Bloqueador de Selecao

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

A ARTE DA FELICIDADE.


       

   HÁ  65  ANOS  ATRÁS,  WILLIAM OGDEN  ESCREVEU  UMA COLUNA PARA O
   NEM YORK TIMES  A  RESPEITO DA  ARTE DA  FELICIDADE.  O  TEXTO  FOI
   PUBLICADO NA EDIÇÃO DE 30 DE DEZEMBRO DE 1945.

   AQUI  ESTÃO ALGUMAS  PASSAGENS  QUE,  PELA   SABEDORIA,  MOSTRAM
   COMO ISSO PODERIA TER SIDO ESCRITO NA SEMANA PASSADA:

                                  

     "Os  ingredientes da felicidade são tão simples que podem ser contados  nos dedos  da
      mão.
      Antes de mais nada,  a  felicidade  deve  ser  compartilhada.  O egoísmo  é seu inimigo;
      fazer  feliz  a  outra pessoa  é fazer feliz a si mesmo.   A felicidade  é  silenciosa. Raras
      vezes  nos encontramos com ela  em  grandes  aglomerações.  Pode-se   obtê-la   com
      mais facilidade em momentos de solidão e reflexão.  Ela   vem  de  dentro, e descansa
      com mais segurança na bondade simples e uma clara consciência
.
      A    religião  pode  não  ser  essencial   para  consegui-la,    mas    não   se   sabe   de
      ninguém   que   a   tenha    alcançada   sem    uma   filosofia  baseada  em    princípios
      éticos.

     Não  pode  ser  comprada. Na verdade, o dinheiro, por estranho que pareça,  pouco  tem
     a ver com ela. 
     As   pessoas   não  são  felizes   a    menos   que   estejam    razoavelmente  satisfeitas
    consigo    próprias,    de   modo   que   a   busca   da     tranqüilidade     deve    começar
    necessariamente  por  um exame de consciência.  Muitas  vezes  não  ficaremos  felizes
    com o que encontrarmos nessa busca. Temos tanto para fazer, e tão pouco feito!

     Mesmo assim, desta severa auto-análise depende  a  descoberta  das  qualidades  que
     tornam  únicas  todas  as  pessoas,  e cujo desenvolvimento é a única forma de ser feliz..




     De  todos  aqueles  que  tentaram  nestes  anos  criar  um   sistema  para   se   obter   a
     felicidade,  poucos tiveram  tanto  êxito  quanto  William  Henry  Channing, um padre que
     era o capelão  do Senado  americano  na  metade  do  século  passado.   Ele   explicava
     sua  filosofia  desta  maneira:  

     'Viver contente com poucos meios.
     Buscar a elegância mais do que o luxo, e o refinamento mais do que a moda. 
     Ser merecedor de respeito em vez de respeitável, e ter dinheiro em vez de ser rico.
     Estudar com força, pensar em silêncio, falar com suavidade, atuar com franqueza,
     escutar as estrelas e os pássaros, criaturas e sábios. 
     Suportar   com   alegria,   fazer   tudo  com  valentia,   esperar  a  ocasião,     nunca
     apressar-se. 
     Em   uma   palavra,   deixar   que   o  espiritual,    o  instinto   e  o  espontâneo    se
     desenvolvam  de forma normal. 
     Esta é minha sinfonia.'  




 QUER SER FELIZ? 


 ENTÃO FAÇA A SUA PARTE E TOQUE SUA PRÓPRIA  SINFONIA.
 

50 comentários:

  1. Um texto maravilhoso que deve ser tido em conta pelos nossos jovens de ontem, os de hoje e os de amanhã.
    Ser feliz é ser e aceitar-se como se é com as suas próprias limitações, mas lutando para se cada dia mais e melhor.

    ResponderExcluir
  2. Magnifico texto. Afinal ser feliz requer tão pouco mas esse pouco é o essencial.

    Um abraço Vera, tenha um bom dia.
    oa.s

    ResponderExcluir
  3. Um texto maravilhoso, muito começar o dia lendo um texto assim.Um lindo dia pra você, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia minha menina do sorriso encantador!
    Continue assim sempre sorrindo para alegrar meu coração sempre que te vejo,vc trouxe um texto que mexe e remexe com meus labirintos,vou ou não vou...
    Deixo desejos de um lindo dia prá vc!

