Bloqueador de Selecao

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

HUMANIDADE.



                              PENSEI EM PENHORAR AS DORES
                        MAS PARA NINGUÉM TINHAM VALOR
                        EM TROCA ME OFERECERAM OUTRAS
                        E PROMESSAS DE CALOR
                        DEIXADAS NAS MÃOS DO VENTO
                        A CARGO DO SIMPLES TEMPO
                        E SEM NENHUM OUTRO ALENTO


                        PENSEI EM PEDIR UM LENÇO
                        PARA AS LÁGRIMAS SECAR
                        MAS VI ROSTOS SORRIDENTES
                        MUITOS PASSOS, MUITA PRESSA,
                        E NÃO QUIS INCOMODAR




                        PENSEI QUE HAVIA MENSAGENS
                        NO MEU OLHAR
                        CAPAZES DE CARINHOS SUSCITAR
                        MAS JÁ NINGUÉM LÊ NOS OLHOS
                        O QUE DESEJAMOS MOSTRAR
                        A INQUIETUDE É PESSOAL,
                        NINGUÉM A QUER COMPARTILHAR


                        COLOQUEI ÓCULOS ESCUROS
                        (SEM NECESSIDADE)
                        E CAMINHEI PELAS RUAS
                        (SEM SER VISTA)
                        ERETA E FIRME, PASSANDO A ILUSÃO
                        DE QUE ERA, TÃO SOMENTE,
                        MAIS UM INVISÍVEL SER
                        COMO OS OUTROS QUE ALI TRANSITAVAM
                        E QUE NÃO DEMONSTRAVAM
                        POSSUIR UM CORAÇÃO.


                                      * * * * * * * * * *  


             ESTE   BELO  POEMA  É   DA  AUTORIA  DA   MINHA    IRMÃ,
             MARILENE DUARTE,   UMA  POETISA   MUITO  TALENTOSA,
             QUE POSSUI MUITA SENSIBILIDADE E MUITA HABILIDADE
             COM AS PALAVRAS.


             ELA POSSUI DOIS BLOGS:
             MOMENTOS FRAGMENTADOS : PROSA E VERSO:
             http://umcanto-recantodaalma.blogspot.com/


             VISÃO FEMININA : CRÔNICAS, CASOS E ACASOS:
             http://diário-feminino.blogspot.com


             VALE A PENAS CONFERIR!


             Imagens: Criações do Chris : sweetmelody87.blogspot.com/

44 comentários:

  1. Olá amada!!!
    Belo poema!!!
    Bjokas no core!!
    soninha!

    ResponderExcluir
  2. Belo poema Vera!! Valeu pela dica do blog de sua irmã. Vou passar lá pra conferir.
    jorge-menteaberta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. O poema, é mesmo lindo, Vera Lúcia.
    Que bom saber que você é irmã da Marilene.
    Já sigo Momentos Fragmentados há algum tempo.

    Um beijo,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  4. Vera..me desculpe a ausência..estava viajando para Africa agora ja cheuei e ja estou trabalhando e passando para te deixar um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Olá Verinha

    Uma família de artistas..

    BJ00000000................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  6. Belo poema... profundamente filosófico! Parabéns à poetisa!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. Gostei da sua dica (kkkkk). Vou passar lá para conhecer!
    Adorei ver um dos meus poemas aqui. Só você, mesmo!
    OBRIGADA !!!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Vera!
    Que postagem linda e a Marilene merece esse mimo, pois realmente tem talento e é uma tecelã de versos. Eu adoro0o0o0o0o0o0o0o!
    E você sempre carinhosa com todos. Duas lindas irmãs.
    Beijokas doces!
    PS: vou dar uma viajadinha pra espairecer, mas vou tentar nao sumir.

    ResponderExcluir
  9. Vera, vale muito a pena!! Adoro o cantinho da sua irmã, ELA TEM UM TALENTO MARAVILHOSO!

    Beijinhos!!
    Muita Luz!!

    ResponderExcluir
  10. Um poema musical bem conseguido. Qualquer um de nós poderia escrevê-lo pois todos passamos por estes momentos de dor e ilusão.
    Apenas alguns conseguem dar forma e dobrar as palavras transformando-as em lenços que secam as lágrimas e tornam as dores mais leves com as carícias do tempo.

