Bloqueador de Selecao

terça-feira, 23 de agosto de 2011

ALEXANDRE MAGNO.



              ENCONTRANDO-SE ÀS PORTAS DA MORTE,   ALEXANDRE   CONVOCOU
           OS  SEUS GENERAIS E  COMUNICOU-LHES  OS  SEUS  TRÊS  ÚLTIMOS
           DESEJOS:


           __ QUE SEU ATAÚDE FOSSE LEVADO AOS OMBROS E TRANSPORTADO
           PELOS MELHORES MÉDICOS DO REINO.


           __ QUE OS TESOUROS QUE TINHA CONQUISTADO  (PRATA, OURO  E
           PEDRAS PRECIOSAS), FOSSEM ESPALHADOS PELO CAMINHO ATÉ    A
           SUA TUMBA.


           _ QUE SUAS MÃOS FICASSEM BALANÇANDO NO AR, FORA DO ATAÚDE
           E À VISTA DE TODOS.


     
           UM   DOS   SEUS  GENERAIS,   ASSOMBRADO  POR  TÃO  INSÓLITOS
           DESEJOS, PERGUNTOU A ALEXANDRE:
           __ PORQUE RAZÃO PRETENDE QUE ASSIM SE FAÇA?


          ALEXANDRE EXPLICOU:


          __ QUERO  QUE  OS  MAIS  EMINENTES  MÉDICOS CARREGUEM  MEU 
          ATAÚDE PARA QUE PERCEBAM QUE PERANTE A MORTE  NÃO  TÊM  O
          PODER DE CURAR.


         __ QUERO QUE O SOLO SEJA COBERTO POR MEUS TESOUROS  PARA
         QUE   TODOS   POSSAM   VER   QUE   OS  BENS   MATERIAIS   AQUI 
         CONQUISTADOS, AQUI PERMANECEM.


         __ QUERO QUE MINHAS MÃOS SE BALANCEM AO VENTO,  PARA QUE           
         AS  PESSOAS  POSSAM  VER  QUE  VIEMOS COM AS MÃOS VAZIAS  E
         COM AS MÃOS VAZIAS PARTIMOS.


         (J. Sepúlveda).    




        O   HOMEM  DEVE  POSSUIR  SOMENTE  O  QUE  PUDER LEVAR   DESTE
        MUNDO.  O  QUE ENCONTRA AO CHEGAR  E  O QUE DEIXA  AO  PARTIR            
        RESTRINGE-SE  A  SUA PERMANÊNCIA NA TERRA.  USUFRUIR  DE  BENS
        NÃO  SIGNIFICA TER  POSSE  REAL E EFETIVA.   TESOUROS  TERRENOS
        NÃO SÃO TRANSPORTADOS NA HORA DA MORTE.

53 comentários:

  1. A nossa bagagem de volta não tem que pesar nas mãos...A alma sim, essa tem que ir repleta! Ignorante aquele que pensa o contrário e que só valoriza os bens materiais aqui na terra. Beijos querida, linda postagem.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vera Lúcia!

    Desapego aos bens materiais nos ensina o verdadeiro sentido da vida, nossa bagagem final é mínima materialmente, só levamos nossas lembranças e conhecimento. Por isso é salutar conquistá-los ao contrário dos bens materiais.
    Assim vamos ler muito, viajar muito, aproveitar!rsss
    Excelente texto!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Sempre falo: o tão difícil, mas necessário desapego,


    Bjkassssssss

    ResponderExcluir
  4. Vera, esse texto é realmente um alerta pra quem acumula, acumula e batalha pra acumular bens materiais. Chegamos por aqui nus e nus retornaremos...
    Texto perfeito!
    Beijokas doces e uma terça maravilhosa

    ResponderExcluir
  5. Lucia,
    que post mais verdadeiro, maneira encantadora de dizer que 'nú viemos, nú voltaremos'.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. OI VERA LÚCIA!!!
    ESTA TUA POSTAGEM, REFLECTE A GRANDEZA DE UM HOMEM COM H GRANDE. PENA QUE OS POLITICOS DÉSTE PAÍS POR MIM ADOPTADO, NÃO LEIAM VÁRIAS CÓPIAS DESTE TEXTO, PARA REFLECTIREM SOBRE O REFERIDO CONTEÚDO. ADMIRO TUAS POSTAGENS, QUE NOS FAZEM PENSAR E REFLECTIR. TEM UMA BOA SEMANA. BEIJOS DOCES..
    P.S. - AH, ANTES QUE ME ESQUEÇA, GRATO POR TEUS COMENTÁRIOS E VISITAS NO MEU BLOG DE HUMOR. BJS

    ResponderExcluir
  7. Vera querida!
    Tenho passado aqui pelo recanto sem comentar... Andei tendo problemas de saúde e estava com dificuldades de fazer comentários. Graças a deus já está tudo bem e posso dizer o quanto é bom me abastecer de energia boa por aqui.
    Quem pensa que pode ter posse de coisas materiais, não sabe que a alma não tem bagageiro... e para nosso próximo endereço não há entrega por sedex.
    Bjks
    Renata http://cercaviva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá Lúcia!!!