    ResponderExcluir
  5. Ser feliz é uma arte mesmo! Lindo!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. a felicidade está nas pequenezas diárias,

    infelizmente, somos míopes para essas delicadezas e buscamos o complicado,


    Vera: obrigada pelo seu carinho


    bjkas

    ResponderExcluir
  7. Um texto muito verdadeiro, deveríamos tê-lo num Mural, e todos os dias parar um pouco, ler e refletir...
    "FELIZ NÃO É QUEM TEM MUITO, É QUEM SABE VIVER COM O POUCO QUE TEM"...
    Beijo da Mery

    ResponderExcluir
  8. Obrigada por me seguir, Vera!
    Passando para te dar um Bom dia, e dizer que felicidade para mim, é aceitar-se como tal, bem como agradecer pela vida com o coração sincero.
    Um grande beijo e espero que seja você, uma das contempladas no sorteio dos dez livros no dia 10/08 lá no "o diário de uma poetisa", beijos!

    ResponderExcluir
  9. Que lição magnifica...e verdadeira.
    Bravo! Suas escolhas são ótimas..Ameii!
    Dia lindo pra voce Vera! :)
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Atualíssimo, mesmo. Incrível como o tempo passa e as pessoas continuam cometendo os mesmos equívocos.

    Obrigada por nos trazer textos tão profundos, Vera.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. oi minha querida,

    que beleza de texto,
    tento todos os dias compor um novo
    compasso da minha sinfonia,
    com muito carinho e muita sabedoria,
    cada compasso é um pedaço importante de mim,
    e quero no final a execução feita
    por uma linda orquestra,para que muitos possam ouvir...

    beijinhos
    e muito obrigada
    por mais esse aprendizado!

    ResponderExcluir
  12. OI, VERA LÚCIA!!!
    BELO TEXTO COM QUE NOS DESLUMBRAS. ACRESCENTO, SÓ, QUE A FELICIDADE ESTÁ DENTRO DE NÓS. NÃO A DEVEMOS PROCURAR FORA DE NÓS. TEM UM ÓPTIMO DIA CHEIO DE LUZ E ILUMINADO. BEIJOS, DESTE LADO DO MAR...

    ResponderExcluir
  13. Vera

    a felicidade não é plena e constante, por vivermos na dualidade. ela apresenta-se em momentos que vão e vêm!! nós é que queremos que ela fique connosco sempre! aceitar isso é um grande passo para alcançá-la mais plenamente e sentí-la cada vez que a vivemos!

    não sou mana "carnal" da LUAR, somos manas de Alma, conhecemo-nos através dos nossos blogs e nos identificámos muito desde o ínicio. para mim ela é mesmo minha mana linda.

    Beijo grande para ti

    (AnaLuz) não consegui postar com meu perfil)

    ResponderExcluir
  14. Este texto vai de encontro às pesquisas que tenho feito. Gostei!

    Bj

    ResponderExcluir
  15. Olá!!

    Nossa é simplesmente perfeito!

    Espero encontrar equilíbrio para a minha tão sonhada felicidade!

    Um beijo enorme e uma ótima tarde!

    Se puder, venha me ler no Alma!

    ResponderExcluir
  16. Esses ingredientes são como sementes, um punhadinho é capaz de florestar um deserto.
    Ótima quarta-feira!

    ResponderExcluir
  17. O texto mostra que a felicidade está ao alcance de todos, sejam ricos e pobres, brancos, amarelos, negros ou vermelhos, pois "ela vem de dentro, e descansa com mais segurança na bondade simples e uma clara consciência."
    Beijokas doces querida Vera.

    ResponderExcluir
  18. FELICIDADE: vem de dentro e deve ser compartilhada!

    :D

    Achei o post de hoje extremamente lindo e importante. Afinal, que graça tem a vida sem a felicidade???

    bjuu e muitas felicidades pra ti!xD


    http://fofocast.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde amiga!
    Que lindo texto!
    Para mim, a felicidade não está ali, ou mais além, mas sim dentro de nós mesmos!
    quanto mais a procuramos, nunca a vamos encontrar.
    A felicidade para mim, está na libertação de tudo que é negativo ou nos faz prender a algo, a alguma coisa que possa impedir de seguir em frente com a alegria dentro do nosso coração de viver a nossa vida com muita emoção!
    tenha uma linda tarde coberta de muita paz e amor!
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  20. Oi Vera Lúcia!
    Que texto maravilhoso!
    Bom falar de felicidade, não?
    É verdade mesmo a partir do espiritual, do instintivo, do espontâneo, encontramos a sintonioa da sinfonia.rss
    Ela vem de dentro mesmo, do âmago do ser.