    ResponderExcluir
  11. Olá Vera , Bom Dia!
    Vim cedinho agradecer a por pelas palavras gentis e por ter aceitado meu pedido de amizade! =D
    Aproveitei e apreciei este belo poema, vc e sua irmã estão de parabéns, por este talento familiar!^^

    Abraço amigável de Aline Santos, autora do blog Epífises de uma Pérola'

    Até breve nova amiga! ☺

    ResponderExcluir
  12. Bom dia,Vera!!!

    No primeiro verso, já reconheci a autora!!!!A Marilene é um poetisa talentosa, e que escreve divinamente sobre todos os assuntos!
    Esta poesia, com forte senso social, nos instiga a refletir.A maioria tem andado tão apressada, esquecem de olhar em volta, de estender a mão, sem se importar com os outros!
    Uma poesia belíssima que faz uma apelo a alma!beijos querida!!!
    Adoro vocês duas!!!!!

    ResponderExcluir
  13. ¡Que bonito escribes amiga!
    deseo tengas feliz semana.
    saludos.

    ResponderExcluir
  14. Um belo poema,,,,muitas vezes o ser humano é assim mesmo, por medos, falta de tempo, ou um motivo qualquer, se inibe, omite sentimentos, e deixa a vida seguir seu curso sem aproveitar momentos de convivencia....beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  15. Vera,
    quanta sensibilidade nos versos.
    Uma bela poesia escrita por sua irmã!

    Uma excelente quarta-feira!

    Beijinhos :*
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  16. O humano tem dessas: esconder os seus sentimentos em lugar de deixá-los fluir. Bela poesia. vou conferir o blog.
    Abração.

    ResponderExcluir
  17. Marilene descreve a realidade nesses bonitos versos. Um beijo, Vera Lúcia!

    ResponderExcluir
  18. ÓLA MINHA DOCE AMIGA VERA LUCIA CERTAMENTE DEPOIS DESTE LINDO POEMA VOU CONFERIR OS BLOGS DA TUA MANA,ADOREI O POEMA PARABENS UM GRANDE ABRAÇO COM CARINHO MARLENE

    ResponderExcluir
  19. Lindo esse texto! (como todos vindo dela)
    A Marilene é excelente poetisa!
    ...humana e cheia de talentos!
    Deveria ter um livro...merece! quem sabe será breve?!
    Beijos kerida e parabéns pela família linda que tem,
    muito bom ter voces aqui compartilhando coisas boas!:)
    Bom restim de semana de paz e muitas alegrias pra voce!

    ResponderExcluir
  20. ...olá! Bom dia! Obrigado, mais, uma vez, pelo seu comentário carinhoso e gentil!
    Bem! Deve ser "dom familiar"! Ambas, conseguem transmitir em escritos, a suavidade e a clareza no "versejar", muitas vezes, sobre uma realidade "dura"!
    Boa quarta!
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  21. SABIA QUE ENQUANTO EU LIA TUAS LINHAS EU LEMBREI DA MARILENE,RSRS, EU NÃO SABIA QUE VCS SÃO IRMÃS QUE LEGAL ! ABRAÇO AMIGA, ESTOU VOLTANDO E ESTE ANO VOU TENTAR ESTA MAIS PRESENTE POR AQUI!!!! AS VEZES TEMOS UMA MENSAGEM EM NOSSO OLHAR E REALMENTE NOS FRUSTRAMOS POIS SÃO POUCOS OS QUE SABEM INTERPRETAR. DEUS ABENÇOE DIANA

    ResponderExcluir
  22. Oi Verinha...
    Magníficos versos da Marilene, uma poetisa cheia de talento, com toda certeza...
    Infelizmente quase sempre somos apenas mais um que vaga pelo caminho, sozinhos e mesmo passando numa multidão,muitas vezes parecemos invisíveis.
    É triste isso, mas acontece muito.
    Penso que tem que mudar, haver mais empatia, mais amizade e amor pelo mundo, para que efetivamente possa se transformar num novo mundo.
    Beijinhos e doce tarde pra vocês duas, minhas queridas...
    Valéria

    ResponderExcluir
  23. Uau! Essa poetisa é mesmo porreta de boa! ;)

    Lindo demais esse poema da sua mana Verita, hoje em dia as pessoas já não estão tão preocupadas em olhar pra ninguém, por isso tantas vezes nos sentimos invisíveis no meio de tanta gente.

    beijocas na bochecha!!!

    ResponderExcluir
  24. Oi Vera,
    Vc é irmã da Marilene?!? Estou sempre nos blogs dela! Ela é ótima!
    Beijos 1000 e um meio de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  25. Um Poema muito bonito! Parabens à Poetisa!

