Bloqueador de Selecao

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

FRANQUEZA OU GROSSERIA?

Elen Zelin art

Eu ouvi.
Ninguém me contou.
Escutei com esses ouvidos "que a terra há de comer" , como se dizia lá em Minas.
Escutei a madame ao meu lado dizer para a outra: "sua roupa está muito "feinha" para vir à Missa" , e depois ainda emendou "me desculpe mas eu sou muito franca".
O comentário nem foi assim tão maldoso, afinal que diferença faz o estilo da roupa que coloco para isso ou para aquilo.
O que realmente me preocupa é essa afirmação: "é porque eu sou muito franca" .
Facilmente as pessoas confundem grosseria com franqueza e por isso maltratam os outros  com palavras ditas "francas" .  
Aquele que diz tudo o que pensa extrapola o limite do razoável e se coloca numa posição intolerante.  
Nem todas as pessoas têm obrigação de ouvir aquilo que você acha que todos têm que ouvir. 
A tal franqueza é, muitas vezes, utilizada para disfarçar uma falta de educação.
Pessoas que agem grosseiramente e não querem admitir que são indelicadas justificam-se dizendo serem francas e falarem sempre a verdade. 
Há ainda aqueles que usam a pseudo-franqueza para humilhar os demais e utilizam essa desculpa para apontar um erro e menosprezar o outro em público. 
A tal franqueza é, também, utilizada para esconder uma falta de tato no relacionamento social.
Não quero dizer aqui, que não devamos falar sempre a verdade ou expor as nossas opiniões, mas nem toda verdade precisa ser dita em determinadas horas, e vamos ser sinceros, há lugares e momentos certos para se falar a verdade.
Se você realmente considera uma pessoa como amiga e por ela tem apreço e carinho, corrija-a em silêncio, com respeito, caridade e ternura.
Mas se for pra elogiar, que isso seja feito aos quatro ventos e diga pra todos as qualidades desta pessoa.
Isso sim é uma atitude digna e respeitosa e não se travestir de justiceiro e usar aquela pseudo-franqueza para diminuir e humilhar quem está ao seu lado.
Lembre-se que na nossa boca sempre soa melhor um elogio do que uma crítica ácida e maldosa .


Padre Juarez de Castro



97 comentários:

  1. Vera,
    Eu sempre digo que quem diz o que quer, escuta o que não quer. Parece-me que franqueza e falta de educação andam de mãos dadas e acabam confundindo quem é quem. Eu me pergunto pq é tão difícil fazer um elogio e facilmente se lança uma crítica desnecessária. Penso que se tem uma crítica que em nada seja construtiva, fique calada e abra a boca sempre para uma elogio, afinal esse faz um bem danado ao ego e a alma, O texto do padre é um texto de ensinamentos e deviamos refletir sempre sobre isso, e se por acaso não for capaz de elogiar sinceramente, fique também de bico fechado.
    Bjkas doces querida e uma semana maravilhosa pra vc,

    ResponderExcluir
  2. Pois o padre Juarez está certíssimo! Eu detesto esse papo de supersinceridade, oxente! É bem isso mesmo de falta de tato, grosseria disfarçada, e tal. Tem coisas que a pessoa não quer saber minha opinião, pra que devo impor?

    Gostei do texto.
    Boa semana.
    Beijo, Verinha.

    ResponderExcluir
  3. Por vezes as pessoas não são francas mas são maldizentes e gostam de rebaixar os outros.
    Deus não liga às nossas roupas mas ao nosso interior. Deus não suporta os sepulcros caiados. Bonitos por fora e podres no seu interior...

    ResponderExcluir
  4. Bom dia

    Concordo com o texto...e adorei ler.. Acho é uma boa reflexão...eu acho!!

    Beijos e uma boa semana
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu poste hoje não quer sair..

      http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/2013/10/teu-regresso.html#comment-form

      Excluir
  5. oi Verinha,

    eu não consigo entender essa justificativa,
    de falar o que se quer e se esconder atras da sinceridade...
    isso é descompostura,deselegância e grosseria mesmo...

    minha opinião é claro!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. LOVELY art...... it's a very nice post Vera.

    Beijos, Joop

    ResponderExcluir
  7. Jamais devemos esquecer a educação, o respeito, a prudência, ao emitirmos uma opinião. Afinal, há tantas maneiras de se dizer a mesma coisa, não é? Amiga de sorriso lindo, beijos pra você e tenha um dia profícuo!!!