    Beijão e luz!

    ResponderExcluir
  21. Vera Linda, minha amiga! Que saudade! Me desculpe a ausência, ando correndo muito, por isso não tenho tido tempo de passar nos blogs dos amigos, mas saiba que sempre lembro de você. Todo o tempo... Minha amiga, sobre a tua postagem, posso dizer que acertou na mosca! No último dia 30, fui na livraria Jaqueira, aqui perto, para uma palestra/debate chamado café com filosofia, todo último sábado do mês temos uma reunião para discutir um tema, o do último sábado foi "O que é felicidade?", nossa, foi muito bom. Fiz algumas anotações, inclusive porque a mamãe Acácia disse que gostaria de ver e tal... Foi uma delícia! E nossa, você bem que poderia estar lá para dar esse show, não é minha amiga?! Quanto ao título da postagem, é o título de um livro que ela me indicou, do Dalai Lama, a arte da felicidade. Nossa... Que maravilha de postagem! Acho até que você ia gostar das visões de cada um a respeito do tema, qualquer coisa, te passo por e-mail. Bom minha amiga, me despeço com uma frase do Gandhi (eu amo o Mahatma Gandhi), que diz assim: "Não há um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho".

    Um beijo, cheio de saudade!
    Débbie.

    ResponderExcluir
  22. É querida nada muda.Só as palavras transformam a maneira de expressar os mesmos pensamentos.Ser feliz depende da atitude perante as circunstâncias , aceitação e as opções.De nós depende este estado de felicidade perante a vida.Post muito interessante.Adorei o resgate deste artigo.Parabéns! Forte abraço Eloah

    ResponderExcluir
  23. Belíssima sinfonia traduziram as palavras do padre. E o texto, tão antigo, é presente, hoje, em todas as suas colocações. A busca da felicidade vem do início da vida e persiste, sem que se tenha uma receita perfeita para encontrá-la.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Oi...obrigada pela visita...e tb por fazer parte do meu cantinho...

    gostei demais do seu texto...que a gente possa fazer a mais linda sinfonia...não é?


    meu carinho...

    Zil

    ResponderExcluir
  25. Verinha meu docinho fico tão feliz com sua visita lá no café com bolachinha que nem faz ideia..!! voce é muito carinhosa em suas palavras e combinamos em muitas coisas...esse seu texto tem muita conecção com meu ultimo texto que fala sobre amar a sí mesmo...
    Parece egoista a gente pensar em amar a gente mesmo,mas não é!! se não fizermos isso como vamos amar o outro..
    Esse seu texto complementou meu pensamento..
    muitos beijinhosssss
    titi

    ResponderExcluir
  26. Vera Lúcia, tudo bem?
    A felicidade também é vermos ela nos outros. A felicidade dos outros, de quem amamos, nos faz felizes da mesma forma, ou deveria. Seriam mais chances de sermos também!
    Beijos e ótimos dias próximos!

    ResponderExcluir
  27. Veroquita querida, e essa sinfonia está dentro de nós, só nós sabemos como deixá-la harmoniosa!

    Lindo texto. :)

    *Tem selo comemorativo lá no Crystal amiga!

    bjokitas com master carinho pra ti!

    ResponderExcluir
  28. Amada Vera Lúcia,
    Felicidade é vir aqui e ler textos como este em que você descreve praticamente um fato histórico. Há tanto tempo atrás, alguém já se preocupava em definir a felicidade. Este texto é de uma beleza rara. Amei a forma como o Capelão
    William, do Senado americano colocou a felicidade. Parabéns pela postagem. Nota mil para você, amiga.
    Um grande beijo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  29. Belo texto, Verinha...

    O que é bom é atemporal, em todos os povos, credos e raça a felicidade é o que se busca o tempo todo.

    "Além do Horizonte
    Existe um lugar
    Bonito e tranquilo
    Pra gente se amar..."

    Só que a gente fantasia demais. Então, os pequenos (grandes) momentos de felicidade passam despercebidos, por isso, a expressão: eu era feliz e nem sabia.

    Beijos

    Sônia

    ResponderExcluir
  30. O minha linda, que delícia ler seu comentário :)
    Voltei das férias e minha bateria não está durando muito não rsrrs mas fica tranquila pq eu to ótima, graças a Deus!
    Te amo!
    bjkoitas mil!