    ResponderExcluir
  26. Não resisti e voltei aqui, para agradecer as palavras gentis com as quais se referiram a mim. Nesse nosso mundo virtual há muito companheirismo, muita doação, muito sentimento. Aqui criamos vínculos que nossos corações não separam dos que estão no mundo real. Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  27. Muito bonito Vera, certamente irei conferir os blogs, e desde já parabéns a ela pelo talento! abçs

    ResponderExcluir
  28. Vera

    Realmente, a Marilene é uma boa escritora, no caso, por inerência relevante poetisa. E a poesia tem sempre de estar nos pensamentos íntimos das pessoas, faculdade que ela denota.
    Gostaria de convidar a visitar novo capitulo do TOP SECRET OLAVO.
    Beijos a ambas, mais parabéns a ti pela boa opção tomada

    ResponderExcluir
  29. Uau, que linda poesia! Ao mesmo tempo que os sentimentos bons estão enjaulados, a violência cresce1 abraços

    ResponderExcluir
  30. Vera vim conhecer seu blog que é lindo ...
    O poema é lindo,sua irmã merece toda homenagem é muito talentosa ,gde poetiza
    Já estou seguindo,
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. A correria do dia-a-dia modificam a nossa vida; às vezes nos levam de roldão...Muito linda e triste! Obrigada pelo carinho! Bjão!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Olá Vera, ôi eu aqui de novo! ^^
    Realmente, você não exagerou em nada ao dizer que a Marilene é muito talentosa, assim como você também o é, ambas tem um jeito encantador de envolver os leitores a sentir a poesia e os poemas! Abraço da amiga Aline, digo, da amiga Pérola! =D

    ResponderExcluir
  33. Oi Vera querida,quando comecei a ler teu lindo post, mesmo no primeiro momento, identifiquei a autoria.A Marilene escreve lindamente.Merece esta tua homenagem e quem não a conhece deve ir conferir, porque vai amá-la.Duas irmãs comprometidas pela beleza e doçura das palavras merecem o nosso aplauso.
    Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  34. Que lindas linhas transcritas, parabéns a sua irmã!
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. A Vera e a Marilene são mesmo irmãs...?
    Não são lá muito parecidas...
    Leio a Marilene há muito tempo e gosto do que ela escreve. Este poema é muito bonito.
    Beijos para ambas as minhas queridas amigas.

    ResponderExcluir
  36. Amiga realmente sua irmã escreve com a alma e o coração.
    Lindo poema.
    Vou passar lá e fazer uma visita.
    Agradeço sua amizade, seu carinho e sua presença constante em meu cantinho. Adoro!!!
    Bjos de luz!!!

    ResponderExcluir
  37. Passando para desejar uma 5ªF iluminada e repleta de bênçãos! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Bom dia,Vera!!!!

    Minha querida que seu dia seja pleno!!!De muito amor e luz!!!!
    Beijos pra ti com muito carinho!!!

    ResponderExcluir
  39. Beijo carinhoso de bom dia pra ti minha amiga querida..

    ResponderExcluir
  40. Nossa que lindo,
    sua irmã tem talento.
    parabéns.
    beijos

    ResponderExcluir
  41. Vera!!!
    Eu não vim antes...comi bronha, mas sou um ser que tem coração, e quer seu perdão, ocê perdoa eu?
    Conheço a página da sua irmã, ela é uma grande poetisa, e esse poema é maravilhoso por retratar muito bem nosso cotidiano. Imagino seu orgulho por ter uma irmã tão talentosa. Um abraço, um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  42. Olá
    Depois de alguns dias apenas abandonou o mundo dos blogs, eu fiz uma volta em seu blog.
    É um erro porque a falta de tempo, eu espero que você me entende!
    Assim, aproveito esta oportunidade para vir neste domingo
    Sempre tão maravilhoso blog
    Desejo-lhe um dia muito agradável
    muito cordialmente
    Chris
    http://nsm02.casimages.com/img/2009/08/28/090828020528505744336580.jpg

    ResponderExcluir
  43. Demais.
    Belas palavras.
    É completamente normal no mundo de hoje as palavras de sua irmã fazerem sentido. Ninguém está nem aí para nada, temos que todos ser "nada". Só mais uns na escuridão da vida desregrada do consumismo.
    Tão juntos uns dos outros, mas tão separados.

    Um bom domingo.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...