    ResponderExcluir
  8. Se não pudermos elogiar, pelo menos saibamos nos calar...É melhor! beijos,tudo de bom,linda semana! chica

    ResponderExcluir
  9. La verdad a veces no nos gusta oírla, también es cierto que hay muchas forma de decir la verdad, decirlas siempre con respeto, no por eso deja de ser verdad. Un ABRAZO

    ResponderExcluir
  10. Olá amiga. Me desculpe a demora em vir ao seu blog, mas que corre corre viu?rsrsrsrsr. Vc também vei lá do Felisberto aquela fofura de pessoa, ele é lindo né? Fiquei muito feliz em te ver no meu blog e estou aqui no seu, admirando tudo. Sabe eu tb concordo que franqueza demais é grosseiria e eu passei por algo parecido, estava na missa com uma roupa vermelha e a coroinha, olhou para mim tentou disfarçar o riso e eu li nos lábios dela qdo falou com a outra; olha o corpo de bombeiros kkkkkkk, achei até graça, mas nunca mais puz a roupa kkkkkk...Eu sempre ensinei as minhas duas filhas que hoje também são mãe, se não tiver algo bom para falar, cale-se... E por falar nisso, seu blog é maravilhoso rsrsrsrs... Uma abençoada semana para você e sua família...Bjimmmmmmm

    ResponderExcluir
  11. Oi Verinha

    Eu adotei a regra, se o que eu for falar não vai edificar a vida de ninguém fico quieta.
    Afinal para apontar os defeitos dos outros vc precisa ser perfeita.

    bjokas e tenha um lindo dia =)

    ResponderExcluir
  12. Nossa que lindo! Grandes ensinamentos com essas palavras, hein? Realmente nem todos tem que ouvir o que queremos que ouçam!^^
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Vera, é verdade que franqueza nunca deve ser usada para machucar ninguém...no caso citado me pareceu excessiva, uma maldade "puxar o tapete da amiga". a não ser que lhe tenha sido perguntado: como estou?...aí eu compreendo que uma boa amiga diria a verdade do seu pensamento, para ver a amiga em sua melhor forma. Se não boca calada!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Vera Lucia!
    Eu já fui vítima de umas destas franquezas, mas a pessoa me pegou num dia que minha tireóide esta desatabilizada e eu estava a mil por hora.
    A pessoa me falou assim:"Nossa como você está enrugada, faz uma plástica". Eu respondi:"Ainda bem que tenho rugas na face, sinal que vivi e vivo bem a vida, mas vc tem rugas no coração."
    Claro depois me arrependi e a procurei e pedi desculpas, não sei se ela perdoou ou refletiu a grosseria dela, ela nunca mais falou comigo...coisas da vida
    Grande reflexão querida...bjs no coração.

    ResponderExcluir
  15. Esta franqueza, realmente machuca e deve ser evitada. Todos erramos e não devemos julgar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi Vera,
    A educação vem de berço, se não a tivermos seremos capazes de expor até nossa mães ao ridículo.
    Quanto mais você grita sua ousadia, menos respaldo terá das pessoas que sabem discernir quando uma pessoa foi criada com educação ou com libertinagem de palavras cruéis ao vento.
    Falar a verdade com educação é uma coisa, citar nomes na fogueira é falta de família. Assim eu penso, assim eu faço.
    Educação é a maior herança que recebemos dos pais, ela nunca morre, mas a sua falta e a petulância perdura todo o tempo denegrindo a sua própria pessoa.
    Obrigada pela visita
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Vera. primeiro que é sempre assim.. missas as pessoas vão mais pra secar agente de cima abaixo do que rezar.. as palavras tem um poder incrivel.. que elas sejam usadas para elevar as pessoas.. não para ridiculariza-las como muito se ve.. hj em dia as pessoas colocam uma beleza sem valor algum e vestes de brilho fosco em primeiro lugar.. dentro de pessoas assim.. podemos procurar que pouco vamos encontrar abração e um lindo dia

    ResponderExcluir
  18. Falta de educação disfarçada de franqueza como forma de rebaixar os outros, de beatas que se enfiam na missa , não para rezar mas para dissecar os outros de alto a baixo, como diz o Samuel, e muito bem.
    Ainda por cima em comentários sem conteúdo importante, meramente gratuitos e crus sobre a forma
    de vestir ; ou seja, futilidades mal intencionadas tal como as cabeças que as produzem.
    "Falta de chá" dizemos nós por aqui!
    Excelente post, Vera Lúcia!
    xx