    ResponderExcluir
  31. Parece contraditório a primeira parte em que diz que "a felicidade deve ser compartilhada, mas ao mesmo tempo para encontrá-la com mais facilidade, tem que ser em momentos de solidão e reflexão." Sempre achei isso, amiga!
    Às vezes nao nos damos conta quando estamos sendo felizes, principalmente quando compartilhávamos momentos de rotina com aqueles que já se foram. Atencao é pouco pra ficarmos mais atentos nisso.
    Adorei a definicao final do padre, de reflexionar muito.

    Quanto ao texto da Marilene, fazia tempo eu tinha pedido pra ela para postar algum, mas sempre ficava em dúvida em "qual".

    Boa noite aí lindona, durma com os anjinhos a te proteger!

    ResponderExcluir
  32. ah, que amor, Verinha... não precisa chorar não...rsrs
    peguei uma ponte aérea pra visitar sua mana hj...rsrs... fui da Cris, que postou um poema dela...e que talento sua irmã hein! sensibilidade está no DNA da família pelo jeito..
    durante o dia eu revezo as visitas...por causa do trabalho, e algumas deixo pra fazer a noite em casa, com mais calma...

    e cá estou... encantada com esse texto que postou hj!!
    uma vida feliz é composta por pequenas notas de felicidade ao longo dos dias, dos meses, dos anos... a sinfonia nunca estará completa...por isso precisamos agradecer e perceber cada acorde, cada compasso, cada som que de dentro de nós sai a cada sorriso que damos ou despertamos...

    Um beijo, minha querida!
    Noite abençoada pra ti!

    ResponderExcluir
  33. Há um haikai do Millor Fernandes que fala " E nos dias cotidianos que se passam os anos" pois é, e eu diria que são nos sorrisos e opções diárias que mora a felicidade tão necessária. rs* Querida, desculpe-me a ausencia, estou num corre corre, vc viu né? É muito evento, muita coisa coisa ao mesmo tempo agora. Mas te amo do mesmo jeito e tuas palavras cada dia são mais sábias. Bjs mil! A.

    ResponderExcluir
  34. Boa noite amada.
    Tão linda mensagem.
    Há uma música de Moacir Franco que diz assim:
    "Felicidade começa com fé".
    Lembrei dela lendo esta mensagem.

    Beijinho amada.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  35. Vera, que texto lindo, sempre reflito muito com seus post. A felicidade está dentro de nós, é só exercitar ela todos os dias.Um beijo grande, e continuação de ótima semana. Smareis

    ResponderExcluir
  36. A felicidade está onde a gente menos espera ...
    Bj gd

    ResponderExcluir
  37. Verinha
    Há tantos anos já era óbvia a fórmula para se obter a felicidade: a simplicidade, o compartilhamento, a quietude, a paz... Adorei uma frase que li: "Suportar com alegria, fazer tudo com valentia,esperar a ocasião, nunca apressar-se"
    Sabe, Veroca, cada vez mais sinto que a pressa é inimiga da felicidade. Tudo que a gente degusta com calma, tem um sabor mais gostoso de felicidade. Excelentes textos para constantes reflexões!
    Bjkas e uma noite cheia de bons sonhos pra você!

    ResponderExcluir
  38. Nesta vida conheci muitos amigos,mas esse blog realmente é um Sonho De Deus. Pois tem me dado amigos especiais. Amigo não é uma definição escrita ou falada,mas é o carinho o mimo de cada um sem dar,pedir nada. Obrigado pelos mimos,agradeço pelo carinho com o Sonhos De Deus. Gostaria muito de ti ver no feita poesia que é um pouco de mim se gostar me segue e comenta vou ficar muito feliz e vai me dar muito animo esta dificil não conseguir interagir com quem aprendi a amar a cada dia o feita poesia vai me colocar perto de vc ...Uma linda semana iluminada fica com papai do céu ! http://soueufeitapoesia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. a felicidade deve ser compartilhada, aprendi isso no filme into the wild.
    vai ver, se não for, é egoísmo ou ilusão.

    beijos!

    ResponderExcluir
  40. Esforço-me por ser assim....

    Mas por vezes não é fácil.