    Muita verdade neste texto...afinal o que vale é a experiência adquirida nesta viagem e a bagagem que trazemos das outras viagens que fizemos e a que vamos levar para as próximas!!!

    Muita Luz!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Vera Lucia querida, realmente diante da morte todos somos iguais. Alguns podem ate ter mais luxo, mas tudo isso fica, so levamos o que vivemos de bom e o que for verdadeiro em nossa alma.
    Bjs amada e obrigada por seu carinho que ilumina meu caminho.

    ResponderExcluir
  10. Grande verdade Vera.. nada levamos desta vida.. a forma que chegamos a este mundo será a mesma de quando partirmos.. com uma única diferença.. os feitos que aqui fizemos.

    Beijokas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  11. Sempre transcrevo esse relato; adoro-o.

    Abração,

    Rodrigo Davel

    ResponderExcluir
  12. Bela mensagem Vera... um alerta... é preciso que entendamos que quando se morre, nada material é levado, nada é nosso, só nos resta a essência e tudo o que fizemos para torná-la melhor.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. A mais puuura verdade!!! Acho que, em qualquer aspecto de nossas vidas, deve haver o equilíbrio: Fato!

    Beijooo!

    ResponderExcluir
  14. Verinha, o que levaremos desta vida é o amor e a amizade que sentimos por quem amamos e pelo nossos amigos.

    Boa escolha do texto!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Grandes lições : ensina quem sabe, aprende quem é sagaz.

    Adoro esse texto, Vera!

    Um beijo bem grande.

    ResponderExcluir
  16. Na volta estremos nus destas coisas.Este texto é fantastico para uma reflexão entre o ser e o ter.
    Muito bom Vera.
    Meu terno abraço mineiro de flor.

    ResponderExcluir
  17. Forte e expressiva mensagem!beijos,chica e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  18. Verita, minha amiga, chegueeeeeeeeei! Pode começar a sorrir e pegar um pedaço de bolo na geladeira! rsrs

    Hoje mesmo na hora do intervalo estava conversando exatamente sobre "amontoar tesouros na Terra" com uma das secretárias da escola, as crianças e adolescentes são um reflexo algumas vezes do que vêem os pais fazer. E crescem achando que o material é o mais importante, esquecendo-se dos sentimentos, de tudo o que realmente mora dentro de nós e não fora. Claroo, tbm num vou ser hipócrita de dizer que não amo fazer umas comprinhas rsrs mas tudo tem que ter limite e seu devido valor!

    bjokitas com mega carinho pra tiii!! :)

    ResponderExcluir
  19. querida Vera, vc como sempre nos trazendo grandes ensinamentos.
    Outro dia uma amiga mostrou um arranhão enorme no meu carro, que sempre fica parado ao lado da escola onde trabalho. Eu vi aquele risco, senti uma certa raiva, mas logo eu refleti e disse a ela: Deixa pra lá. O que tinha valor em minha vida Deus já levou.

    Um bjo, meu anjo

    ResponderExcluir
  20. Vera... Parabens! Linda postagem e lição de moral!
    Realmente a gente as vezes se pega com o olho maior do que a situação nos permite e aí as decepções logo vem atás...


    Atualizei, acho que vc vai gostar, passa lá.

    ResponderExcluir
  21. A grande verdade é essa, realmente. Estamos, mas não somos. Tudo que desfrutamos nos é emprestado. Quanto à vida, nenhum médico será capaz de mantê-la quando somos chamados.
    Alerta precioso, do qual nos devemos lembrar, sempre.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Boa noite...otima dica pára praticarmos o desapego...bjin

    ResponderExcluir
  23. Uma b ela lição mesmo.
    Verdade!
    Beijos Vera!!
    Carla

    ResponderExcluir
  24. ...Nossa que postagem maravilhosa Vera!
    aqui estamos de passagem apenas. Nada é nosso.
    As pessoas querem mais do precisam pra viver, o egoísmo busca o desnecessário.
    Linda noite amiga, amei o texto, grande liçao.
    Beijos

    PS. obrigada pelo lindo selinho...peguei la.
    Lindim! Amei seu carinho!