    ResponderExcluir
  19. Bom dia Vera.
    Não acho que seja franqueza, ser fraca na minha opinião é responder se a pessoa por exemplo perguntar como estou,mesmo assim tem que ter bom senso,ao contrario,é maledicência,maldade e falta de educação.
    Gosto do velho ditado,só fale ao outros o que gostaria de ouvir rsrs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Esse Padre autor é realmente franco, e atirador também. (franco atirador). Risadas.
    É isso mesmo para os francos outro franco, caso venha ouvir de alguém essas afirmações eu retruco no mesmo tom, "olho por olho, dente por dente".
    Essa frase "A tal franqueza é, muitas vezes, utilizada para disfarçar uma falta de educação". já diz tudo. Muito bem compartilhada.
    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Creio que há muita diferença entre ser uma pessoa rude e indelicada e ser uma pessoa franca. Não dá pra sair por aí falando tudo que quer e pensa com essa desculpa de que isso seja uma virtude... acho que é o contrário... pessoas virtuosas sabem a hora de falar e a hora de calar e mesmo quando falam, falam de uma maneira que não ofenda nem humilhe ninguém.
    Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  22. Não d´pra diferenciar a falta de educação e franqueza , pois a franqueza deveria só ser dita
    por alguém que tem liberdade para isto ou seja que seja intimo do outrem.

    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Eu procuro usar de diplomacia sempre que possível. Melhorar calar do que abrir a boca "inutilmente".

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Olá!Boa noite
    Querida Vera
    Providencial mensagem do Padre Juarez
    ...erra-se por ser humano, falha-se por ser desatento. Agora,não consigo entender o por que de alimentar estes erros, promover este tipo de linchamento moral, em público...eu, realmente, detesto ser chamado à atenção, em público, ( e que faltem com respeito à mim, em público)por mais verdadeira e sincera que a pessoa seja... nem usando o escudo da pseudo máscara da franqueza( no texto)... mas creio que não cabe denegrir a imagem do outro ou diminuir sua auto-estima em nenhuma hipótese.Por vezes, dá se a impressão que somos arrogantes e não humildes por não ouvi-las, e aqui, não se trata do que foi abordado e sim, a forma da abordagem ...se for pessoalmente, chama para uma conversinha na hora do cafezinho, se for aqui na blogosfera, existem offs, emails, chats, celular...etc e benza deus.Mero protagonismo e falta de senso público e diplomacia! Todos temos que ser responsáveis, saber de nossos direitos e obrigação, afinal, como dito,ninguém é melhor do que ninguém...porém,somos diferentes,e que se não compreender o outro em sua particularidade, que pelo menos respeite , reconheça e seja mais receptivos às diferenças, pois cada pessoa continua sendo quem é e pensando ao seu jeito...
    Agradeço pelo carinho
    Bela semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Concordo plenamente com o texto.Não temos que falar tudo o que pensamos, mas sim o que devemos falar: na hora certa e da maneira correta.Bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá, Vera. Como é importante o falar! Saber como falar, com respeito e dignidade em relação ao outro. Ter cuidado e bom senso sempre. Obrigada pela partilha! Sábio reflexcivo o texto. Bjossssssssssssss flor! òtimos dias.

    ResponderExcluir
  27. hehehe, seu amigo aqui,está meio afetado pelo horário de verão,fiquei lendo e relendo a postagem e meu comentário...me deu uma impressão que saí do texto...sei lá!Deixa assim mesmo, hehehe
    apesar que, com certeza, " na nossa boca sempre soa melhor um elogio do que uma crítica ácida e maldosa ", pois além do mais o elogio funciona porque encontra na
    outra pessoa uma espécie de dispo­sição para ser agradada, que, por sua
    vez, produz um desejo de retribuir, a chamada
    "reciprocidade social".
    Beijos témais...fui

    ResponderExcluir
  28. que falta faz o equilíbrio no convívio social hein...
    abraços!

    ResponderExcluir
  29. Ola minha linda Vera, como estas!
    Perfeito, mais um texto fabuloso... com a mascara da verdade se fazem muchas maldades, nao?
    concerteza a mais pura das verdades se pode decir com um sorriso amavel.
    Bien, assim va o mundo jaja Beijos, um gosto passar otra vez por seu cantinho.

    ResponderExcluir
  30. Concordo ple-na-men-te! Grosseria é uma coisa, franqueza é outra. Franqueza podemos e devemos usar é quando nos pedem uma opinião, e mesmo assim, de forma discreta, em particular, não expondo o outro. Qualquer outra forma é grosseria. Parabéns pelo texto postado. Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Vera,boa noite!
    Sensacional esse texto do Pe. Juarez.
    Quem diz o que pensa,inevitavelmente sempre vai extrapolar...
    E o problema maior,nem é o que se diz,mas a maneira que se diz;
    tem gente que é especialista em grosseria.
    E como bem lembrou o padre:
    'na nossa boca sempre soa melhor um elogio do que uma crítica ácida e maldosa.'
    Bjs!

    ResponderExcluir
  32. Perfeito esse texto, Vera! Há de fato quem confunde sinceridade com falta de educação e sai falando tudo o que pensa num verdadeiro desrespeito e exposição ao próximo! Há críticas e críticas. E as de má intenção certamente destroi uma pessoa! Como diz a minha mãe: "Quem diz o que quer e sincera em demasia cairia-lhes muito bem um tantinho de óleo de peroba e uma boa flanela!" Mas nao é que ela tem razão!?rs

    Beijos e uma linda semana pra você, amiga!