    Bjsss

    ResponderExcluir
  41. Delicioso como deve ser essa tal felicidade que tanto ansiamos, Vera! Não há motivos para crer que com dinheiro se viva feliz interiormente. A felicidade é muito mais completa, é isso tudo que está nesses belos textos. Meu abraços. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  42. Vera..deste assunto eu posso falar com propriedade.
    Porque eu perdi muito tempo achando que não era feliz Eu esra. Só não estava.
    Não sei se da pra ntender.
    Pq a gente confunde o que é felicidade.
    A gente mistura a felicidade do outro com a nossa.
    Antes se alguém ao meu redor não estivesse feliz eu tb não estava.
    Não é assim.
    Não podemos deixar a infelicidade do outro nos contaminar.
    Pq se estamos infelizes não conseguimos passar felicidade, como tão bem diz o texto.
    Se estamos forte e felizes podemos passar esta energia a quem não está.
    Depois que eu comecei a cuidar da minha espiritualide, comecei a frequentar Brahma Kumaris, foi que eu despertei.
    Pq lá eu ouvi que cada um esta onde deve estar. Eum vc e o outro.
    E cada um tem uma historia, uma diferente da outra.
    E cada um é um.
    Primeiro..pare ser feliz vc tem que respitar a maneira do outro de ser, ao invés de querer mudalo. Fecicidade = aceitação.
    Outra coisa.. é se perdoar.
    Não adianta a gente ficar remoendo erros do passado. Nem os nossos nem pos dos outros. Se bem que é mais fácil perdoar o outro do que a nós próprios.
    O Brahama Kumaris me ensinou que se eu ou aquele outro agiu desta forma, foi o maneia que naquele momento ele conseguia.
    E o passado..foi. Entao...viva o presente.
    Outra coisa.. O compartilhar.. a vida é assim.. vc recebe na medida que dá.
    vc não pode reclamar um sorriso se vc não dá.
    Como querer valorização se vc não valoriza o outro.

    Bom..escrevi até demais Pq hj eu estou feliz. Pq sei o que é não estar feliz.

    Linda..desculpa ter escrito tanto..é que identifico com este tema.
    Outra coisa..ser feliz é não deixar o oytro infeliz..
    Um beijo no seu coração!!
    Ma

    ResponderExcluir
  43. Querida Vera

    perfeito este seu post. Perfeita a sua sinfonia.

    É assim que toca a minha sinfonia também, é deste jeito que compreendo a felicidade e a busco. Ela não me vem sou eu quem vou ao encontro dela.

    Com esta compreensão e com algum empenho, principalmente com gratidão e generosidade, qualquer pessoa pode ser feliz.

    Beijos felizes!

    ResponderExcluir
  44. Bom dia,Vera!!

    Que magnífica sinfonia...adorei a metáfora escolhida!Quero gravar dentro da alma as palavras do padre William...
    Beijos querida!!!
    Excelente escolha!!!Fez um bem ler!

    ResponderExcluir
  45. Nobres palavras!

    Verita!!! linda!

    Bjss meuss

    ResponderExcluir
  46. Amiga querida
    Feliz fim de semana, lindo texto.

    Amados, quando lemos o Ágape em oração, sabe o que acontece?



    Você começa a transmitir alegria.

    Sim, você pode transmitir alegria e não custa nada e você estará fazendo alguém feliz e não se espante se a pessoa

    mais feliz for você.

    Lembrou-se de agradecer a Deus pelo amor Ágape e o cuidado que Ele tem por você?

    Pelo menos sorriu para alguém e desejou-lhe um bom dia? Beijou a sua mãe, seu pai e disse: Eu amo vocês?

    Pediu desculpa ao amigo ou irmão que, sem causa, você feriu?

    Abraçou seus filhos e disse que eles são muito importantes para você?

    Telefonou para alguém só para dizer: Estou com saudade de você?

    Cedeu o seu lugar para aquele velhinho sentar-se, aquela mulher com a criança no braço, ou para a criança com

    aspecto de cansada?

    Cumprimentou seus amigos, colegas e conhecidos, ou fingiu não os ter visto?

    No Ágape você não faz isso, você é impulsionado a pequenos gestos, gestos que transformam vidas e não os fazer,

    pode criar raízes de amargura no seu coração, tornando-te egoísta, desumano e infeliz.

    Pois amigo, amado, amada de Deus, quando lemos o Ágape a nossa resposta é SIM.

    ResponderExcluir
  47. Prezada amiga
    Hoje vim lhe agradecer pela sua linda e carinhosa presença lá no meu cantinho, através de um simples selinho, 300 seguidores , feito com muito carinho.
    Agradeço-lhe de todo o coração!
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  48. Não existe receita para a felicidade. Mas vemos, pelo texto, que, há tantos anos, um padre já se pronunciou, de maneira tão feliz, sobre o tema.

    Bjs.

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...