Bloqueador de Selecao

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

MENSAGEM DO HOMEM TRISTE.




Passaste por mim com simpatia, mas quando me viste os olhos parados, indagaste em silêncio porque vagueio na rua. Talvez por isso diminuíste o passo e, embora quisesse chamar, a palavra esmoreceu-me na boca. É possível que tenhas suposto que desisti do trabalho, no entanto, ainda hoje, bati em vão, de oficina em oficina.
Muitos disseram que ultrapassei a idade para ganhar o meu pão, como se a natureza do corpo fosse condenação de inutilidade, e outros, desconhecendo que vendi minha roupa melhor para aliviar a esposa doente, despiram-me apressados, acreditando-me vagabundo sem profissão.
Não sei se notaste quando o guarda me arrancou da contemplação da vitrine, a gritar-me palavras duras, na qual se eu fosse vulgar malfeitor … ladrão até, porém, que nem de leve me passou pela mente a idéia do furto; apenas admirava os bolos expostos, recordando os filhinhos a me abraçarem com fome, retornando à casa.
Ignoro se observaste as pessoas que me dirigiam gracejos, imaginando-me embriagado, porque eu tremesse encostado ao poste; afastaram-se todas, com manifesto desprezo, contudo, não tive coragem de explicar-lhes que eu não tomo qualquer alimento, há três dias.
A ti, porém, que me fitaste sem medo, ouso rogar apoio e cooperação.
Agradeço a dádiva que me entendas, no entanto, acima de tudo, em nome do Cristo que dizemos amar, peço me restituas a esperança, a fim de que eu possa honrar, com alegria, o dom de viver.
Para isso, basta que te aproximes de mim, sem asco, para que eu saiba, apesar de todo o meu infortúnio, que ainda sou teu irmão.
(Chico Xavier).

60 comentários:

  1. "Chico Xavier"
    Nos deixou grandes legados um acervo muito grande daquele
    que gosta de ler seus livros.
    Muitos ñ gosta eu gosto de tudo que contribua para meu crescimento espiritual.
    Que Deus lhe de uma semana abençoada.
    Obrigada pelo voto sem você a conquista ñ seria possível.
    Beijos ,Evanir.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Vera Lúcia

    Que maravilha de texto, adorei ler!

    Tenha um dia feliz
    Beijos
    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto e retrata a indiferença do olhar que tantas vezes dirigimos(ou nem isso) aos nossos irmãos! bjs, chica e lindo setembro!

    ResponderExcluir
  4. oi Verinha,

    Chico Xavier foi um homem especial e um ser humano exemplar,
    e não poderia de ser mais perfeito esse texto,
    a indiferença causa uma dor imensa e muitas vezes incurável...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querida Vera.. seres assim nos passaram algo maravilhoso.. eu nunca esqueço a passagem que li onde ele dizia que tinha 30 bilhoes do outro lado querendo aqui estar e os 7 daqui não dão tanto valor a vida que tem.. por isso temos que dar o máximo de nós.. fazer esta vida valer e ver alegria em tudo.. beijos e até sempre

    ResponderExcluir
  6. Uma mensagem forte e bem real .
    Acontece quase sempre depararmos com alguém fora dos padrões normais e nos afastarmos, com medo.
    Um mundo onde a misericórdia perdeu força diante da violência das ruas.
    Chico Xavier um espírito lúcido sabia como reconhece-los.
    abraços Verinha
    uma feliz semana.

    ResponderExcluir
  7. Que texto tão comovedoramente triste! Por isso costumo dizer que "quem está dentro do convento é que sabe o que vai lá dentro"....Apressamo-nos muitas vezes a tirar conclusões sobre a vida dos outros, e a julgá-los, em vez de tentar dar a mão, um pouco de compreensão que seja, ou esse raio de esperança que o texto de Chico Xavier menciona.
    De facto somos todos irmãos, só que filhos de pais diferentes, e donos de sortes diferentes.
    Excelente texto, Vera Lúcia, gostei muito.
    Boa semana!
    xx

    ResponderExcluir
  8. Triste mas ao mesmo tempo sedutor de ler

    Deixo cumprimentos
    .....................................
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. Belissíma mensagem Verinha <3

    Triste e ao mesmo tempo profundo, tocante...