    ResponderExcluir
  33. Perfeito Vera o texto do Padre Juarez. Muito bem selecionado. O excesso de franqueza muitas vezes machuca as pessoas, fora o que foi citado no texto.
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  34. Exatamente. Franqueza não pode ser sinônimo de estupidez. Claro, falar a verdade é sempre o ideal, mas é normal nós mentirmos algumas vezes pois só assim se vive em sociedade. E isso nem significa ser falso e sim ser educado. Bjs e boa semana, Vera!

    ResponderExcluir
  35. Olá!
    Querida Vera
    ,,,reunião de condomínio,ninguém merece!hehehe!
    Sim, é verdade,sou perfeccionista, mas "eu me c divirto nos comentários"!É que tenho uma leitura,digamos, dinâmica, e geralmente,a minha percepção/contexto sobre o que li é rápida, e quando isso não ocorre, fico "encafifado", pensando que não li algo , por isso, hehehe tendeu?
    Belo dia de terça feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Vera, é bem por aí... as pessoas usam a franqueza para disfarçar a má educação.
    Excelente postagem,
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  37. Concordo que dependendo do quanto íntima seja a amizade, muitas vezes se torna necessário uma dica, um conselho, mas não desta forma crítica, grosseira em nome da franqueza.
    Muito bom texto Vera.
    Você arrasa nas suas escolhas.
    Abração.

    ResponderExcluir
  38. Dizer a verdade quando ela é necessária e oportuna difere muito de se fazer comentários indelicados para as pessoas. Aliás, creio que, se a verdade vai machucar, há formas e formas de abordá-la sem ferir os sentimentos de terceiros. Franqueza não combina com falta de educação e desrespeito. E o que pensamos nem sempre interessa aos demais. Palavras elogiosas incentivam. Estas sim, podem ser distribuídas sem economia. Bjs.

    ResponderExcluir
  39. Êita,tema complicado sô...????

    Existem pessoas horríveis que se acham reis ou rainhas da cocada preta e tudo o que difere de seu modo de ser ,é errado
    Sobrevivem especulando a vida alheia procurando um motivo para destilarem seus venenos
    Verdades dependem do ponto de vista de quem fala e de quem ouve,caso contrário,torna-se em maldades,críticas destruitivas que podem levar a graves feridas na alma ,sem curas...

    Os pais ou mães da verdade padecem ,consequentemente lançam nas costas do cramunhão ou nas macumbas da vida ,a culpa do isolamento e esquecimento.Desconhecem que é da natureza do homem ao sentir o coração sangrando, a permissão de pensarmos o que bem quisermos,traçarmos mentalmente os planos mais diabólicos, o pensamento está sob nosso poder em plêno controle para a abortagem ou execuçao,só não podemos externá-los,ao falar também ouvimos e o cérebro tudo registra como provas contra a pessoa,tudo o que for lançado,retorna como boas recompensas ou severas punições


    Aqui no meu bairro tudo sei através dos meus pombos correios:ainda vive uma praga de uma radialista,beata,língua de bicheira,que utilizava de sua extrema franqueza e esperava os pais ,cobrando-lhes que metessem o relho nas cacundas dos filhos,principalmente das filhas, ao saber de uma solteira grávida.
    Num belo amanhecer,acordei com um bagunção da peste, uma imensa festa e toda a comunidade se encontrava à sua porta ,uníssonos ,despejavam na cara da maldita,as suas verdades,ao descobrirem que sua única filha bem moçoila e púdica enontrava-se prenha.Uma branquela lânguida ,muito das horrorosas ,uns dez tantão a mais que eu.Cobria-se sempre com um bitelão de um vestido até o chão,este sim,foi molecagem e obra do corajoso satanás que gorou o ovo.
    Hoje,vendou os olhos e colocou um cadeado na boca,feliz,cuida do netinho...

    Outro exemplo das minhas observâncias se deu com meu vizinho de frente,amigo de longa data ,colocando-me numa guerra que não era minha.Família composta por 3 filhos, opulenta ,exemplar, que maldizia todos com suas franquezas convertidas em grosserias
    Até o filho mais velho,um Zé Dend'água escapar de suas asas e cair no submundo ,e uma ordem foi dada: executarem na véspera do natal toda a família,inclusive a bebêzinha de seis meses
    Sozinho por causa daquele peste, sobre as costas,igual um burro de carroça ,carreguei toda a mudança conduzida por um carreteiro que não sabia da verdade ao destino até então por mim desconhecido ...esta é uma história muito triste!!!
    Por aqui ficarei por hoje,detesto fofocas sobre as verdades alheias-hehehehehehe-não sofro dos distúrbios ilusórios da perfeição

    Franqueza ou grosseria? As duas contém muitas ambiguidades.Somente quando me dão oportunidades e me pedem,submeto a pessoa no ponto de fuga de uma suposta estrada e traço linhas imaginárias ,criando os dois únicos caminhos que nos levam a escolher a nossa'' verdade'.
    Interfiro apenas nos extremos, invadirei a vida alheiaq uando a franqueza tornar-se mais importante
    que a liberdade de ser do outro,não posso matar ninguém,por roubar-lhe o direito de conhecer verdade...omissão é passível de altas penas na eternidade-insofismável!!!