    ResponderExcluir
  25. Vera.. sempre que leio este texto..fico tocada com sua profundidade.

    AS vezes passamosa vida preseguindo algo e quando consegumos nos damos onta de quanto foi surpérflua nossa conquista!!

    Será que vale a pena tanta energia gasta em ter e o que é importante é o ser?

    Que felicidade ta mais dentro do que fora??

    Prase pensar..

    bjkas..queida Linda..

    Vera..passa de novo no email o endereço? Não consigo localizar na minha caixa de email..

    ResponderExcluir
  26. Oi Vera Lúcia, tudo bem?
    Lindo post!
    As coisas essenciais e plenas, não podem ser compradas com valor algum, pois elas têm mais valor que qualquer pedra rara, ou a maior quantia disponível.
    Grande abraço e obrigada pela presença lá no meu blog! É muito importante para mim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá , amiga. Passando para lhe desejar uma boa noite e agradecer todo seu carinho com o blog star. Belo texto! O importante é o que levamos que é o espirito, pois a matéria é perecível. Bjos com carinho!

    ResponderExcluir
  28. Menina do sorriso largo!
    Seu texto está lindo por podermos refletir o que podemos levar desta vida quando partirmos para o outro lado...
    Bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  29. Olá moça linda
    Só o amor, podemos carregar conosco para qualquer lugar.
    É muito lindo esse texto, aliás, vir aqui é um prazer aos olhos e ao coração.
    Obrigada Vera, por tua sensibilidade.
    Um beijo amada

    ResponderExcluir
  30. Sem dúvida o seu texto é de grande reflexão, não há dúvida disso. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  31. Querida Vera Lúcia, seu blog é de uma rioqueza incomparável e fico sempre encantada quando venho aqui! Por isso compartilho com você a felicidade de celebrar 1 ano de existência do Projetando Pessoas, amanhã, 24/08! Venha brindar comigo!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  32. Vera
    Belíssima mensagem de desapego a nós deixada por Alexandre. Grande na sua hulildade e despojamento! Belo post, pessoa mais que querida!!!
    Bjkas com muito carinho e afeto!

    ResponderExcluir
  33. Olá minha querida amiga. Boa noite. Já conhecia o texto, profundo. Muito boa essa postagem. Serve para uma grande reflexão do que realmente importa no mundo. Ainda bem que eu já estou vivendo e gastando tudo o que tenho pois sei que desta vida nada levarei. Uma ótima semana. Um grande beijo. FIQUE COM DEUS.

    ResponderExcluir
  34. Tua presença é constante
    a saudade permanente;
    vejo-te nas estrelas
    sinto a tua luz...

    Marisa de Medeiros

    Amor & Paz prá voce! M@ria

    ResponderExcluir
  35. Querida Vera que bom vir aqui e absorver sabedoria...O desapego é um dos exercícios mais difíceis para a vaidade dos humanos.Bjo no coração.

    ResponderExcluir
  36. Bom dia,Vera!!!

    Isso é que é sabedoria!!Muitos se esquecem e dedicam a vida a acumular riquezas que não levaram...
    melhor cultivar as riquezas, que os bandidos não podem roubar, nem o tempo pode apodrecer...
    A verdadeira riqueza, a única que levaremos para onde formos...as virtudes,o caráter, as boas ações, o conhecimento,o amor...estas nos pertencem!
    beijos pra ti querida!!!!
    **Amei esta história, já ouvi muitas do Alexandre o Grande, mas esta eu não conhecia!!

    ResponderExcluir
  37. Amiga verinha bom dia...eu já conhecia esse conto..essa historia de Alexandre e é uma lição para nós de humildade d o desapego a coisas nesse mundo..hoje a noite vou postar um texto justamente sobre o desapego..
    muitos beijos
    titi

    ResponderExcluir
  38. Vera querida,
    Esse conto é mesmo muiiiito reflexivo. Eu já o conhecia mas, todas as vezes q leio ou ouço... me vem a cruel pergunta:
    " Para quê tanto orgulho se o futuro é a morte?"

    Pra mim, é difícil aceitar a morte, ela não perdoa... toma tudo e ainda te leva! É a vida!
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Verinha

    No nascer e no morrer somos todos iguais.
    E o maior bem que podemos semear é deixar a marca no coração de quem nos acompanhou nesta vida terrena.
    A marca do amor, do carinho e da amizade!

