ه° ·.

    ResponderExcluir
  48. Verinha, vim te deixar um grande beijooooo!

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  49. Boa noite Vera.
    O perfeccionismo torna as pessoas inseguras, nunca satisfeita com nada que é feito, um belo texto de alerta. Um feliz e abençoado més de maio com muitas alegrias. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  50. Vera, tenha um ótimo fim de semana! Beijos!

    ResponderExcluir
  51. Ola Vera !
    Como sempre belo texto. Bonito pinturas.
    Arunas Rutkus e artista lituano. Pinturas sao elegantemente agradavel.
    Um abraco e uma boa semana.

    Cumprimentos
    GLUOSNIS - LITUANIA

    ResponderExcluir
  52. UN TEMA MUY REFLEXIVO E INTERESANTE. MUCHAS GRACIAS POR COMPARTIR.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  53. Estimada, Vera.

    Creio que, neste tecer de vida, o melhor é ser prudente, não é mesmo ?
    Desejos de um bom fim de semana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  54. Olá, Vera, fantástico esse texto! Oriunda de uma educação perfeccionista, sinto-me em vários momentos aprisionada, como bem está escrito. Por natureza gosto de fazer as coisas bem feitas, com capricho, isso me alegra e satisfaz. O problema é quando o perfeccionismo atravessa a barreira da satisfação pessoal e torna-se um fardo, uma obrigação de perfeição o tempo todo para atender expectativas alheias.
    Nesse sentido, não me agrada e me faz perder o gosto por fazer bem feito.
    Um texto que convida à liberdade.
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  55. No juzge a nadie por lo que te digan,juzgala por lo que tu veas,.y a pesar de todo te puede esquivocar

    ResponderExcluir
  56. Querida Vera ! - Gerbiama Vera ! -
    Obrigado por suna visita meu bllog I
    Primeiro domingo de maio Lituania comemora Dia da Moe.
    Sucesso !!! :)
    Beijos :)
    Su linkėjimais
    - GLUOSNIS IŠ LlIETUVOS

    ResponderExcluir
  57. Olá, querida Vera!

    Bem, já li o texto de Wanderley Oliveira, pelo menos, umas duas vezes, mas minha mente não cede, nem obedece, embora, esteja, parcialmente de acordo com algumas das suas ideias.

    Eu "sofro" dessa "doença", há muito, mas é de família, materna, mais propriamente. Minha mãe, por exemplo, comprava sal marinho, k vinha, devidamente empacotado, mas depois o deitava num recipiente, para o lavar, retirando pequenas "coisinhas" escuras que por lá apareciam. Essa situação se relaciona mais com a limpeza exagerada, todos sabemos, mas não deixa de ser vista, à luz da Psicologia, vista como um distúrbio, que pertence, k faz parte do Perfeccionismo.

    Quem é, verdadeiramente, perfeccionista, sofre muito, imenso mesmo, e eu sei disso, por experiência própria. Se escrevo algo num dia, no outro, acho k já não tem jeito, nem interesse, e toca a alterar tudo. Isso dói, e não é pouco.

    Imagine k eu não consigo me abstrair, no verão, por exemplo, qdo vejo calcanhares secos, gretados e mal tratados. Fico tão incomodada k até cólica abdominal surge.
    Não consigo sair de casa, sem que tudo fique no seu devido lugar, pke minha mãe sempre me dizia: tu sabes como sais, mas não sabes SE entras e como entras.

    Na minha casa, emprego e mente, TUDO tem de estar "simétrico". Já recorri a um Psicólogo e a uma Psicóloga, meus amigos, por sinal, mas ambos estavam piores que eu, embora, por diferentes motivos, portanto, fui eu k os escutei, ouvindo seus desabafos, e não o inverso.

    Boa semana.

    Beijos, com estima, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida,

      Vou lá no seu espaço, ocasião em que responderei ao seu comentário. Somente vou destacar, aqui, que trata-se de um texto psicografado e que o Wanderley Oliveira foi apenas transmissor da mensagem ditada pelo espírito Ermance Dufaux.

      Beijo.

      Excluir
  58. Oi, Vera!! Tudo que é em excesso prejudica,aprisiona.

    Tenha uma semana abençoada. Bjs

    ResponderExcluir
  59. Vera,
    Adoro o seu blogue e a sua forma de escrever. Por isso, e se permite, levarei o seu link comigo!
    Beijinho lindona e obrigado!
    :)))

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...