    Elogios? Não os desperdiço deliberamente sobre a propalação dos ventos ,alguns tem problemas em processá-lo e inflam o ego doentio
    Sinhá Vera é muito das sabidas e nos coloca uma questão do cotidiano para uma profunda reflexão-que a poderosa Sírius nos proteja e que a gande Canopus clareie a nossa razão
    Ufaaaa...hoje me superei
    Sumirei da net,vez ou outra aparecerei para abraçar os magnânimos amigos que por aqui fiz e muito estimados por este humilde servo que no momento se despede num até breve
    Abraços fortes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH! Que pena! Reapareceu e já vai desaparecer?
      Gosto muito de seus comentários e colocações sobre os temas propostos.
      Hoje você me fez rir com as suas 'fofoquices'-rsrs.
      Seu posicionamento a respeito da matéria é muito lúcido e pertinente.
      Obrigada pela presença sempre bem vinda!
      Até breve... e que seja mesmo breve.

      Grande abraço.

      Excluir
  40. Olá, Vera Lúcia.
    Ótimo texto; creio que, infelizmente, muitas pessoas usam a pseudo modéstia como uma desculpa para ofenderem gratuitamente as demais.
    Creio que, se sabemos que aquilo que dissermos irá machucar a outra de algum modo, o melhor a fazer é ficarmos em silêncio.
    Abraço, Vera Lúcia.

    ResponderExcluir
  41. Oi, Vera! Se eu não posso elogiar, fico calada. E sou sempre sincera quando elogio. Por falar nisso, as imagens que vc escolhe são sempre encantadoras!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  42. Palabras,con la palabra,intenta convencer,con estas misma palabras i9ntentan llegar a lo más profundo de la persona para cautivarla,el mejor antiddopo és la cultura,y esta cultura solo la podemos encontrar en los libros

    ResponderExcluir
  43. Sempre bom ler seus comentários no meu canto. Andei sumida, mas espero está mais presente.
    Uma ótima quarta para você!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  44. Oi, Vera! E como há pessoas dispostas a despejar suas sinceridades para rebaixar o outro, não? O pior é quando vemos esse tipo de atitude partindo de pessoas que deveriam dar apoio, como pais, maridos ou esposas...
    Já o elogio é recebido até com reservas. As pessoas não estão acostumadas com elogios ou sempre acabam associando-o com interesse. Ótimo texto!
    UM abraço!

    ResponderExcluir
  45. A carapuça serviu direitinho em mim!
    Vivo me policiando pra não ser super sincera, pq teimo em querer consertar o mundo. Ô coisa feia!

    Valeu a dica, Verinha.

    bjs

    ResponderExcluir
  46. Ola querida Vera,como sempre teus textos são muito bem escolhidos e muito bem debatidos nos comentários.O de hoje foi admirável.Desejando uma ótima semana ,deixo meu maior abraço.SU

    ResponderExcluir
  47. Oi, querida Vera!

    Não dá para confundir, não.

    Passando porque tinha saudades, e também para lhe desejar uma linda e calorosa quarta-feira.

    Aqui o tempo tem estado péssimo, chuvoso.

    Beijos carinhosos da Luz.

    ResponderExcluir
  48. E além de tudo, geralmente, essas pessoas "francas", dizem coisas que não interessa a ninguém...

    bjos

    ResponderExcluir
  49. Bom dia, Vera. Com certeza eu sou sincera e falo o que penso, só não o faço quando é algo que de modo algum é para ser dito, mas não sou grosseira e nem humilho ninguém, uma vez que discordo plenamente com esse tipo de atitude, que certamente voltará para quem pratica a ação.
    Nem sempre temos a facilidade de falar tudo com a calma devida, achamos que queremos o bem da pessoa e que essa precisa enxergar a qualquer custo.
    Penso que a sinceridade é uma virtude, mas que em certas situações, aparenta ser algo muito delicado.
    Não gosto de mentiras.
    Quanto ao elogiar, sempre procuro fazer isso de coração aberto, as pessoas merecem todo o reconhecimento por suas ações boas, ou pelo que de bom elas são.
    Tenha um dia de paz!
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  50. Deambulei por aqui.
    E, desejo felicidades.