    Você já marcou!

    Beijos

    ResponderExcluir
  40. Vera, linda reflexão esse texto nos trás.
    Beijão

    ResponderExcluir
  41. Oi, Vera1
    O meu sonho é que as pessoas iniciem esse desapego junto com o aprendizado da caminhada. É difícil mas acredito também que os sonhos mais difíceis são os mais frutíferos quando realidade. Fica , no entanto uma bela lição à ganância e prepotência humanas. Meu abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  42. Oi Vera, realmente ele foi um grande homem e deixou um exemplo maravilhoso.
    Toda a posse que temos nesse mundo é nos dada por empréstimo pelo Criador.
    Daqui nada levaremos de material, só o bem que pudemos fazer e as amizades que são um tesouro inestimável.
    Beijos e uma ótima noite pra ti!

    ResponderExcluir
  43. Amei o texto, realmente não levamos nada daqui da Terra, apenas riquezas espirituais minha amiga e essas valem mais que tesouros materiais. Somos apenas matéria e estamos aqui para aprendizado espiritual e não para colher riquezas materiais, essas, não são eternas como nosso espírito e alma.
    Querida amiga, muito obrigada pelo carinho e pelo seu cometário em meu blog, adoro demais suas visitas. Fica com Deus e volte sempre! Beijos nesse lindo coração.

    ResponderExcluir
  44. Menina do sorriso largo!
    Vim te buscar para dá uma passadinha no blog do meu amigo e ver o acróstico que Regininha fez prá ele.Deixa teu comentário lá para ela se sentir feliz.É uma menina que precisa do nosso incentivo para ver se aparece alguém que dê força para ela escrever seu livro.
    http://pedrofransilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  45. Obrigado, amiga,

    pelo seu comentário e os seus votos.

    Bem Haja!

    ResponderExcluir
  46. Adorei... lembrei de Alexandre, o grande...

    bjs meus

    ResponderExcluir
  47. oi Vera,

    verdade minha amiga,
    a nossa bagagem na viagem de volta,
    deve ser apenas aquilo que o nosso coração,
    possa carregar...

    muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  48. Chorar é como lavar a alma,
    pode ocorrer por vários motivos,
    quando se é do coração é pura e verdadeira.
    É bom quando algo ou alguém nos prende a
    atenção por segundos como a lua, é um ser que encanta.
    Gostei, o amor é: "Amor é carinho, é ternura,
    é ação...É sentimento que vira canção."
    Deus é a mais pura essência do amor,
    cabe a nós aprender com Ele a amar de verdade.
    Bjs, abençoada noite,
    obrigada pelo carinho de tuas palavras em meu blog.
    E agradeço a Deus for você existir e presentear-me
    com sua amizade tão valoza para mim.
    Obs:A mensagem que vós deixo é de um amigo
    que deixou para mim.
    Só acrescenteu as ultimas palavras..

    ResponderExcluir
  49. Boa noite amada.
    Vim te deixar um beijo e claro matar a saudade.
    Beijinho Vera querida.

    Fernanda

    ResponderExcluir
  50. Super 10..belas palavras,lindas..adre!!!
    podia ser menor,mais valeu..vlw!

    ResponderExcluir
  51. Reflexões

    Esta noite tive período de insônia, imaginando, pensando na dificuldade do homem entender a tricotomia humana. “Corpo, alma e espírito”
    Olhando o cemitério, observa-se jazigos luxuosos. A pergunta que não se cala é: pra que isso?
    A Bíblia diz que: E o pó volte ao pó como era, e espírito volte a Deus que o deu. Então...é justamente aí que reside a questão(?). Em outra parte da Bíblia, acho que em Hebreus 4.12 diz o seguinte: A palavra de Deus é como uma espada de dois gumes, que faz separação entre, alma e espírito.
    Alma e espírito é algo muito intríseco. Na verdade o espírito é essencialmente divino que, age como um divisor de águas, o contra-peso, o ponteiro da bússula que aponta o norte, a consciência e, a alma as emoções, a razão, enfim.
    Na nossa existência aqui, a alma tem que estar sempre em sintonia e harmonia com o espírito, para que na divisão(E o pó volte ao pó como era, e espírito volte a Deus que o deu). a alma esteja também na mesma, frequência, para juntos, retornarem a sua origem(Paraíso). Eu acredito nesse equilíbrio, afinal está respaldado da palavra de Deus...

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olá Greenn,

      Não o encontrei para retribuir a visita.
      Obrigada por participar, deixando aqui as suas reflexões.

      Excluir

OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...