    Uma semana linda, abençoada para vc. Que setembro seja leve!!

    Beijãooo

    ResponderExcluir
  10. Uma imagem triste mais diz muitas coisas se formos observá-la, Vera beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderExcluir
  11. Saudações Magnânima!

    Santa hipocrisia nossa,rogai por nós!

    Nos EUA o preconceito é oficial e lugar de branco,preto,,não entra
    Não entram por saber que não serão recebidos,contrário ao Brasil que tudo é velado
    Somos racistas e xenófobos,mas jamais admitiríamos.

    A sinhá é branquinha,assim como meus 3 irmãos de olhos claros a essas 3 pestes me chamam de 'negão'' e nem sou,não tenho cor definida,sou amarelado,marrom,uma coisa das mais esquisitas,desigual!
    Se vocês forem chamados de euro´descendentes irão gostar? E por quê sinhá,temos de chamar o coitado do preto de afrodescendente?
    Não somos todos nascidos no Brasil? Então somos todos brasileiros,sem distinção de raça,credo e classes sociais!

    Inventaram esse maldito politicamente correto sinhá apenas como engodo:favelas viraram comunidades...ainda estão,tais como ,desde o dia em que aboliram a escravidão no ;Brasil

    Eu não diferencio ninguém,fico desconfiado apenas dos engravatados com falas maviosas,fico com a pulga picando a orelha.

    Ainda somos sinhá pequeninos miquinhos falantes ,sem faculdades mentais de reconhecermos no outro as nossas pequenas diferenças, que nos enriquecem como humanos ,
    Somos todos irmãos!

    Abraços fortes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pude deixar de sorrir diante do "magnânima"-rsrs.

      Divertida a maneira como você se refere à sua cor-rsrs. Fiquei até curiosa (amarelado/marrom?).

      Você tem razão quanto ao preconceito. Não há de se negar a existência dele. Aliás, os noticiários têm divulgado casos repugnantes. Certas distinções são mesmo abomináveis e mostram o quanto não respeitamos a lei, seja divina, seja dos homens.

      Obrigada, Nino, por sua presença e comentário.

      Que setembro lhe traga grandes alegrias.

      Grande abraço.

      Excluir
  12. Querida amiga
    Hoje vim agradecer a sua linda visita ao meu cantinho.
    Muito obrigada!
    Uma linda e muito abençoada semana para você!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  13. Hi Vera,
    beautiful text and amazing picture.
    Greetings and hugs.

    ResponderExcluir
  14. Oi querida Vera, linda mensagem, linda, mas triste.
    Como você está querida? Espero que bem!
    Tenha uma ótima semana e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  15. Passando pra deixar meu oi...

    Seu blog está com o visual lindo d+++,

    Bjs

    Sônia Silva

    http://http://ouniversodospensamentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. No mundo das aparências, os olhos julgam depressa demais...além da dura prova da pobreza, os que nela nascem têm de enfrentar esta outra, da falta de aceitação, como se fossem culpados por sua condição.
    Ah, se todos tivessem a doçura de um Chico Xavier...
    Uma feliz semana, Vera!
    Abraço
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  17. Olá Vera,
    Um texto p/ refletir...
    Muitas pessoas não honram o dom de viver,
    mas nem é culpa delas.
    E infelizmente muita gente está
    anos luz de saber o que significa compaixão e amor ao próximo,
    limitando-se apenas a julgar.
    Boa semana, bjs!

    ResponderExcluir
  18. Que texto lindo, minha amiga. Um aprendizado assim só poderia vir de Chico Xavier não é mesmo?!

    Beijos e excelente semana pra vc!

    ResponderExcluir
  19. Postagem maravilhosa tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  20. Nem todos que estão nas ruas fizeram essa opção. E creio que, de fato, sua maior tristeza é a invisibilidade. Quem passa não os olha. Se ficam aparentes é para receber uma censura ou passar por um constrangimento. O medo e a desconfiança nos levam a generalizar e uma tontura pode ser vista como sinal de embriagues, em vista da aparência de alguns.
    As mensagens de Chico Xavier nos tocam e merecem reflexão. Bjs.