    Manuel

    ResponderExcluir
  51. Com toda certeza grosseria é falta de educação e simancol...
    Quantas vezes já presenciei situações assim, é tão triste.
    Passei por um período na minha vida de muita depressão, onde não tinha vontade de me arrumar, de sair de casa... e uma pessoa fez isso comigo. Ao invés de me colocar para cima, fiquei ainda mais triste do que já estava...
    Mensagem mais linda, verdadeira, honesta que devemos colocar em prática todos os dias!!

    Vera vc é uma pessoa muita abençoada. Posso sentir!!

    Ando sumida pq estou doente Vera, ontem passei a tarde inteira no hospital... Muito obrigada por não esquecer de mim!!

    Beijo grande e um abraço apertado!

    Nanda

    ResponderExcluir
  52. Se é pra falar mal é melhor ficar calado, se for pra falar algo que acrescente a vida da pessoa é até aceitável, ser sincera é uma coisa mais ofender é outra, Vera passando pra desejar uma ótima quarta-feira beijos.

    ResponderExcluir
  53. Há pessoas que não têm bom senso... E há pessoas que gostam muito de rebaixar outras
    pessoas... É uma tristeza que existam, mas existem.
    Um bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  54. Adorei este texto! Acredito que em tudo devemos ter equilíbrio e bom senso. Conheço muitas pessoas que se dizem "francas", e simplesmente falam o que lhes vêm na cabeça, não se importando com os sentimentos alheios. Sinceramente, acho que isso é uma falta de respeito e de consideração pelo próximo! Prefiro guardar meus pensamentos só pra mim, do que ser inconveniente e magoar as pessoas, muitas vezes causando marcas profundas e irreversíveis nos corações de pessoas que amamos!!

    Tenha uma tarde iluminada, querida Vera!!
    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
  55. OI VERA LUCIA!
    PARA MIM É FALTA DE EDUCAÇÃO, POIS NINGUÉM TEM O DIREITO DE SER TÃO "FRANCO" AO PONTO DE COLOCAR O OUTRO EM SITUAÇÃO HUMILHANTE.
    JÁ VI ISSO TAMBÉM, PESSOAS MALDOSAS SE ESCONDEREM ATRÁS DA "PSEUDO/FRANQUESA" .
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  56. Depois de um longo período de afastamento
    retorno devagar e com o coração ceio de saudades.
    Quando deparamos com problemas inadiáveis nos
    sentimos um pouco frágil somente pela fé
    muitas vezes continuamos prosseguindo .
    Aos poucos se Deus quiser
    e com certeza ele vai querer
    tudo se resolve e assim poderei
    continuar minhas visitas com menos espaço de tempo.
    Obrigada pela sua amizade que só me faz fortalecer
    em minha caminhada.
    Um abraço carinhoso beijos , Evanir.
    Gostei do texto minha amiga as vezes é melhor calar do
    que não saber colocar as palavras corretas.
    A tal franqueza demais pode ter um preço depois concordo com a amiga Zilane é falta de educação
    existe coisas que magoam demais principalmente humilhação .
    Ao longo da minha existência além do bule que já sofri e depois da idade que estou
    estou sofrendo bule e não estou aguentando mais .
    Com certeza amiga franqueza demais também tem muitos outros adjetivos .
    Me desculpa mais não teve como não comentar o texto do padre.
    Beijos com o carinho que sempre tive por você, Evanir.

    ResponderExcluir
  57. Há a critica construtiva e a outra, que não é mais que pura maldade.
    Frequentemente se encontram pessoas que as confundem, infelizmente.
    Gostei de passear por aqui.
    Deixo um abraço.
    Sónia

    ResponderExcluir
  58. Oi Vera,
    Eu sou muito 'transparente' eu tudo.
    Mas temos que ter o bom senso e sempre o respeito de saber falar, e quando falar.
    Aliás, o que nos cabe falar!
    Sinceridade excessiva pode magoar se não for bem entendida e se tornar falta de educação mesmo.
    bjs
    ótimo dia!

    ResponderExcluir
  59. A critica franca e amiga é dita em particular, ou é grosseria. O elogio sincero é dito em público ou é interesseiro.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  60. Minha querida amiga e Poetisa Verinha !!!

    Perdoe-me a longa ausência, mas tenho estado
    Com pouco tempo e um sem números de amigos
    Para visitar. Estou tentando equacionar isso, mas
    Não a esqueço.
    O Texto é bem interessante e mostra um lado negativo
    das pessoas que ferem a outra em nome da franqueza.
    Passando para deixar o meu abraço e carinho.
    Desejo-te um lindo dia e uma quinta-feira
    Maravilhosa, com muita luz e amor em seu coração.
    Beijos de luz !

    POETA CIGANO – 24/10/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  61. É Vdd muitos por se dizerem francos se tornam pessoas não gratas, acredito que temos que ter sempre bom senso e equilibro, não gosto de pessoas grossas e sem noção.

    ResponderExcluir
  62. Oi Vera.
    Em primeiro lugar, obrigado pelo comentário e seguir o Histórias, estórias e outras polêmicas

    Eu sou a favor da sinceridade sempre, mas quando a intimidade nos permite e em lugares apropriados.
    Não acho que a "madame" ali em cima foi sincera, ela foi felina mesmo.
    Não podemos dizer simplesmente para alguém que a roupa dela é feia sem que nossa opinião seja solicitada. Afinal, para esta pessoa a roupa pode ser linda e a nossa horrível.
    Abraço;

    ResponderExcluir
  63. Vera, gostei tanto desse texto, pois tenho visto muita gente franca, porém odiada. Acho bom a verdade, mas há muitas formas para ser dita sem ferir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  64. Olá Vera!
    Amiga este conto está deslumbrante, no próprio texto. A verdade cabe ter bom senso, porém cada caso é diferente, pois a verdade pode ser dolorida, mas na minha opinião, não existe amor, amizade, se a mesma não for verdadeira. E tem um ditado que diz: Prefiro uma dura verdade, do que uma doce mentira. Bom, cada um com sua opinião. Eu prefiro a verdade, mesmo que seja dolorida, pois isso é uma aprendizado da vida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  65. Passando para te desejar uma ótima sexta!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  66. As vezes a verdade deve ficar oculta pois, dependendo do momento torna-se desapropriada, afinal nem sempre toda hora é hora para falarmos o que nos vem à cabeça.
    Um bom texto perfeito à muitas pessoas que se dizem francas demais.
    Um beijo grande e ótima sexta.

    ResponderExcluir
  67. Verinha querida, tudo bem?
    É uma questão muito interessante esta que a mensagem propiciou:
    penso que a franqueza não tenha a ver com má educação.
    Ser franco é ser sincero, mas tudo, exatamente tudo tem uma forma gentil de ser conduzida. Podemos dizer exatamente tudo o que quisermos, mas sutilmente, delicadamente, o que não significa que também não trará transtorno a exposição dos pensamentos, pois as pessoas, em geral, não estão preparadas para ouvir nada além de elogios e apreços. Infelizmente.

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  68. Olá!Bom dia
    Querida Vera
    Passando para te desejar um belo final de semana!Paz e luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  69. Oi Verinha
    bom dia
    Concordo com o texto_ é correto ser verdadeiro e expressar o que sentimos isso se esse sentir for motivo de construção de algo e nao simplesmente um estilo de viver.
    O que deveria falar a respeito da roupa da minha amiga ir a missa , sem que ela me peça opinião.
    É grosseria .
    Um texto que ajuda repensar o comportamento.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  70. Olá amada!! é verdade as vezes é melhor o silêncio do que magoar as pessoas, e é muito bom ser gentil em tudo, assim conquistamos amizades e não inimizades quem é grossa geralmente tem, ficam solitária ou solitários!!!!amei seu blog muito caprichado!!
    Estava visitando blogs e vim conhecer seu cantinho...Parabéns pelo espaço e muito sucesso no seu blog...Te seguindo!


    Se puder seguir de volta!! ficarei muito feliz por te ter em meu cantinho também!!
    http://francimake.blogspot.com.br/

    https://www.facebook.com/franci.makeup86
    lindo final de semana!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  71. Na vida é melhor criar laços e ser agradável do que desagradável amei o tema agora vou ^_^
    bjos

    ResponderExcluir
  72. Vim desejar um bom fim de semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  73. Olá, boa tarde.

    Ufa ! Hoje é sexta feira, logo chego aqui com o meu sentimento de Amizade.
    Meus desejos de alegria, antes de tudo. Que o fim de semana seja um Templo de Sabedoria. De Paz. Que as energias concentrem-se todas, e que possamos na Segunda Feira, brindarmos com um sorriso, o Dom da Vida.
    Um abraço abraçado.

    ResponderExcluir
  74. Boa tarde Vera. Como vc está?
    Os médicos ainda não sabem o que tenho... semana que vem tenho consulta marcada!
    Muito, muito obrigada. Gosto muito, muito de vc!

    Beijo grande e um finde maravilhoso para vc!

    Nanda

    ResponderExcluir
  75. Oi, querida.
    Um tema que adoro revisitar. Pra não me esquecer rss.
    Beijão, Verinha.
    Em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  76. Vera

    Linda postarem. Acho que muitas vezes o silêncio fala mais do que as palavras. A franqueza nem sempre é entendida pelas pessoas que nos cercam. Embora não te conheça pessoalmente quero dizer o que acho de você: Uma pessoa maravilhoooosaaaaaa. Bjs.