    ResponderExcluir
  21. Oi Vera!

    Um homem triste, a indiferença de alguns permeia a intolerância. Gostei muito, pois Chico Xavier é meu favorito, um homem simples, mas que fazia a diferença, com a bondade e o Amor. Tudo que ele transmitiu psicografando é magnífico.A sabedoria de sentir o espírito t com o dom que ele tem, mesmo tendo feito a passagem da terra.
    Bjs e uma boa semana para vc. Nati

    ResponderExcluir
  22. Olá, Boa noite, Kilida Vera
    hoje fui eu quem viu seu link pelo Face...
    Emocionante mensagem...
    ...nós vemos tudo o tempo todo, mas não vemos tanto e de tão perto quanto deveríamos e por isso, não conseguimos expandir a mente , nem a capacidade de sentir o próximo , não vemos a dor que carregam e NÃO entendemos que as pessoas são todas constituídas de elementos positivos e negativos, de aspectos bons e maus que só a proximidade viabiliza .Temos que ser menos conclusivos , pré- julgadores, menos indiferentes , pré- idealizadores ... um raio de esperança... para tomarmos consciência de que estamos morrendo por dentro, e que algo urgente necessita ser feito...
    Bela semana,paz e luz,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Boa tarde, querida Vera
      simmmm, é bom isso, porque centraliza todos ,da mesma pessoa, num espaço...tenho diversos blogs, que sigo, q só troca postagens esporádicas , mas que comentam em quase todas as minhas postagens e como sempre retribuo, mesmo que já tenha comentado, para agradecer e até mesmo para "dizer" que "sim, recebi e li o seu comments", ficava uma "carreirinha" só com meus comments de agradecimentos...aqui, por exemplo, tem o principal, que é o comentário sobre o post e depois , agradecimentos, tendeu?.. obrigado pelo carinho,bela tarde e noite de terça, beijos!

      Excluir
  23. Como o Chico era sábio, Vera. Que texto sublime vc selecionou. E isso diz tanto sobre a humanidade... Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  24. Entre chegadas e partidas, uns segundos para deixar um grande abraço.
    Estou com uma espécie de Foto-Blog,porque o tempo não dá para mais.
    Tinha que vir matar saudades.
    :X D

    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  25. Um texto que possui uma enorme força, mostrando que nem sempre quando olhamos estamos de fato, enchergando.
    Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  26. Bom retorno Vera! Belo texto, o de Xico Xavier, para muitos um deus. Porém e texto não me desmente, tenho mais como um poeta deste tempo, uma vez se nosso contemporâneo.
    Foi agradável ler e sentir, que alguém se preocupa, ou se preocupou, com os males do mundo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Um texto lindo e triste, nem sempre a gente
    consegue ver o que está a nossa frente, muito boa
    a escolha Verinha bom demais ler e gostar

    Bjuss de sempre

    ____________Rita

    ResponderExcluir
  28. Mais uma escolha perfeita de texto e imagem, Vera! Mas, triste, mesmo, é a impiedade que por vezes votamos aos irmãos menos afortunados! Boa semana, minha amiga.

    ResponderExcluir
  29. UN TEXTO MUY SIGNIFICATIVO. GRACIAS POR COMPARTIR.
    BESOS

    ResponderExcluir
  30. Boa tarde Verinha <3

    Sabe, tenho um sério problema com insonia... e nesta madrugada fiquei pensando tanto nesse texto do Chico ;) Vc é especial Vera, sua amada!!

    Beijão, ótimo restinho de terça pra vc!

    ResponderExcluir
  31. Oi, Vera...um texto triste e infelizmente verdadeiro...como o mundo pode ser cruel com seus preconceitos e indiferenças!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  32. Olá Vera, belo texto, gosto muito da obra do Chico Xavier, acho de uma grandeza inenarrável tudo que ele nos deixou! Bjosss

    ResponderExcluir
  33. Um texto lindo que faz refletir.
    Gostei muito da imagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  34. Oi Vera, tudo bem consigo querida?
    Não pude deixar de me emocionar com texto tão belo...
    Chico Xavier era também um escritor ,que sabia como nunca, compreender a alma sofrida...
    A alma de quem é desprezado, marginalizado e sobretudo padecido...