    ResponderExcluir
  77. Olá!Boa noite
    Querida Vera
    puxa, que chato,mas estimo as melhoras ao teu cunhado... Que tudo corra pelo melhor e será! Deus abençoe a família!
    Sim, minha família também é assim, Graças a Deus, sempre juntos ( nos pensamentos, afinal estamos separados pelas estradas e oceanos) na boa e na ruim.
    Agradeço pelo carinho!
    Final de semana, paz e muita luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  78. Vera, seja mto bem vinda ao Meu Doce Lar, viu!
    Amei receber sua visita e a convido a sempre aparecer para um chazinho, tá?
    Seu blog é um baú de tesouros em forma de textos lindos, hien?
    Como não se apaixonar??? Já virei fã!
    Sabe, penso que existe uma linha mto tênue entre a franqueza e a grosseria. Mas não pq elas sejam vizinhas. Não creio que existe nenhuma compatibilidade entre elas, absolutamente!
    Mas essa linha tênue se dá pelo simples fato de as pessoas mtas vezes se confundirem entre uma e outra, não é msm?
    Acho que respeito e bom senso é tudo!!!
    Podemos (e devemos!) ser francos, mas com delicadeza. Sempre.
    Lindo texto!!!

    Deus abençoe!
    Bjs!!!
    Karin Filgueira
    BLOG: - Meu Doce Lar

    ResponderExcluir
  79. Bom dia!!!
    Esse texto é lindo Verinha, concordo com ele quantas vezes as pessoas machucam sim dizendo ser francas..mas não percebe a diferença, gostei muitas vezes ser franca não é ser educada
    Abraços sempre com carinho

    Bjussss

    . (.") .
    . /█\..└──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  80. Olá amiga Vera, incrível como a palavra tem poder de destruir ou construir. E como devemos refletir antes do falar, conforme nos exemplificou o Mestre Nazareno: "importante não é só o que entra na boca do homem, mas principalmente o que sai", de nada adianta não comer determinados alimentos, e não perdoar, não praticar a caridade, não ser paciente, não ser tolerante...
    Grande abraço, saúde e paz interior.

    ResponderExcluir
  81. Concordo e subscrevo.
    Vera Lúcia, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  82. Nossa são atitudes que realmente se confundem né?!
    Eu gosto de pessoas francas. Gosto sempre de saber a verdade, mesmo que não seja o que eu quero ouvir, mas tudo tem um jeito de falar. As pessoas precisam encontrar a maneira certa. O tempero exato, porque machuca ouvir certas "verdades"!

    Beijão

    ResponderExcluir
  83. Corretíssimo! Falta de educação pura esse comentário do vestido. Mesmo porque, ninguém perguntou a ela. As pessoas emitem opiniões sem serem questionadas e ainda por cima se acham no direito de ferirem o outros sob o disfarce da franqueza? Ora faça-me o favor!!!
    Você já leu Polyana? A garota deu uma bela lição de humildade na tia que achava que podia dizer e fazer o que bem quisesse...Tem gente que precisa de uma boa terapia pra se enxergar direito!

    Um lindo final de tarde de domingo!
    Bjusssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  84. Sem tirar nem pôr, concordo plenamente com o texto.
    Digo mais, a falta de bom senso é o q impera em algumas pessoas hj em dia. Infelizmente.
    Ótima semana.
    Bjo

    ResponderExcluir
  85. O texto está em conformidade com a nossa visão da educação e reflexão das palavras que são lançadas como flechas impregnadas de Curare.
    Lá em Minas um dia ouvi uma prima dizer: "deixei de ser branca, para ser franca" mas tarde pude notar
    que a mesma era ácida, mal educada.
    Um bom texto de sua escolha para provocar uma reflexão sem dor pelo amor e delicadeza.

    Meu abraço mineiro de flor.
    Linda semana amiga.

    ResponderExcluir
  86. Olá, querida amiga Vera
    Isso de 'me desculpe' é um tremendo disfarce pra certas pessoas exibirem, fingidamente, um temperamento arvorador de juiz dos demais...
    Tomara não fiquemos assim nunca!!!
    Ótimo post!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  87. Wonderful pictures of women. You have amazing eyes for wonderful things :-)

    ResponderExcluir
  88. Bah! Concordo PLENAMENTE!!!!!
    Muitos confundem franqueza/sinceridade com maldade e falta de educação!
    Terrível!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  89. Vera
    Concordo com o seu texto. Tudo tem a forma correta de dizer. E conhecer os verdadeiros sentimentos da pessoa com relação a nós faz a diferença.
    Linda postagem.
    Bjs.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...