    Lindo para refletirmos se também não cometemos algum ato de indiferença ou até pior, discriminação àqueles que passam por dificuldades...
    Afinal não temos o direito de julgar ninguém!
    Ninguém sabe o que o outro passou ou está sentindo, sofrendo...
    A vida, muitas vezes , é muito cruel..
    Na verdade Vera, não sei se a vida que é cruel ou se são as pessoas que o são...

    Só sei que foi muito bom ler este texto, eu não o conhecia e fiquei encantada!
    Beijos amiga e tenha uma semana maravilhosa! ♥

    ResponderExcluir
  35. Poxa, Vera...Se você queria me fazer chorar. saiba que conseguiu, viu?...
    Beijo e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  36. É o que mais falta em nós: olharmos para as pessoas sem medo, mas é difícil no nosso dia a dia. Emocionamo-nos com a história de alguém que mora na rua, mas quando encontramos algum deles nos esquivamos, trocamos de calçada ou simplesmente, para aliviar a consciência damos uma moedinha.Infelizmente é assim.
    Lindo texto! Bjs

    ResponderExcluir
  37. Olá, querida Vera
    A empatia nem sempre ocorre mas o respeito sempre pode existir...
    Lindo post reflexivo!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  38. Hola Vera, buenas tardes. Paso por tu bonito blog para dejarte un saludo.
    Desde España un abrazo.
    Lola Barea.

    ResponderExcluir
  39. Adorei saber que vc lembrou de mim Vera!!!
    Huummmmm, magnum é o meu preferido <3 <3 <3
    Por ai tá quente e aqui chuva e friozinho... :(

    Beijo grande <3 Agora estou precisando de um Magnum tb

    Nanda

    ResponderExcluir
  40. Despojar-se dos preconceitos e nutrir-se da compaixão, sentimento matriz da convivência pela esperança e por um mundo mais humano, faz toda diferença.
    Lindíssima declaração.Banha-nos em luz.

    Grata pela partilha, Verinha.
    Bjinhus,
    Calu

    ResponderExcluir
  41. Quem sou eu para julgar ou emitir opinião sobre tão admirável e significativo texto? Não sou nada!... Portanto, me resta elogiar a escolha do teu post. Foste brilhante, pois, em minha opinião, ninguém mais do que Chico Xavier teve a virtude Divina de nos passar orientações e conselhos sobre os mistérios da vida...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  42. Verinha, vim te deixar um beijo grandão e desejar um lindo restinho de semana!

    Nanda

    ResponderExcluir
  43. Chico Xavier, grandes lições nos deixou, em seus escritos e em seus exemplos.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  44. Por favor, me perdoe pela copia e cola.
    Mas hoje é por um motivo especial.
    Levar ao conhecimento de todos aos meus amigos o meu mais recente trabalho.
    Desde já agradeço o seu carinho, sua atenção e sua compressão.

    Vem ai Uma Menina Chamada Esperança!
    Em breve comunicarei o lançamento deste emocionante livro! Que ao voltar no tempo dos nossos antepassados, nos faz renascer para a chama da esperança, - olhar para o futuro e ver nossos sonhos realizados!
    Querida amiga, eu ficaria muito feliz se pudessem me ajudar a divulgar meu mais novo trabalho, o qual foi feito com muito carinho e dedicação para todos os leitores que gostam de viajar entre as palavras de um livro. É um livro juvenil, mas que com certeza vai tocar o coração de todos. Assim é o que eu desejo.
    Penso que estou pedindo um pouquinho demais, mas se for possível me ajudar também curtindo Esta postagem na minha pagina e a pagina deste livro no face eu lhe agradeço de todo o coração.
    Muito obrigada!

    https://www.facebook.com/UmaMeninaChamadaEsperanca?fref=nf



    Logo que tiver uma data precisa do lançamento do livro avisarei a todos.
    Conto com o apoio de cada um de vocês, para a Menina Esperança realizar o seu sonho!
    Desde já agradeço o seu apoio e amizade.
    O meu muito obrigado
    Que abençoe a abençoe hoje e sempre....
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  45. Um texto triste do nosso saudoso Chico Xavier, mas verdadeiro e de uma profundidade que chega a doer quando lembramos que é isto mesmo que deve pensar um nosso irmão desafortunado e tão só. Se tivéssemos a capacidade de sentir compaixão e no mesmo momento estender a mão e ajudar de alguma forma aquele ser tão abandonado, certamente o mundo seria um lugar melhor. Em geral a gente vê, sente, se apieda, mas continuamos rumo ao aconchego do nosso lar. E quando lemos algo assim, tão profundamente verdadeiro, sentimo-nos pequenos demais... E por mais que contribuamos com os órgãos que prestam assistência social, creches, asilos, os que estão ao nosso redor, mesmo assim, fica aquela sensação de impotência, de que pouco fazemos para o muito de necessidade que existe no mundo.
    Uma postagem tocante, minha amiga!
    Nas estrelas, sorrisos tristes,
    Helena

    ResponderExcluir
  46. Afinal, são palavras de Chico Xavier (na qual eu não sou muito fã) mas ... vez por outra, gosto de seus textos, como gostei desse.

    ELDRIDGE'S CREEK
    http://eldridgecreek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  47. Boa tarde Verinha!
    Como vc está? O calor continua por ai?

    Bom final de semana para vc <3

    Beijãoooo

    ResponderExcluir
  48. Tenha um ótimo fim de semana, Vera. bjs

    ResponderExcluir
  49. Uma bela mensagem minha amiga!
    A gente necessita de ler e de aprender coisas assim.

    Tenha um lindo final de semana!

    ResponderExcluir
  50. Chico Xavier, o eterno mensageiro do Bem. Do Bem, também, é divulgar tão reflexivas palavras. Obrigada, Verinha. Tenha um lindo e abençoado final de semana. Beijos!

    ResponderExcluir
  51. Olá, Vera, como vai? O texto é triste, mas ilustra a realidade de todo dia. As pessoas que andam nas ruas em condições precárias são sempre julgadas como malfeitores ou preguiçosos, mas cada um tem sua realidade, e em alguns casos são apenas reflexos de um momento de infortúnio. Não temos direito de julgar e condenar ninguém. Um abraço!

    ResponderExcluir
  52. Oi, bom tudo, Vera
    Eu vim aqui, nesta noite de sábado, lhe trazer um verso, para você, refletir conosco:
    I
    Lágrimas despejadas, amargas, em desobrigas de ir embora.
    E já não basta terços, rezas e patuás, que outrora consolava
    Em rodas de ritos, a cólera maldita, assobiante com o ebola
    Agride a terna Mãe África, desesperada, pelos filhos, chora.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  53. Texto comovente, real! Todo o dia passamos por vários deles. Não estão nessa situação porque querem, mas porque é só o que a sociedade lhes oferece. Muitos são doentes. Pelas ruas, mãos humilhadas se estendem; nos tocam e suplicam. Já conhecem o que é desprezo, o que é fome, o que é sede, o que é martírio. Conhecem um lado da vida que nós não conhecemos.
    Gosto de Chico Xavier, foi humano, verdadeiro.

    Beijos, Verinha.

    ResponderExcluir
  54. Boa tarde Vera, irmã de Marilene!
    Obrigada mais uma vez por sua visita!
    Este texto me deu um nó na garganta, é triste, comovente e realidade pura...
    bjocas!

    ResponderExcluir
  55. Isso me lembrou algo que vivi perto do Natal, num supermercado. Eu estava sentada esperando minha irmã, a cadeira do meu lado vazia, um homem em trajes assim, a causar asco e vontade de distância, entrou e ficou de cócoras no chão. E eu mostrei pra ele a cadeira vazia. E ele se espantou. Isso é triste. Um homem sem esperanças, o que é?
    Comovente texto.

    Beijo, Vera.

    ResponderExcluir
  56. Aos seres invisíveis uma alento, de quem um olho possa cair sobre ele e lhe resgatar a estima, a vida.
    Em Chico encontramos este olhar, esta renovação.
    Belíssimo texto Vera.
    Linda imagem do perfil.
    Abraços celeste amiga.
    Bju

    ResponderExcluir
  57. Eu amo Chico Xavier! O maior sábio de nossa geração.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...